Conheça os benefícios do gengibre

eCycle

O gengibre ajuda a amenizar de enjoo a resfriado. Saiba como ele pode te dar uma mãozinha

Consumo de gengibre traz inúmeros benefícios para a saúde

Há mais de dois mil anos, os chineses já conheciam os benefícios do gengibre. Eles o usavam para tratar náuseas, dores de estômago e diarreia. Hoje, sabemos que essa raiz também é benéfica no combate a muitos outros males.

Um estudo descobriu que suplementos de gengibre, tomados em conjunto com medicamentos que inibem vômito, reduziram a náusea decorrente da quimioterapia em 40% nos pacientes estudados. Pesquisas também mostraram que ele pode minimizar dores musculares, eliminar inflamação, ajudar nas dores menstruais e com a enxaqueca.

Outros benefícios do gengibre para a saúde:

Ajuda a prevenir a enxaqueca

Rico em potássio (415 mg) e magnésio (43 mg), nutrientes que estimulam a melhor circulação sanguínea, o gengibre facilita o bombeamento do sangue para o cérebro. Isso ajuda a prevenir dores de cabeça e sintomas de enxaqueca a longo prazo.

Alivia náusea e enjoo

O gengibre é bem conhecido por sua habilidade em minimizar náusea e dá uma mãozinha para combater o enjoo ocorrido por causa de movimento. Mulheres grávidas que sofrem de enjoo pela manhã receberam bebidas com gengibre durante o primeiro trimestre da gravidez e, quando comparado a mulheres que receberam placebo, o gengibre aliviou a náusea na maioria dos casos.

Reduz complicações devido a diabetes

Estudos mostram que o gengibre pode reduzir os níveis de proteína na urina e reverter a proteinúria, que é a perda excessiva de proteína por meio da urina, cuja causa mais comum é a diabetes. A raiz também pode proteger os nervos em diabéticos e baixar os níveis de gordura no sangue.

"O gengibre pode ajudar a aumentar a circulação, afinar o sangue e baixar a pressão arterial e o colesterol”, disse Laurie Steelsmith ao site Mother Nature Network, médica licenciada em medicina natural e autora do livro “Natural Choices for Women's Health" ("Escolhas Naturais para a Saúde das Mulheres” - em tradução livre).

Ameniza as dores da artrite

Um estudo controlado por placebo, em dupla ocultação, publicado no periódico Osteoarthritis Cartilage, concluiu que pacientes com artrite dolorosa no joelho que receberam gengibre apresentaram menos dor e perda de movimento do que aqueles que receberam o placebo.

Combate os sintomas de gripe e resfriado

Médicos chineses normalmente prescrevem gengibre para tratar os sintomas de gripes e resfriados. A raiz age como um anti-histamínico e descongestionante, combatendo os sintomas. O gengibre serve também para dores de garganta, veja mais na matéria Aprenda a fazer "remédios caseiros" para aliviar inflamação da garganta.

Uma dose de chá de gengibre

Muitas pessoas tomam o chá do gengibre para emagrecer, por suas propriedades termogênicas, para curar resfriados e até para melhorar a circulação sanguínea. Para fazer o chá, retire a casca de um pedaço de cerca de cinco centímetros e fatie. Ferva os pedaços fatiados junto com cerca de dois copos de água por 10 minutos. Coe e adicione mel e um pouco de limão espremido. Você pode comer as fatias de gengibre depois de beber o chá. Além do gengibre, conheça outros 20 alimentos que também ajudam a emagrecer com saúde.

Chá de gengibre

Além dos benefícios para a saúde, o gengibre junto com maça pode se tornar um ótimo aromatizante natural para a casa, aprenda a fazer esse e outros tipos de aromatizantes naturais na matéria "Faça você mesmo: aromatizadores naturais".

Cápsulas de gengibre ou mesmo sua versão em pó, que também pode ser utilizada como tempero na preparação de alimentos, já são facilmente encontráveis nos mercados comuns. Consulte seu médico caso queira optar pelo consumo da raiz em cápsulas, principalmente se já faz uso constante de outros medicamentos, pois essa é uma versão mais concentrada do que o consumo in natura.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail