Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Os tipos de chuva variam de acordo com a sua origem

Os tipos de chuva correspondem às diferentes classificações de precipitação. Isso significa que a chuva pode ter processos de formação distintos, bem como características variadas, tais como intensidade, duração, grau de acidez e presença de trovoadas. Além disso, cada tipo de chuva também está associado a uma determinada época do ano ou às características do seu lugar de ocorrência.

O que é chuva?

A chuva é um fenômeno natural caracterizado por precipitações de água. A água, quando é aquecida pelo Sol ou por outro processo de aquecimento, evapora e se transforma em vapor de água. Em seguida, esse vapor se mistura com o ar e começa a subir, formando nuvens. Ao atingir altitudes elevadas ou encontrar massas de ar frias, o vapor condensa, se transformando novamente em água. Como é pesada e não consegue se sustentar no ar, a água acaba caindo em forma de chuva.

Existem regiões do mundo em que ocorrem poucas chuvas. Nos desertos do Saara, Atacama e Arábia, por exemplo, o índice de umidade é baixíssimo. Isto dificulta a formação de nuvens e das chuvas. Já em regiões como a Floresta Amazônica, as chuvas ocorrem em grande quantidade em função do alto índice de evaporação da água.

Tipos de chuva

Tipos de chuva
Imagem de reza shayestehpour no Unsplash

Orográfica

A chuva orográfica, também chamada de chuva de relevo, ocorre quando uma massa de ar úmido sobe ao encontrar uma elevação do relevo, como uma montanha ou uma serra. Com a queda da temperatura, o vapor de água condensa e provoca chuva. Esse tipo de chuva apresenta grande duração e baixa intensidade.

Convectiva

A chuva convectiva, também conhecida como chuva de verão, acontece devido à diferença de temperatura na superfície terrestre. Em dias quentes, o ar próximo à superfície fica menos denso e sobe para as camadas superiores da atmosfera, carregando umidade. Ao atingir altitudes maiores, a temperatura diminui e o vapor se condensa em gotículas que permanecem em suspensão. O ar fica mais denso e desce frio e seco para a superfície, iniciando novamente o ciclo convectivo.

Esse tipo de precipitação, característica de regiões tropicais, tem pouca duração e apresenta maior intensidade.

Frontal

A chuva frontal, também chamada de chuva ciclônica, ocorre a partir do encontro de uma massa de ar fria e seca com uma massa de ar quente e úmida. Nas frentes, que são as zonas de contato entre essas duas massas com características diferentes, acontece a condensação do vapor e a precipitação da água na forma de chuva. Normalmente, esse tipo de chuva é de longa duração e sua intensidade pode variar.

Importância da chuva

Além de ser fundamental para a manutenção da vida na Terra, a água da chuva tem profunda importância no desenvolvimento de diversas atividades econômicas. Em relação à produção agrícola, a água pode representar até 90% da composição física das plantas. A falta de água em períodos de crescimento dos vegetais pode destruir lavouras e até ecossistemas devidamente implantados. Na indústria, para se obter diversos produtos, as quantidades de água necessárias são muitas vezes superiores ao volume produzido de material.