Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Aprenda mais sobre a levedura nutricional, um ingrediente comum na dieta plant-based

A levedura nutricional é um tipo de levedura desativada da espécie Saccharomyces cerevisiae, a mesma usada para fermentar cerveja e na produção do pão. A sua diferença, entretanto, é que a levedura nutricional é plantada especialmente para ser usada como um alimento, por isso é desativada e não possui células vivas. 

Sua produção é feita a partir de algo doce, geralmente melaço, onde as células de Saccharomyces cerevisiae são cultivadas. A levedura, então, é desativada ao ser apresentada ao calor, colhida, lavada, seca e esmigalhada em pequenos pedaços para se tornar alimento. 

Ele é comumente usado em forma de condimento, principalmente em dietas plant-based, por ter um gosto similar ao queijo. 

Embora seja produzida através de levedura, a levedura nutricional não contém glúten e é um alimento seguro para pessoas com alergias. 

Valor nutricional

Duas colheres de sopa de levedura nutricional contém cerca de 60 calorias. O alimento é rico em proteínas, carboidratos e fibras alimentares. Geralmente, quando é comercializada, ela é fortificada com outras vitaminas. A mais comum a ser encontrada é a vitamina B12, um micronutriente essencial para o organismo que é encontrado em alimentos de origem animal. 

Por isso, quando fortificada com B12, a levedura nutricional é ainda mais recomendada para um público vegano e vegetariano — alimentos plant-based não contêm a vitamina B12, que geralmente é consumida através de suplementos.

A deficiência de vitamina B12 é difícil de ser diagnosticada, mas pode causar condições graves. Alguns problemas incluem anemia megaloblástica, causada pela redução de glóbulos vermelhos normais que se tornam grandes, imaturos e disfuncionais, e anemia perniciosa, uma condição em que os glóbulos vermelhos do sangue ficam abaixo do normal. 

Um estudo comprovou o efeito da levedura nutricional fortificada no combate à deficiência de B12. Foi observado que consumir ao menos uma colher de sopa de levedura por dia ajuda a restaurar os níveis da vitamina no organismo. 

Benefícios 

Enquanto os benefícios derivados da vitamina B12 só funcionam com a levedura fortificada, o alimento em sua forma pura apresenta outros benefícios. Acredita-se que a espécie de levedura Saccharomyces cerevisiae, por exemplo, pode ajudar no sistema imunológico combatendo a inflamação resultante da infecção bacteriana. Além disso, ela também atua em outras áreas da imunidade. Uma pesquisa comprovou seu resultado prevenindo resfriados — participantes que consumiam levedura nutricional eram 25% menos propensos a desenvolver a doença. 

Por conter beta-glucano — um tipo de fibra solúvel —, a levedura nutricional também tem propriedades favoráveis à saúde cardiovascular. O beta-glucano é um agente que pode reduzir níveis de colesterol LDL (colesterol ruim) e aumentando níveis de colesterol HDL (colesterol bom). 

O alimento também é rico em antioxidantes, como glutationa e selenometionina, que protegem as células contra radicais livres. 

A fibra da levedura nutricional também apresenta benefícios para reduzir a constipação, além de ajudar a prevenir a diabetes. 

Onde usar

O condimento pode ser usado de diversas formas e pode ser incrementado na dieta por via de diversos alimentos, como saladas, pipoca, sopas, etc. Por ter um sabor parecido com o queijo, muitas pessoas também o adicionam diretamente no macarrão para ser um substituto de parmesão. 

Contraindicações e possíveis problemas

Por ser um produto de levedura desativada, a levedura nutricional é, na maioria das vezes, um alimento seguro para a maioria das pessoas. Porém, pacientes que sofrem de síndrome do intestino irritável ou enxaquecas podem sofrer efeitos adversos. Pessoas com doença de Crohn ou sensibilidade a produtos de levedura também não são indicados ao seu consumo, por poder agravar possíveis reações. 

A levedura também não é recomendada para pessoas que tomam certos medicamentos de diabetes, depressão e alguns narcóticos — consulte um profissional de saúde para mais informações sobre as possíveis interações da levedura com diferentes remédios.