Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda mais sobre a placa bacteriana, suas causas e como evitar sua formação

A placa bacteriana é uma película transparente ou amarelada que é formada na superfície dos dentes todos os dias. Ela ocorre quando ingerimos carboidratos ou alimentos que contém açúcar. As bactérias que vivem na boca se alimentam dos resíduos deixados no dente e produzem ácidos para dissolvê-los. 

A formação da placa bacteriana ocorre quando os dentes não são escovados, gerando a combinação de bactérias, ácidos e carboidratos sobre os dentes. 

Em alguns casos, quando a placa não é removida, ela pode virar tártaro. O tártaro é outra condição ocorrente na boca, porém, que é mais difícil de remover. Além disso, o ácido liberado pelas bactérias pode gerar cáries, apodrecimento dos dentes, gengivite e outras condições.

Sintomas

Alguns dos sintomas da placa bacteriana são: 

  • Halitose (mau hálito)
  • Gengivas sensíveis, inchadas ou que sangram ao escovar os dentes

Complicações 

Além dos problemas listados acima, não tratar a placa pode resultar em outras possíveis complicações. 

A boca é a entrada para os sistemas digestivo e respiratório, portanto, manter a região saudável pode evitar problemas maiores. Com a falta de higiene, as bactérias podem se proliferar e acabam gerando infecções, cárie dentária e doenças periodontais.

A doença periodontal é uma doença gengival. Ela ocorre por falta de higiene e também pelo uso do tabaco. Essa condição pode resultar no inchaço e sangramento da gengiva e mau hálito. Em casos mais severos, a gengiva pode se desprender dos dentes e do osso, muitas vezes fazendo com que o dente amoleça ou caia. 

Além de doenças relacionadas à higiene oral, a falta da saúde bucal pode gerar outras condições piores. Entre elas estão doenças cardiovasculares e pneumonia.

Embora especialistas não consigam apontar o motivo certo para essa ocorrência, acredita-se que as bactérias bucais consigam se espalhar através da corrente sanguínea e afetar outros órgãos. 

Prevenção 

Assim como a maioria das condições bucais, a placa bacteriana pode ser evitada como boa higiene bucal. Hábitos como escovar os dentes todos os dias, pelo menos duas vezes ao dia ou o uso do fio dental, por exemplo, funcionam e são fáceis de criar. O uso de enxaguante bucal também é essencial e ajuda na limpeza e na eliminação das bactérias presentes na boca. 

Manter uma dieta saudável, sem muitos alimentos ou bebidas açucaradas e ir ao dentista regularmente também são importantes para manter a saúde bucal. 

Tratamento

O tratamento da placa é feito em casa. Você mesmo pode remover a placa bacteriana com o uso do fio dental e escovando os dentes após as refeições. Um estudo publicado em 2019 também atribui a eficácia da remoção da placa bacteriana ao bicarbonato de sódio

Embora alguns dentistas recomendem escovas de dente elétricas para essa remoção, uma escova normal também pode auxiliar. 

Em casos de tártaro ou outras complicações decorrentes da placa, a ida ao dentista é essencial.