Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

As plantas tóxicas para animais são mais comuns do que imaginamos e podem ser fatais. Saiba quais são elas

Se você tem pets em casa, fique atento: existem plantas tóxicas para animais que podem causar diversos problemas à saúde deles – e, dependendo da toxicidade da espécie, até levá-los à morte.

Essas plantas são consideradas tóxicas porque contêm elementos que fazem mal ao organismo dos animais de estimação, provocando dores abdominais, vômito, fraqueza, alucinações e outros sintomas.

Muitos animais, como os cães, são bastante curiosos e podem acabar ingerindo folhas por acidente. Além disso, é comum que essas plantas tóxicas sejam cultivadas em casas e jardins, já que parecem inofensivas. Por isso, é fundamental conhecer cada uma delas para proteger seu pet. Confira a lista a seguir.

Lista de plantas tóxicas para animais

  • Alamanda;
  • Antúrio;
  • Babosa;
  • Begônia;
  • Beladona;
  • Bico-de-Papagaio ou Poinsétia, também conhecida como Rabo-de-Arara e Flor-do-Natal;
  • Brugmansia, também conhecida como trombeta e zabumba;
  • Cannabis sativa;
  • Copo-de-leite;
  • Coroa-de-Cristo;
  • Costela-de-Adão ou Monstera deliciosa;
  • Dama-da-noite;
  • Espada-de-São-Jorge ou Dracaena trifasciata;
  • Ficus;
  • Filodendro;
  • Flor-da-fortuna ou Kalanchoe;
  • Fumo-bravo;
  • Glicínia;
  • Hera;
  • Hibisco;
  • Hortênsia;
  • Jiboia;
  • Lírio;
  • Mamona;
  • Manacá-de-jardim;
  • Onze-horas;
  • Prímula ou primavera;
  • Samambaia;
  • Schefflera;
  • Tulipa;
  • Violeta.

Plantas tóxicas letais para animais

Algumas plantas tóxicas para animais podem ser letais. Além de causarem irritação e outros sintomas, elas podem levar o pet à morte. Em alguns casos, apenas algumas partes da planta são de fato tóxicas. Mas, de todo modo, é fundamental conhecê-las. São elas:

  • Abacate (fruta e medula);
  • Amarílis;
  • Azaleia (todas as partes);
  • Comigo-ninguém-pode ou dieffenbachia;
  • Damasco (grãos);
  • Erva-de-passarinho ou visco;
  • Espirradeira ou oleandro;
  • Estramônio/Espinho-maçã;
  • Flor-do-deserto;
  • Mamona (mais de duas sementes);
  • Narciso;
  • Orelhas de elefante;
  • Palmeira-sagu;
  • Tinhorão.

Efeitos da ingestão de plantas tóxicas para animais

Um animal doméstico, ao ingerir alguma planta tóxica, pode apresentar sintomas como vômito e diarreia. Ademais, a ingestão dessas plantas também pode levar a problemas mais sérios, como redução da fertilidade, sistema cardiovascular afetado e até cegueira.

Os sintomas e problemas variam de acordo com cada planta. Veja alguns:

  • Abacate: náusea, vômito, depressão, dificuldade para respirar
  • Amarílis: vômito, diarreia, depressão, salivação, tremores;
  • Azaleia: vômitos, diarreia , fraqueza, problemas cardíacos;
  • Babosa: diarreia;
  • Dieffenbachia: irritação oral intensa, vômitos, dificuldade em engolir;
  • e coma;
  • Hera: vômito, diarreia, dor de estômago, salivação;
  • Hibisco: tremores, convulsões, perda de equilíbrio;
  • Lírio: vômitos, batimento cardíaco rápido ou lento, pressão arterial baixa, coma, convulsões;
  • Narciso: vômito, diarreia, baba. Grandes quantidades (especialmente de lâmpadas) podem causar arritmias cardíacas, pressão arterial baixa e tremores;
  • Tulipas: vômitos, diarreia, salivação, especialmente se bulbos forem ingeridos;
  • Visco: vômito, diarreia, dificuldade para respirar e batimento cardíaco lento.

O que fazer se seu animal comer plantas tóxicas

Ao cuidar de um animal doméstico, é preciso manter atenção para identificar os sinais de que ele ingeriu plantas tóxicas para animais. Uma forma de fazer isso é verificar os sintomas mais comuns e suspeitar ao ver uma planta tóxica ao alcance do cachorro ou gato.

Caso desconfie que o animal tenha ingerido, é preciso tomar providências imediatas, pois isso pode salvar a vida do pet. O ideal é não tentar fazer nada sozinho e, sim, entrar em contato com um veterinário imediatamente. Desse modo, o profissional recomendará o melhor tratamento.

Plantas atóxicas para casas com animais de estimação

Apesar de muitas plantas comuns serem tóxicas, há muitas outras permitidas e seguras. Algumas delas são:

Flor-de-maio

A flor-de-maio ou cacto-de-natal é uma escolha mais segura de plantas floridas. Ainda assim, o ideal é que os animais não a mastiguem, porque mesmo sendo atóxicas podem causar desconforto intestinal.

Planta-da-amizade

A planta-da-amizade é amigável como o seu próprio nome indica. Ela é uma suculenta que tolera luz baixa a média e adora umidade. Mesmo se for mordida pelos animais domésticos, a planta-da-amizade não causa nenhum problema.

Algumas ervas

Se você pretende cultivar um jardim de ervas, saiba que também existem opções seguras. Orégano e lavanda podem fazer mal para os animais. Por outro lado, manjericão, sálvia e tomilho estão liberadas!

Plantas em vasos suspenso

Há algumas espécies de plantas que crescem bem em vasos suspensos e, por estarem suspensas, são mais seguras para cães, pois ficam fora do seu alcance. A alsobia, por exemplo, além de ficar bem suspensa, não é prejudicial para os animais.