Minhocário: para que serve e como funciona

eCycle

Minhocário reduz lixo, emissões de gases do efeito estufa e ainda produz um rico composto orgânico

minhocario

O minhocário caseiro é uma ótima ferramenta doméstica de diminuição do lixo orgânico e de redução dos gases do efeito estufa. As minhocas (seres higiênicos) fragmentam a matéria orgânica permitindo que o ciclo de vida se renove, facilitando a decomposição pelos micro-organismos, os principais formadores de húmus, uma substância essencial para a manutenção da vida na Terra.

Todo esse processo recebe o nome de compostagem, ou vermicompostagem, e você pode compreendê-lo de maneira resumida no vídeo abaixo:

Vantagens do minhocário

A principal vantagem do minhocário é para o meio ambiente. Mais da metade de todo o lixo doméstico produzido é de origem orgânica, ou seja, restos de alimentos.

Parte desses restos de alimentos pode ser compostada, o que evita a emissão de gases de efeito estufa - como o metano - não só pelo próprio processo de transformação do lixo em húmus, mas também porque reduz as emissões da queima de combustível do transporte do lixo até os aterros.

Além disso, o minhocário ajuda a reduzir a demanda por espaços em aterros e lixões, que costuma concorrer com outros usos do solo que trariam mais benefícios para a sociedade, como a construção de parques, hortas, espaços para esportes, entre outros. Algumas pessoas relatam ainda que o contato com o minhocário proporciona benefícios terapêuticos.

O húmus, principal produto do minhocário, é uma substância muito rica em nutrientes para plantas e essencial para a vida na Terra. Você pode entender melhor sua importância na matéria: "Húmus: o que é e quais são suas funções para o solo".

Além do húmus, o minhocário produz um fertilizante líquido também conhecido como chorume, que, dependendo das proporções de diluição em água, pode ser usado tanto como adubo quanto pesticida.

Se o chorume for diluído em dez partes de água, serve como adubo; se for diluído em uma parte de água, serve como pesticida natural e pode ser borrifado nas folhas das plantas.

Como funciona o minhocário?

O minhocário é formado normalmente por uma tampa e três ou mais caixas empilháveis de plástico (a quantidade depende da demanda familiar, assim como a dimensão dos contêineres). As duas caixas superiores funcionam como digestoras, com furos no fundo, que servem exclusivamente para a migração das minhocas e escoamentos dos líquidos. A última caixa de baixo funciona como armazenadora do chorume produzido no processo, e vem com uma pequena torneira para sua retirada.

Mas existem diversos tipos de minhocário, os quais você pode conferir na matéria: "Composteira doméstica: a solução caseira para o lixo orgânico".

No início, é preciso fazer uma pequena camada (cerca de 7 centímetros) de húmus de minhoca na primeira caixa de cima do minhocário, onde serão depositados seus resíduos orgânicos. E as duas caixas inferiores estarão vazias.

Existem determinados alimentos que não podem ser colocados no minhocário. Para saber o que vai e o que não vai no minhocário, dê uma olhada na matéria: "Saiba quais itens não devem entrar em seu minhocário".

A deposição de lixo orgânico no minhocário deve se dar em pequenas quantidades, na primeira caixa (onde está a camada de húmus). E a cada depósito, a matéria orgânica deve ser coberta por matéria seca como folhas ou serragem. Quando a primeira caixa encher, ela deve ser trocada de lugar com a caixa do meio, e permanecer em descanso até que a segunda caixa (desta vez localizada na parte superior) também fique cheia. Normalmente a formação do húmus da caixa de descanso levará cerca de dois meses. Esse é o tempo da caixa de cima encher. Se caso a caixa de cima levar menos tempo que isso para ficar cheia significa que sua família precisa de mais caixas digestoras.

O chorume também deve ser recolhido periodicamente. E nem ele, nem o minhocário devem possui mau cheiro. Se isso ocorrer é um problema de manutenção. Por isso não perca as dicas do Portal eCycle na matéria: "Problemas na compostagem: identifique as causas e conheça soluções".

Para saber mais dicas e muito mais detalhes sobre o funcionamento de um minhocário, dê uma olhada na matéria: "Guia da compostagem: recicle todo resíduo orgânico da sua casa de maneira sustentável".

Quem pode ter um minhocário?

Não é preciso morar em um sítio ou em uma casa enorme para ter um minhocário funcionando em perfeito estado. Até quem mora em apartamento pode adquirir seu minhocário. E não precisa se preocupar com sujeira, pois se mantidos os devidos cuidados, o minhocário é higiênico. Entenda sobre esse tema na matéria: "Entrevista: minhocário caseiro é higiênico".

As minhocas desempenham papel importante no ambiente e você pode criá-las em casa.

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail