Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

As tradicionais festas de Fernando de Noronha ganharam melhorias ambientais em 2022. Os eventos receberam o selo Evento Responsável da empresa Aguama (Agência de Gestão e Marketing Ambiental). Festas de fim de ano e do começo do ano de 2022 promovidas pelo empresário Zé Maria, conhecido no País por sua história na promoção de eventos na ilha, estão sendo realizadas com excelência em aspectos socioambientais.

Cartaz em Fernando de Noronha
Imagem: divulgação

A importância dos eventos responsáveis em Fernando de Noronha

Festas, reuniões e megaeventos podem gerar gastos desnecessários com desperdício de energia, água e combustível, além de gerar quantidades relevantes de resíduos e gases de efeito estufa. Mas, em Fernando de Noronha, os impactos ambientais podem ser mais significativos do que em locais mais antropizados, que já sofreram as consequências da ação humana. A significativa biodiversidade que ainda existe na ilha pode sofrer danos irreversíveis sem o cuidado necessário para sua conservação e preservação

Fernando de Noronha é um rquipélago formado por vinte e uma ilhas, com 3.500 habitantes. Ele está localizado em Pernambuco, na região Nordeste brasileira, a 345 km da costa, e tem 26 km² de extensão. Sua flora  é considerada um Patrimônio Natural da Humanidade devido à biodiversidade que só ali existe. Sua maior ilha leva o nome do arquipélago, Fernando de Noronha, e é a única com a presença de moradores e permissão livre para visitas. As demais ilhas requerem dos visitantes uma licença de autorização do Ibama, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais.  

A beleza peculiar de Fernando de Noronha atrai cerca de 50 mil a 60 mil turistas todos os anos para diversas atividades, incluindo megaeventos. Embora fundamental para o desenvolvimento da região e geração de renda e emprego para a população local, as visitas à ilha são impactantes socioambientalmente. Um problema recorrente gerado na região é o aumento da produção de resíduos todo ano. De acordo com estimativas do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil de 2021, publicado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o País, de modo geral, contribui com cerca de 2 milhões de toneladas de resíduos sólidos que vazam para o mar anualmente, sendo estes provenientes principalmente de regiões praianas, como as de Noronha. 

Nesse cenário, o empresário Zé Maria, reconhecido por sua atuação em promover os tradicionais eventos de Fernando de Noronha, colaborou com o planejamento sustentável das festas de final e começo de ano (até o mês de abril de 2022) implementando o selo Evento Responsável da Aguama. Ao todo, os cinco eventos promovidos pelo empreendedor, com um total de 6 mil pessoas, ganharam uma nova estrutura de gestão ambiental.

Evento Heineken
Imagem: divulgação

Selo Evento Responsável

Selo Evento Responsável
Imagem: divulgação

O selo Evento Responsável é um produto desenvolvido pela Aguama que garante o cumprimento dos requisitos socioambientais envolvidos na realização de um evento. A empresa que obtém este selo recebe um certificado que atesta a realização da gestão ambiental do evento, de forma gradativa.

O programa de gestão ambiental pode ser realizado em feiras, congressos, seminários e eventos em geral. O serviço reduz e evita os impactos ambientais causados pela realização de eventos e aproxima as marcas da excelência em sustentabilidade

Como funciona?

Porta bituca
Imagem: divulgação

O selo Evento Responsável promove e certifica o uso sustentável do local, a gestão do público e o tratamento dos resíduos e efluentes gerados. Além disso, é realizado o controle da poluição atmosférica e do consumo de energia.

Em uma análise cuidadosa, são reduzidos os impactos do fornecimento, transporte e montagem da infraestrutura até o deslocamento de pessoas e o consumo de insumos. Dessa forma, além de contribuir para o sucesso do evento, a implementação do selo gera impactos positivos para a economia, o ambiente e a sociedade. As ações se baseiam no aumento da eficiência, no comércio justo e desenvolvimento local, na redução de custos, na responsabilidade socioambiental e no estímulo à cultura e desenvolvimento.

Este mesmo serviço de gestão ambiental da Aguama já apresentou bons resultados tendo sido implementado em outros grandes eventos como Lollapalooza, Feira Apas e Salão do Automóvel e, este ano, as expectativas também são de sucesso. 

O programa de gestão de resíduos da Aguama incentiva a reciclagem e a conscientização dos participantes sobre a importância da participação ativa, ajudando a reduzir a emissão de gases do efeito estufa. 

A empresa realiza um inventário de carbono equivalente emitido em todas as operações dos eventos. O que não é possível evitar, é neutralizado por meio do programa Carbono Responsável, da Aguama. Para evitar maiores gastos de energia e água, os eventos realizados aproveitaram todos os materiais de eventos passados para os cenários e estrutura dos novos eventos. 

O que mudou e como o visitante pode contribuir?

Coleta seletiva
Imagem: divulgação

A Aguama realizou alianças estratégicas com os principais atores de Fernando de Noronha e a comunidade local. Além da parceria com o empresário Zé Maria, a agência de marketing e gestão ambiental contou com a colaboração do governo local, comunidade, Heineken e Associação das Pousadas de Fernando de Noronha. A principal mudança foi realizada na infraestrutura de coleta e processamento de resíduos da ilha. O objetivo é aumentar significativamente o retorno dos resíduos recicláveis para a cadeia de produção de Noronha e viabilizar o turismo lixo zero nas ilhas pernambucanas. 

Foram instalados 280 coletores e contêineres de mil litros em pousadas e bares com placas educativas para conscientizar turistas e moradores e aumentar a capilaridade da coleta seletiva durante os eventos. Além disso, estão disponíveis para turistas e moradores um chat bot que explica as principais formas de colaboração para a gestão ambiental participativa dos eventos. Também estão sendo disparados conteúdos explicativos via WhatsApp e e-mail, além da presença de agentes ambientais nas praias orientando turistas e moradores sobre boas práticas ambientais. 

Turistas e moradores foram convidados a se engajarem em uma imersão ambiental e contribuir ativamente com a nova estrutura de gestão de resíduos sólidos noronhense. A mudança está sendo implementada por uma parceria entre a Aguama, o governo local, a Heineken e a Associação das Pousadas de Fernando de Noronha.

A fabricante holandesa, que só comercializa em Noronha sua cerveja em garrafas de vidro, também instalou uma usina de reciclagem de vidro capaz de transformar o resíduo dos eventos em matéria-prima (areia). Desde 2018, o material é doado à comunidade para a construção de casas noronhenses. Além de ajudar os moradores locais e promover a economia circular, a ação preserva o meio ambiente e gera impactos socioambientais positivos. A Heineken, que já investiu em plantas solares para abastecer todas suas fábricas com energia 100% renovável, também patrocinou a construção de uma concha acústica no centro de educação ambiental dos moradores e turistas. 

Os visitantes podem contribuir para a sustentabilidade dessas edições engajando-se na destinação correta de seus resíduos. Como turista, ao participar de eventos, procure observar a infra-estrutura local.  O evento reduz e/ou neutraliza suas emissões  de carbono? As principais fontes de energia são renováveis como a energia solar e a energia eólica? Os materiais utilizados são descartáveis ou retornáveis? Nos casos em que há descartáveis, são recicláveis? Há estrutura de coleta seletiva adequada para receber esses recicláveis? Nos casos em que há estrutura de coleta seletiva, procure se engajar ativamente na destinação correta dos resíduos. Este ano, os eventos em Fernando de Noronha são oportunidades para o turista consciente desfrutar de uma vivência ambiental com participação ativa.