Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Exercício para meia idade pode ser essencial para a saúde

O exercício para meia idade pode diminuir os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares por conta de controle da pressão sanguínea e maior elasticidade arterial, de acordo com pesquisa.

A elasticidade arterial indica que os músculos que compõem as camadas de tecido conjuntivo permanecem flexíveis, o que auxilia a eficácia do fluxo sanguíneo. A falta de exercício pode resultar na rigidez da parede arterial e no acúmulo de placas de gordura na área, uma condição chamada aterosclerose. 

A pesquisa publicada no Journal of Applied Physiology comparou a regulação da pressão arterial em três grupos: pessoas de meia idade com ao menos dez anos de treinamento aeróbico, atletas mais novos que 45 anos e pessoas sedentárias de meia idade. Foi comprovado que a regulação de adultos fisicamente ativos era melhor. 

Embora os números indiquem vantagem aos indivíduos que já praticavam exercícios antes, os condutores da pesquisa alertam que nunca é tarde demais para desenvolver o hábito. Acredita-se que o exercício para meia idade pode reverter a rigidez da pressão arterial, independentemente da idade de início. 

Além dos benefícios na saúde cardiovascular, outras áreas da saúde também se beneficiam dos exercícios. Foi comprovado que a atividade física na meia idade pode diminuir o risco de desenvolvimento de depressão e ansiedade, além de ajudar na função cognitiva e mobilidade. 

Porém, a atividade precisa ser constante. Outro estudo publicado no Jama Network Open, indica que os benefícios do exercício para meia idade só são eficazes se a atividade é mantida ao longo do tempo. 

O que você precisa saber

Antes de engatilhar o exercício para meia idade, é importante considerar algumas questões. Adultos que apresentam condições ou doenças crônicas precisam de permissão médica antes de iniciar alguma atividade física. Além disso, é necessário começar gradualmente, por exercícios mais leves, para se certificar de que a prática está sendo feita em segurança. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, um adulto de 18 a 64 anos precisa fazer de 150 a 300 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada ou de 75 a 150 de intensidade vigorosa por semana. Isso equivale a cerca de 30 minutos por dia, cinco ou sete dias por semana. 

Contudo, é possível começar com uma caminhada de três minutos e ir aumentando o tempo gradualmente, alcançando os 30 minutos por dia. 

Benefícios 

A OMS tem uma lista dos benefícios dos exercícios para meia idade, entre elas estão a melhoria de diversas áreas da vida, como:

  • Saúde mental
  • Saúde cognitiva
  • Qualidade do sono

Além de diminuir os riscos de mortalidade por todas as causas, hipertensão, diabetes tipo 2 e incidência de alguns tipos de câncer, como de bexiga, mama, gástrico e renal.