Dicas para adoção de animais

eCycle

Eles são ótimos companheiros e precisam de cuidados. Conheça dicas de como adotar um animal

adoção

A adoção de animais não é só para quem quer chegar em casa e ser recebido com amor, carinho e felicidade por um bichinho fofinho. Ela exige responsabilidade e empatia por quem proporciona essa recepção calorosa depois de um longo dia de trabalho, estresse e preocupações, os animais de estimação - mas que também exigem cuidados nas horas difíceis como em casos de doenças.

Vistos como um objeto, muitos animais são abandonados e maltratados por diversos “motivos”, como falta de tempo, dinheiro, algum momento de mau comportamento ou até mesmo por terem crescido e não serem mais “fofos”. No Brasil, essa situação se aplica a mais de 20 milhões de cães abandonados, sem contar os diversos outros animais que acabam tendo o mesmo destino. No entanto, graças a pessoas apaixonadas por animais e dispostas a tudo para salvá-los dessa realidade, os bichinhos têm a chance de uma nova vida, e em família.

Se você for uma dessas pessoas apaixonadas por animais (ou que quer se apaixonar por eles), aqui vão algumas dicas simples que podem te ajudar:

Instituições

ONGs e grupos protetores de animais fazem campanhas, feiras e utilizam o alcance das redes sociais para que interessados na adoção possam encontrar um novo e peludinho membro da família. Postando fotos e contando suas histórias, esses grupos levam às pessoas a realidade dos animais, fazendo com que reflitam e se apaixonem pelos bichinhos e pela causa. Caso você ame animais mas, no momento, não possa ter o seu próprio, confira a matéria "Como ajudar abrigos de animais sem gastar dinheiro?".

Reflexões antes de adotar

  • Não compre, adote. Pesquisas já demonstram que esse preconceito com vira-latas, ou sem raça definida (SRE), já diminuiu bastante ao longo do tempo. Por que pagar preços exorbitantes por um animal, se existem diversos pelas ruas e abrigos, apenas esperando por um lar? Sem contar que a "indústria" de animais domésticos, principalmente a de cachorros, costuma ser cruel. Além disso, ao adotar, você contribui para a diminuição da superpopulação e dos maus-tratos.
  • Pense bem antes de tomar essa decisão! Um animal de estimação é como um filho, ele implica em responsabilidades, gastos, predisposição e vontade. Adoção ou compra precipitadas acabam resultando em abandono. Pesquise antes sobre o animal que você pretende adotar, sabendo um pouco sobre seus hábitos e tempo de vida.
  • Caso você já tenha algum animal ou crianças pequenas em casa, pense na adaptação deles com relação ao novo bichinho.
  • Verifique se todos na sua casa estão de acordo com a adoção.
  • Se você quiser ajudar e tem condições financeiras, psicológicas e disponibilidade de tempo, procure fazer a adoção de animais com problemas físicos, de saúde ou idosos, que costumam ser o mais preteridos em feiras de adoção.

Se você passou por todas as etapas, está pronto para começar a procura pelo animalzinho (há uma lista de organizações no fim da matéria), mas antes é preciso dar uma olhada no processo de adoção.

Processo

Seja através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de sua cidade ou de uma ONG, o adotante precisa apresentar: cópia de RG, CPF e comprovante de residência - em alguns é necessário passar por entrevista, para ter certeza de que o animal está indo para um bom lar. O adotante também deve preencher e assinar (por um maior de 18 ou 21 anos, dependendo da exigência) um termo de posse responsável, assumindo a responsabilidade pelo bem-estar do animal e concordando que, no caso de não adaptação, tanto do bichinho quanto do humano, devolverá o animal para a instituição.

Em geral, os animais já são vacinados, vermifugados e castrados (ponto importante, não apenas para sua saúde, mas também para o controle da superpopulação). Em alguns lugares, como no CCZ, o animal pode vir com um chip de identificação para o caso de fuga ou abandono.

Gato

Filhotes?

Protetores desaconselham a adoção de animais filhotes, pois ainda estão em desenvolvimento e não é possível determinar suas características, enquanto cães adultos já têm suas personalidades desenvolvidas e, assim, têm adaptação e educação facilitadas. É importante também que você escolha um animal com energia compatível com a sua, do contrário é preciso dar condições para que ele gaste toda essa energia. Jamais prenda seu animal na coleira a não ser para passear ou levá-lo ao hospital veterinário. Não naturalize essa atitude cruel. Isso só contribui para deixá-lo estressado. Se você não tem lugar o suficiente em casa para garantir a liberdade do animal, não adote.

Em alguns sites, você pode procurar seu animal com o uso de filtros, como tamanho, sexo, idade, região, cidade, e até algumas das suas características. Abaixo, seguem alguns desses sites de abrangência múltipla - em sua maioria, encontram-se cachorros e gatos, mas algumas dessas ONGs resgatam e doam outros animais, como coelhos, equinos, etc.:

Além desses sites, confira uma lista de ONGs de adoção animal

Acre

Rio Branco

Bahia

Salvador

Jequié

Ceará

Fortaleza

Distrito Federal

Espírito Santo

Goiás

Goiânia

Mato Grosso

Sinop

Cuiabá e Várzea Grande

Rondonópolis

Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Minas Gerais

Varginha

Contagem

Juiz de Fora

Pará

Paraná

(É proibido criar animais para venda em Curitiba)

Curitiba

Cascavel

São Jose dos Pinhais

Maringá

Ponta Grossa

Londrina

Pernambuco

Jaboatão dos Guararapes

Camaragibe

Recife

Piauí

Teresina

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Guapimirim

Petrópolis

Rio Grande do Sul

Porto Alegre

Viamão

Imbé

Caxias do Sul

Taquara

Cachoeirinha

Pelotas

Passo Fundo

Santa Catarina

Joinville

Lages

Florianópolis

Blumenau

Criciúma

Palhoça

Balneário Camboriú

São Paulo

São Paulo

Ribeirão Preto

Cotia

Mairiporã

Bragança Paulista

Osasco

Campinas

Mogi das Cruzes

Alphaville

Peruíbe

Batatais

Itapecerica da Serra

Jundiaí

São José dos Campos

E você também pode conferir informações sobre feiras de adoção por todo o país no Felicidade Animal.

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail