Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda mais sobre a flor narciso, qual a origem de seu nome e simbologia

Narciso (Narcissus spp.) é uma flor da família Amaryllidaceae, que nasce predominantemente durante a primavera, mas é perene e resistente. Enquanto as flores são mais conhecidas pela sua cor amarela, elas também podem aparecer em uma variedade de cores, incluindo branco, laranja, rosa e creme. 

Nativo da América do Norte e da Europa, o narciso precisa de um clima mais gélido, que possibilita que seus bulbos consigam se resetar. Contudo, ele também é plantado em locais mais quentes como flores anuais. No Hemisfério Norte, as flores são plantadas durante o outono e florescem no final do inverno ou nas primeiras semanas da primavera.

Tipicamente o narciso possui seis pétalas e uma coroa central em forma de trombeta, porém, existem mais de 40 espécies da flor e mais de 32 mil cultivares registradas. 

Origem do nome

A origem do nome da flor vem da mitologia grega, do conto de Narciso, um homem que se apaixonou por seu próprio reflexo em um lago após ser amaldiçoado pela deusa Nêmesis. Narciso morreu ao não conseguir abandonar seu reflexo e se afogou no lago — cujas margens floresceram com a flor narciso

Além disso, muitas pessoas acreditam que o jeito que as flores se inclinam para o chão simboliza o jeito que Narciso movia seu pescoço para se olhar no lago. Até hoje, os narcisos representam vaidade e amor não correspondido. 

Imagem de Andrea Tummons no Unsplash

Toxicidade

Os narcisos contêm alcalóides de fenantridina, cristais de oxalato de cálcio e licorina, o que faz com que eles sejam considerados tóxicos para humanos e animais. Seu consumo é perigoso e pode levar a fatalidades, enquanto seu manuseio pode gerar problemas de pele. 

Embora o bulbo seja a parte mais perigosa, toda a estrutura da flor pode ser tóxica e requer cuidados ao ser manuseada, como o uso de luvas e potencialmente óculos de proteção. É recomendado que as luvas sejam descartadas depois ou lavadas para evitar exposição às substâncias tóxicas liberadas pela planta. 

Na maioria das vezes, os animais não são atraídos o suficiente para consumir a flor, porém, é necessário saber dos possíveis perigos da planta para evitar casualidades. 

Entre os sintomas de envenenamento do narciso estão: 

  • Arritmia cardíaca 
  • Pressão sanguínea baixa
  • Irritação tecidual 
  • Dores no estômago
  • Respiração difícil 
  • Taquicardia
  • Vômito
  • Arrepios
  • Convulsões
  • Diarreia
  • Náusea
  • Baba

O envenenamento por narciso deve ser tratado por profissionais da saúde, tanto nos humanos como nos animais. 

Como plantar

Jardineiros acreditam que o narciso é fácil de plantar e pode ser cultivado por iniciantes do mundo da jardinagem. As plantas se multiplicam com facilidade, não são exigentes com o solo e sua toxicidade faz com que animais e pragas fiquem longe de suas folhas. 

Comece a plantar o narciso durante o inverno, ou em temperaturas mais frias, para que ele possa florescer. Escolha os bulbos maiores e mais firmes e com uma cobertura que lembra papel seco. Plante-os virados para cima com cerca de 7 a 12 centímetros de profundidade, os separando por aproximadamente 13 centímetros. 

Escolha um local com exposição inteira ou parcial do Sol para que a planta consiga florescer. Embora a maioria das flores não sejam exigentes com o solo e cresçam em qualquer local não muito seco, elas florescem melhor em solos moderadamente férteis e bem drenados que são mantidos úmidos durante a estação de crescimento.

Se necessário, coloque um pouco de fertilizante no mesmo buraco do bulbo para incentivar o crescimento. 

Na maior parte, o narciso precisa de água durante seu crescimento, porém, ele pode apodrecer em solos muito úmidos, então só comece e regar a planta se seu solo estiver seco. 

Colheita

Para tentar aproveitar o bulbo, espere que o narciso floreie por completo até fazer a sua colheita. Após isso acontecer, corte as flores e desenterre o bulbo, deixando-o em um lugar sombreado para que seque. Muitas vezes, os bulbos não sobrevivem durante climas mais quentes, principalmente fora do Hemisfério Norte. Contudo, como já mencionado, a flor pode ser plantada anualmente com novos bulbos. 

Se for colocar os seus narcisos em vasos, deixe-os sozinhos, pois suas hastes produzem um fluido que promove o murchamento de outras flores. 

É importante lembrar de novo que essa espécie é tóxica e contato direto com ela ou sua seiva pode criar complicações na pele.