Semente de jaca tem proteína e substitui chocolate no cappuccino

eCycle

Além de ser rica em proteínas, quando fermentada e torrada, a semente de jaca libera aroma similar ao do chocolate

semente de jaca
Imagem editada e redimensionada de lilimey, está disponível no Pixabay

A semente de jaca é considerada uma Panc (Planta Alimentícia não convencional), pois é uma parte comestível da jaca que a maioria das pessoas não tem o costume de ingerir. A jaqueira (Artocarpus heterophyllus) é nativa da Índia, mas desde que foi introduzida no Brasil pelos portugueses, se disseminou pelo país. A semente de jaca pode ser fermentada, cozida ou torrada em forno ou assada à brasa e além de ser nutritiva, é saborosa. A farinha da semente de jaca possui alto teor de proteína (12%).

De acordo com um estudo, a farinha torrada da semente de jaca fermentada pode substituir de 50% a 75% do chocolate em pó que costuma formar a mistura com leite e café usada para fazer um cappuccino, sem alterar gosto e aroma.

A farinha torrada de sementes de jaca exala um aroma suave de chocolate, é uma alternativa barata, acessível e sustentável, tendo em vista o consumo crescente de chocolate e a estabilização da oferta nos países produtores. Devido ao aumento da demanda de chocolate, houve aumento na escassez do produto, o que encareceu muito o cacau.

De acordo com a legislação brasileira, produtos achocolatados contêm um mínimo de 25% de cacau em pó na sua composição. Esses produtos não ultrapassam os 30%. Esse valor é encontrado apenas em produtos mais nobres. Acima desse teor de cacau só é encontrado no chocolate amargo e o semi-amargo. Normalmente, o que chamamos de chocolate é, na maior parte, uma mistura de leite, leite em pó, manteiga, açúcares e aromatizantes. Esse cenário torna mais fácil ainda substituir a o cacau pela semente de jaca e ampliar o acesso a um produto semelhante ao chocolate.

Semente de jaca
Semente de jaca fermentada. Imagem: Fernanda Papa Spada/Divulgação

A semente de jaca é um produto barato com alto potencial de uso na indústria. A farinha de sementes de jaca não tem sabor, mas depois de fermentada e torrada, tem aroma de chocolate.

Um estudo complementar ainda demostrou que farinha de semente de jaca pode enriquecer o perfil nutricional de biscoitos sem alteração de sabor.

Assista, a seguir, um vídeo do canal USP sobre a pesquisa realizada com a semente de jaca como substitutiva do cacau em pó: 



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail