Cianeto: a sombra por trás da mineração do ouro

eCycle

O ânion cianeto é extremamente tóxico e pode causar diversos danos à saúde e ao meio ambiente

Cianetos são uma família de compostos químicos que contêm o ânion cianeto altamente reativo em sua composição. Os compostos de cianeto comumente encontrados no ambiente são o cianeto de hidrogênio e dois de seus sais, o cianeto de sódio e o cianeto de potássio. O cianeto de hidrogênio (HCN) é um líquido ou gás incolor com forte odor característico, enquanto que o cianeto de sódio (NaCN) e o cianeto de potássio (KCN) são sólidos solúveis em água.

O cianeto pode ser encontrado naturalmente em baixas concentrações no solo, água e vegetais, como a mandioca brava. Os cianetos são usados em galvanoplastia, extração de ouro e prata, limpeza de metais, na produção de fibras sintéticas, corantes, pigmentos e nylon, como reagente em química analítica, agente de fumigação e gaseificação do carvão. As principais fontes de emissão antropogênica de cianeto, por sua vez, são a mineração, indústrias químicas e de processamento de metais e a exaustão veicular.

Cianetação do ouro

O processo de lixiviação do ouro com cianeto é conhecido por causar grandes impactos ambientais e para a saúde humana. A cianetação do ouro, nome dado a esse processo, é utilizada para extrair ouro a partir de um minério bruto retirado do solo. O cianeto dissolve o ouro dentro da rocha, retirando-o em forma líquida. Em seguida, esse ouro é tratado para retirar o cianeto ao qual foi exposto.

A cianetação do ouro, no entanto, é considerada uma ameaça para o meio ambiente e para a saúde humana devido à alta toxicidade do cianeto. Além disso, as terras, rios e lagos ao redor podem ficar estéreis por tempo indeterminado.

Pensando na sustentabilidade, as empresas de mineração passaram a transformar o cianeto em uma forma menos tóxica e mais sustentável antes de descartá-lo. Para minimizar os impactos da disposição, as empresas também começaram a revestir seus locais de descarte com um forro impermeável. Com isso, elas afirmam que se trata de um risco aceitável, mas que ainda ocorrem muitos vazamentos prejudiciais aos arredores das minas.

O ouro e suas aplicações

Não há como pensar em riquezas sem pensar no ouro. Esse metal de transição brilhante, amarelo, maleável e denso está presente no dia a dia na forma de jóias, componentes de placas de computadores e muitos outros produtos. Normalmente, ele é encontrado em estado puro na forma de pepitas, mas também existem em alguns minerais, como quartzo e rochas metamórficas. Além disso, o ouro pode ser encontrado em toda a crosta terrestre e nas águas do oceano, em menores concentrações.

Por ser mole, o ouro é geralmente endurecido, formando uma liga metálica com prata e cobre. Devido à sua boa condutividade elétrica e resistência à corrosão, o ouro apresenta diversas aplicações industriais.

Exposição humana e efeitos à saúde

A exposição humana ao cianeto ocorre principalmente por ingestão de alimentos e, em menor escala, por água. Determinados alimentos, como sementes de maçãs e amêndoas, contêm concentrações moderadas de cianeto. Outros, como a mandioca brava, apresentam concentrações elevadas e são perigosos quando não preparados adequadamente. A inalação da fumaça do cigarro e de incêndios em prédios e residências é uma fonte importante de exposição ao cianeto para a população geral.

O composto também é liberado durante a pirólise de materiais que contêm nitrogênio como polímeros (melamina, nylon e poliacrilonitrila) e materiais naturais como seda e lã. Na mineração, o cianeto utilizado na lixiviação do ouro é conhecido por causar diversos danos à saúde e ao meio ambiente.

Independente da sua origem, o ânion cianeto é extremamente tóxico para os organismos, pois se liga aos grupos metálicos de uma série de enzimas, inibindo sua atividade. A consequência direta mais importante é o bloqueio da cadeia respiratória e a inibição do metabolismo do oxigênio.

Os efeitos da exposição aguda ao cianeto são observados no sistema nervoso central e cardiovascular. Os sinais e sintomas mais comuns são dor de cabeça, vertigem, diminuição da coordenação motora, arritmia, bradicardia, torpor, coma e morte. Os efeitos da exposição crônica são dor de cabeça, dificuldade para falar, distúrbios gastrintestinais, fraqueza muscular, confusão, perda da acuidade visual e aumento da tireoide.

Além de ter sido utilizado em suicídios durante a segunda guerra mundial, também foi a base do gás Zyklon B (Ciclone B), usado nos campos de extermínio. Nos Estados Unidos, ele serviu como forma de aplicação da pena capital na câmara de gás, mas foi abolido por causar morte dolorosa e lenta.

Lixiviação com cianeto é proibida

Pensando no meio ambiente e nas suas formas de vida que a Alemanha, República Checa, Hungria, Costa Rica, os estados de Montana e Wisconsin nos Estados Unidos e muitas regiões da Argentina baniram a mineração do ouro com o cianeto. No entanto, quase 90% de toda a produção mundial ainda é feita a partir do processo de cianetação do ouro.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×