Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Promovido pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, curso disponibiliza 50 vagas que serão preenchidas através de sorteio

Imagem: Divulgação

Assunto pouco abordado no ensino superior, a literatura de temática LGBT+ (relacionada a lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) será tema de um curso on-line promovido pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. O objetivo é difundir o conhecimento sobre o tema por meio da apresentação e análise das abordagens de gênero e sexualidade nos estudos e textos literários.

O curso é aberto à comunidade interna e externa da Universidade e será realizado de 22 de fevereiro a 12 de março em nove encontros, às segundas, quartas e sextas-feiras, das 14 horas às 17 horas, por meio da plataforma Google Meet. Para as aulas, haverá indicações de leitura e disponibilização de material bibliográfico por meio digital. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 15 de fevereiro através do formulário on-line no Sistema Apolo.

Ao todo, serão ofertadas 50 vagas. O preenchimento ocorrerá através de sorteio realizado pelo sistema no dia 16 de fevereiro, data em que todos os inscritos serão notificados por e-mail se foram aprovados ou não. Os inscritos que tiverem frequência mínima de 75% receberão certificado de curso de extensão emitido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP.

Múltiplas vozes

As aulas promovidas pela FFLCH vão abordar estudos da literatura LGBT+ a partir de diferentes perspectivas teóricas e textos literários, além de avaliar as características e localidade das personagens LGBT nas obras. Entre os temas presentes estão as diferentes formas de enunciar o amor, as marcas da identidade quare na literatura, autobiografias trans e leituras lésbicas no Brasil contemporâneo.

O curso será ministrado por nove palestrantes, que vão desde estudantes da graduação até pós-graduados, como Amara Moreira, doutora em crítica literária pela Universidade de Campinas (Unicamp) e primeira transexual a participar de uma banca de defesa pública de tese de doutorado, e Mário César Lugarinho, professor do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH que atua com estudos culturais e queer e também é fundador da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura (Abeh), entidade científica sobre gênero e sexualidade.

Para se inscrever acesse este link. O programa e bibliografia do curso podem ser consultados clicando aqui.

Mais informações pelo e-mail agenda@usp.br ou por telefone (11) 3091-4629.


Fonte: Jornal USP


Veja também: