Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

História do desenvolvimento urbano da capital paulista será narrada em site que vai ao ar em 25 de janeiro

Imagem de Guilherme Bellotti no Unsplash

Agência FAPESP* – Em comemoração aos 467 anos da cidade de São Paulo, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP), também conhecido como Museu do Ipiranga, lançará, em 25 de janeiro de 2021, a campanha digital “São Paulo – Território em Construção”.

Por meio da iconografia do acervo e com depoimentos de historiadores, arquitetos e urbanistas, o público será convidado a pensar nas transformações que ocorreram na cidade desde sua fundação, passando pelo período colonial até chegar à grande metrópole.

O material será disponibilizado em um site, que reunirá uma linha do tempo, fotos, pinturas e mapas do acervo, áudios explicativos e vídeos que abordam as transformações do espaço urbano de São Paulo. Também será possível saber mais sobre os principais cartões-postais da cidade, como o Pátio do Colégio, a avenida Paulista e a avenida Nove de Julho.

O conteúdo do site terá versões criadas especialmente para as redes sociais, mostrando diferentes etapas da história de São Paulo e como o espaço se modifica e se move dentro da cidade. O endereço do site que será inaugurado é spterritorioemconstrucao.com.br.

A campanha terá ainda três encontros virtuais com convidados que aprofundarão diversos aspectos relacionados à história da cidade. Os encontros acontecerão entre 25 e 27 de janeiro, às 14 horas, com a mediação de Alana Carvalho, autora do livro #MulheresDeSP: mulheres que transformaram São Paulo, fundadora e curadora do projeto Viva Cultura SP. Para assistir, basta acessar a página no Instagram do Museu do Ipiranga ou do Viva Cultura SP. O conteúdo será disponibilizado com recursos de acessibilidade no Facebook.

*Com informações da Assessoria de Imprensa Museu do Ipiranga.


Este texto foi originalmente publicado por Agência FAPESP de acordo com a licença Creative Commons CC-BY-NC-ND. Leia o original aqui.


Veja também: