Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

escova de bambu pode parecer uma invenção contemporânea para substituir as escovas de dente de plástico, mas isso não corresponde exatamente à realidade. O primeiro conjunto de escovas de dente já feito e usado foi projetado com bambu, pelos de animais e ossos, ainda no século 7. Antes disso, as pessoas usavam sal, panos ásperos, giz ou gravetos para remover placas e manchas dos dentes.

As escovas de plástico só surgiram em 1938. Embora, desde então, elas tenham se tornado a opção mais popular de escova dental, a crescente preocupação das pessoas com o meio ambiente vêm colocando o bambu como uma alternativa ao plástico mais saudável para o ser humano e para o planeta. Entenda por quê.

Por que optar pela escova de bambu

O que uma simples escova de dentes tem a ver com poluição ambiental? Bem, somente os Estados Unidos registram mais de 1 bilhão de escovas de plástico descartadas por ano, que contribuem maciçamente para o lixo plástico e a poluição.

Seguindo as recomendações profissionais, a cada três meses devemos trocar as escovas de dente – ou seja, em um ano, cerca de quatro escovas vão para o lixo comum. Se o ser humano tem uma expectativa de, em média, 75 anos de idade, são 300 escovas repostas por habitante e cinco quilos de plástico descartados por pessoa.

No mundo, isso corresponde a 36 bilhões de quilos de escovas plásticas descartadas. É muito plástico! Por isso, muitas marcas de higiene bucal começaram a reconhecer a importância genuína de produzir produtos ecologicamente corretos, sustentáveis ​​e biodegradáveis.

Como uma alternativa ecológica à escova de plástico, as escovas de bambu têm conquistado espaço na rotina das pessoas, graças à biodegradabilidade do material. O plástico descartado pode levar até – pasme! – mil anos para se decompor, enquanto o bambu se decompõe tão rapidamente quanto um galho de árvore.

Assim como nossas escovas tradicionais, uma escova de dente de bambu vem com um cabo biodegradável e cerdas macias de nylon. Existem também escovas de dente com cerdas feitas de materiais naturais, que são tão confiáveis ​​e eficazes para manter a saúde bucal quanto escovas de dente de plástico ou elétricas.

Com a intensificação das mudanças climáticas e a divulgação dos malefícios do plástico para os oceanos, a vida selvagem e a saúde humana, mais e mais pessoas têm se tornado conscientes da necessidade de adotar um estilo de vida sustentável e eco-friendly para reduzir sua pegada de carbono e proteger o planeta.

No dia a dia, pequenas atitudes, como reciclar, reutilizar, reduzir o consumo de carne, priorizar produtos naturais, evitar o uso de plásticos descartáveis ​​e assim por diante, podem fazer toda a diferença na preservação do planeta.

E é fácil fazer a sua parte! Entre essas pequenas atitudes, você também pode optar por deixar o plástico de lado na hora da higiene bucal e escolher o bambu, um recurso natural renovável, superabundante no planeta e sustentável do cultivo ao descarte.

As vantagens do bambu

Além de versátil, o bambu é flexível, leve, se dá bem em diversos climas e solos, não precisa ser replantado e cresce muito rápido. Para se ter uma ideia, em apenas 24 horas a planta pode crescer aproximadamente 30 centímetros – e ainda pode ser colhida anualmente por até 70 anos.

Além disso, o bambu é uma gramínea, que não exige água nem grandes cuidados para se desenvolver. Ao contrário de grande parte das plantas produzidas para comercialização, seu cultivo é livre de fertilizantespesticidas ou herbicidas – o que ajuda a reduzir significativamente seu impacto ambiental.

E as vantagens não param por aí: o plantio de bambu em solo degradado ajuda a regenerar a terra e torná-la produtiva de novo. Por isso, ele é considerado uma excelente alternativa à madeira, cuja extração ilegal é uma das principais causas de desmatamento na Amazônia.

O bambu também pode ser um aliado no combate às mudanças climáticas, que é uma das grandes preocupações ambientais do nosso tempo. Isso porque a planta absorve dióxido de carbono, que responde por 74% das emissões de gases do efeito estufa, segundo levantamento divulgado pelo World Resources Institute. Ao mesmo tempo, a planta libera 35% de oxigênio a mais na atmosfera do que outras árvores.

O bambu também é conhecido por suas propriedades antibacterianas, antifúngicas e antimicrobianas, o que o torna um material perfeito para uma escova de dentes.

Quanto tempo dura uma escova de bambu?

Quando bem cuidadas, elas duram tanto quanto as escovas de dente comuns de plástico, se não mais. A validade de uma escova costuma ser de três meses, segundo recomendações de profissionais da odontologia.

Para cuidar bem de sua escova de dentes, certifique-se de guardá-la em local seco ou fresco logo após o uso diário. Lembre-se também de lavar e limpar as cerdas cuidadosamente depois de cada uso.

Existem muitos benefícios em usar uma escova de dentes de bambu. Mudar para uma escova de dentes de bambu ajuda a evitar que o meio ambiente, especialmente os oceanos, seja destruído. Usar uma escova de dente de bambu é tão eficaz quanto uma escova de dente manual de plástico. A diferença é que o cabo é feito de bambu, que é forte, biodegradável e não tem impacto negativo no planeta.

E os contras?

Embora o bambu certamente seja um material mais ecológico do que o plástico, existem alguns problemas associados ao material. A maior parte do bambu produzido no mundo é cultivada e fabricada na China, o que significa que, se você mora fora da Ásia, haverá emissões de carbono associadas ao transporte a serem levadas em consideração na compra da escova de dentes.

A alta demanda por bambu como material agora também significa que muitas terras na China estão sendo replantadas como bambu, alterando ecossistemas. Por isso, sempre que possível, dê preferência a materiais que tenham sido produzidos localmente, para alimentar a demanda interna brasileira.

Sendo biodegradável, o bambu pode se decompor naturalmente na natureza, sem contribuir para a adição de plástico aos resíduos do oceano. No entanto, você deve saber que jogar sua escova de dente de bambu usada no lixo comum não causa melhor impacto na Terra do que escovas de dente de plástico.

É preciso garantir que sua escova de bambu será descartada corretamente, em lixos de matéria orgânica, composteiras, solo com terra fértil ou qualquer espaço em que ela possa ser enterrada. Caso as cerdas sejam feitas de nylon, remova-as com a ajuda de um alicate e descarte-as junto com o lixo reciclável.