Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Em parceria com a Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha, a empresa Aguama está implantando medidas para impulsionar ainda mais o turismo sustentável na ilha

Desde 2018 a Aguama (Agência de Gestão e Marketing Ambiental) atua em conjunto com a Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha com o objetivo de tornar o turismo no arquipélago de Fernando de Noronha mais sustentável. Os projetos impulsionados pela Mídia Sustentável (frente de atuação da Aguama) foram divididos em fases que visam facilitar a transição para estabelecimentos mais sustentáveis. 

A primeira fase do projeto de turismo sustentável em Fernando de Noronha foi feita em parceria com o governo, comunidade local e Heineken. Nessa fase, foram implementados 280 contêineres para a coleta de recicláveis pela extensão da ilha, além de outros serviços de educação socioambiental relacionados ao consumo consciente. Na área das pousadas, 100 coletores foram implantados para inspirar os hóspedes a tomarem ações em prol da preservação do meio ambiente

Imagem: divulgação

Pousadas em Noronha

A Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha reúne 25 pousadas certificadas pela administração de Fernando de Noronha. Além de serem essenciais para o turismo, as pousadas são de grande importância para a economia local. 

As pousadas registradas pela APFN são especialmente influenciadas pelo círculo interno da ilha. Sendo propriedade de nativos noronhenses, esses estabelecimentos devem ser preservados em conjunto com o arquipélago.  

Algumas pousadas noronhenses já se adaptaram ao turismo sustentável e adquiriram o selo de viagem sustentável pela Booking.com. O selo garante a compensação de carbono, uma vez que adota os parâmetros sugeridos pelo site de hospedagens. Impulsionando o turismo sustentável, esses estabelecimentos também são capazes de atrair turistas conscientes. 

Pensando nisso, a Aguama estabeleceu uma aliança com a APFN e com o governo local com o objetivo de implementar medidas sustentáveis na região. O objetivo das ações criadas é promover o turismo sustentável no arquipélago pernambucano, assim como impulsionar a sua conservação. 

“Nós da Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha criamos várias ações sustentáveis nas pousadas, como estimular o processo de gestão ambiental com as medidas que causam menos impactos. Com a Mídia Sustentável, nós fazemos um trabalho de orientação para as pessoas, ajudando na gestão do lixo em Noronha, que é uma coisa que a gente precisa ter muito cuidado, assim como o próprio reuso da água.

O objetivo é tornar Noronha um lugar menos consumista de produtos do continente. E, para isso, nós temos que estimular mais atividades na ilha, como a produção de hortas orgânicas que produzam insumos para a ilha e o próprio beneficiamento do pescado da ilha.

Então, a gente espera que Noronha entre nesse processo de sustentabilidade, e a gente conta com a Mídia Sustentável e com os apoiadores para nos guiarem nos caminhos mais assertivos. Que a gente consiga, cada vez mais, tornar Noronha mais sustentável.”

Ivan, presidente da Associação de Hospedarias Domiciliares de Fernando de Noronha

A Pousada Solar dos Ventos, por exemplo, é uma referência em turismo sustentável que há anos adota métodos em prol ao meio ambiente. A hospedagem conta com hortas orgânicas, compostagem, tratamento de efluentes, coleta seletiva e fontes de energia sustentável.  

A próxima fase de melhorias feita pela Aguama contará com a realização de oficinas e cartilhas para a conscientização dos proprietários das pousadas sobre a importância de implantação de programas de gestão ambiental. Essas ações contarão com o passo a passo sobre como propiciar o consumo consciente e implementar medidas de eficiência energética e de tratamento e economia de água e dentre outros fatores importantes. 

Pousada Topázio
Pousada Topázio. Imagem: divulgação

Entre gestão e iniciativas sugeridas recomendadas pela empresa, a consultoria sugere a criação de serviços como: 

Hortas

A criação de hortas é favorável ao consumo consciente, e permite que as pousadas cultivem seus próprios alimentos. Ao evitarem o consumo de  combustíveis fósseis na logística dos alimentos e outros produtos oriundos do continente, não apenas determina a redução de emissões de gases do efeito estufa, reduzindo a pegada de carbono dos locais, assim como poderão propiciar uma alimentação mais saudável a suas famílias, funcionários e hóspedes. 

Pousada Pedras Secas
Pousada Pedras Secas. Imagem: divulgação

Energia Solar

Por substituir a queima de combustíveis fósseis em sua geração, a energia solar ajuda a reduzir a emissão de gases poluentes, aliviando a pegada ambiental de seu negócio. Esses gases, que são liberados por estabelecimentos sem fontes de energia renovável, além de potencialmente nocivos à saúde, são determinantes no processo de aquecimento global pelo qual o planeta tem sido submetido. 

Energia eólica

Outra fonte de energia renovável que não necessita de queima de combustíveis fósseis é a energia eólica. Ela é inesgotável e não contribui para as mudanças climáticas, por isso está na lista de sugestões da Aguama. 

Tratamento de efluentes e captação de água da chuva

O tratamento de efluentes e a captação da água da chuva são essenciais para o reúso da água, possibilitando que as pousadas reduzam sua pegada hídrica e diminuam o seu desperdício, economizando no consumo desse valioso recurso, além de evitar a poluição da água pelo despejo do material no mar. 

Linhas de crédito

As linhas de crédito em condições favoráveis são essenciais para que estes e outros serviços sejam implementados. Com empréstimos acessíveis e ajuda financeira de outros setores, as pousadas conseguem financiar a construção de estruturas sustentáveis, que valorizam seus empreendimentos e ao longo do tempo compensam os valores investidos. Serviços de energia renovável, por exemplo, embora caros, podem diminuir os valores de contas de energia e, em longo prazo, compensar sua instalação. 

Coleta de recicláveis

Os contêineres instalados pela Mídia Sustentável, Heineken e governo local por meio do programa Reciclar Transforma Fernando de Noronha facilitaram a coleta seletiva da ilha. Porém, as ações sustentáveis da empresa não param por aí. Foi instalada pela indústria de bebidas uma usina de reciclagem de vidro que transforma o resíduo em areia para a construção de casas populares. 

Portanto, os 100 contêineres localizados na área das pousadas são essenciais para a redução da poluição e aumento do descarte adequado dos resíduos, viabilizando sua reciclagem.

Como ajudar

Os turistas de Fernando de Noronha têm um papel importante para o impulsionamento dos projetos sustentáveis. A responsabilidade não pode ser atribuída apenas às pousadas, a outros estabelecimentos e aos nativos noronhenses, que já fazem sua parte na conservação das ilhas. 

Os projetos concebidos e gerenciados pela Aguama oferecem uma estrutura que fomenta as práticas do consumo consciente, priorizando o uso de materiais e processos sustentáveis, bem como a gestão adequada de resíduos. Cabe também aos visitantes a colaboração por meio de atitudes ecologicamente conscientes.

Os contêineres de reciclagem, assim como os outros trabalhos de consultoria oferecidos pela Aguama, facilitam a abertura de portas para um caminho mais sustentável e valorizam as ilhas de Noronha como o patrimônio ecológico que representam, contribuindo para o respeito e sua preservação, cumprindo a seus visitantes sua colaboração neste sentido por meio do uso adequado desta infraestrutura e práticas de consumo sustentável em sua conduta. 

Portanto, o que você, como turista, pode fazer para ajudar a preservar Noronha? Enquanto serviços de tratamento de efluentes, por exemplo, podem ser oferecidos pelas pousadas, o desperdício derivado do uso individual da água ainda é um problema para o meio ambiente. As hospedagens também oferecem serviços que diminuem esse desperdício, como a opção de reutilização de toalhas ou não limpar os quartos todos os dias. 

Pousada Pedras Secas
Pousada Pedras Secas. Imagem: divulgação

Além disso, o consumo de água em suas variadas formas com parcimônia. Evitar o consumo de produtos com embalagens descartáveis e quando incorrer proceder ao descarte dos resíduos de sua responsabilidade nos contêineres corretos. Evitar os desperdícios de quaisquer naturezas. Evitar o desperdício de energia. Caminhar a pé ou pedal o quanto for possível.

As pousadas de Noronha, assim como sua população, são referências para o turismo sustentável. A ação sugerida pela Aguama, embora essencial para que essa adaptação ocorra, é apenas uma parte do esforço coletivo da ilha para que exista a redução de impacto durante o turismo. Ao visitar Noronha, trabalhe em prol dessas mudanças estruturais, busque o conhecimento sobre hospedagens sustentáveis e faça o seu melhor para garantir que o arquipélago continue sendo referência de sustentabilidade e preservação ambiental, afinal, a biodiversidade lá presente é parte de um tesouro nacional que deve ser celebrado e cuidado.