Tapioca: benefícios e como fazer receitas fáceis

eCycle

A tapioca é uma receita indígena feita à base de farinha de polvilho doce que apresenta muitas vantagens nutricionais

A tapioca é feita com a fécula da mandioca, que nada mais é do que o polvilho doce. Geralmente encontrada em forma de goma, é possível fazer a massa de tapioca diretamente do polvilho, hidratando-o, ou comprar a tapioca na versão pronta, que pode ir direto para a frigideira. Composta basicamente por carboidratos de alto índice glicêmico, muita gente se pergunta se tapioca engorda. A resposta para essa pergunta varia, já que é possível consumir as mais variadas receitas de tapioca - e em diversos horários.

Benefícios nutricionais da tapioca

Por ser constituída de amido, a tapioca é uma excelente fonte de energia e não contém glúten (rede de proteínas associada ao aumento de peso). Rica em fibras, carboidratos e vitaminas, ela quase não contém gorduras e é livre de aditivos químicos, sendo uma ótima opção para uma alimentação mais saudável.

A tapioca possui uma quantidade significativa de proteínas vegetais, o que faz dela uma grande aliada dos que praticam musculação, vegetarianos e até mesmo de quem quer emagrecer - tudo irá depender de como será consumida.

Além disso, a tapioca é uma grande fonte de ferro, que, junto com o cobre (que ela também contém), aumenta a quantidade de células vermelhas do sangue no corpo, impedindo condições como anemia e outras doenças relacionadas.

Outros benefícios da tapioca conhecidos são a redução da frequência de enxaquecas, o alívio da tensão pré-menstrual e o aumento dos níveis de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar.

Por conter vitamina K e cálcio, a tapioca é muito benéfica para a proteção e desenvolvimento dos ossos. Ela também é uma boa escolha para as grávidas, já que possui quantidades significativas de vitaminas do complexo B e ácido fólico, importantes para a formação do tubo neural do bebê.

Tapioca engorda?

A tapioca possui altos índice e carga glicêmicos. Indice glicêmico é a velocidade com que a glicose entra no organismo, enquanto a carga glicêmica é a quantidade de glicose que o alimento possui. Um alimento que possui altos índice e carga glicêmicos pode levar a problemas de saúde como obesidade e diabetes tipo 2.

A obesidade ocorre porque, com maiores indíce e carga glicêmicos, a quantidade de insulina no corpo aumenta. Esse excesso de insulina no corpo leva ao acúmulo de gorduras, o que favorece o diabetes tipo 2.

Além disso, se o corpo produzir insulina em excesso constantemente, torna-se necessário uma quantidade cada vez maior de hormônio para cumprir sua função. Isso pode gerar uma sobrecarga no pâncreas, que é o responsável por secretar a insulina, o que causa o diabetes tipo 2. Por isso, a tapioca não é orientada para pessoas com diabetes ou pré-diabetes.

Apesar de possuir contraindicações, a tapioca é uma ótima substituta para o pão francês, já que oferece quase a metade das calorias nele contidas e não contém glúten, gorduras e açúcar. Ela também auxilia no crescimento muscular - por ser uma fonte rápida de energia, é uma boa opção de lanches pré e pós-treinos.

Vale ressaltar que quando consumida no final do dia, a energia fornecida pela tapioca pode se acumular em seu corpo, especialmente se você é sedentário. Se quiser usar a tapioca como aliada na dieta, evite o alimento na parte da tarde e da noite. Para o café da manhã ela está mais do que liberada, uma vez que irá fornecer uma ótima dose de energia para você começar bem seu dia.

Como fazer tapioca

Receitas de tapioca fáceis e nutritivas

Além de todos os benefícios citados, a tapioca também é muito versátil e pode ser incluída em receitas doces ou salgadas, seja na forma tradicional (como uma panqueca recheada) ou sendo utilizada em outras receitas, incluindo suas versões em pó, flocos secos ou ralada. Confira algumas receitas com tapioca:

Crepioca

Ingredientes

  • 1 frigideira antiaderente;
  • 2 colheres de sopa de goma de tapioca peneirada;
  • 1 ovo.

Modo de preparo

Bata bem o ovo com a clara e misture-os com duas colheres da goma de tapioca. Acenda o fogo baixo e despeje a mistura na frigideira já aquecida. Deixe alguns segundos e vire-a para dourar do outro lado. Em seguida, é só recheá-la com ingredientes de sua escolha. Sugestões de acompanhamento: brócolis, atum, queijos brancos, peito de peru, frango desfiado.

Tapioca com chia

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de goma de mandioca hidratada;
  • 1 colher de sopa de sementes de chia.

Modo de preparo

Coloque a tapioca junto com a chia em uma frigideira, misture os ingredientes e depois espalhe a mistura pela frigideira aquecida. Se preferir a massa mais fina, peneire a goma de mandioca antes de colocá-la na frigideira. Com uma espátula, vire a massa até que os dois lados fiquem sequinhos. Prepare o recheio e coloque-o sobre a tapioca. Dobre a massa como se fosse um pastel e está pronta.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×