Como acabar com o mau hálito naturalmente

eCycle

Escovar bem os dentes e usar fio dental são as dicas básicas para acabar com o mau hálito

Mau hálito - alho é vilão

Como acabar com o mau hálito? Essa é uma pergunta que certamente muita gente faz, principalmente depois de comer aquele alho cru. O mau hálito pode acabar com aquela conversa boa e por fim a uma paquera ou negócio. O pior é que o mau hálito pode acontecer com qualquer pessoa por conta da falta de higiene bucal ou problemas estomacais. É necessário o esforço de escovar bem os dentes e usar fio dental regularmente para que não passemos por alguns tipos de constrangimento.

Existem alguns “vilões” do mau hálito, como o alho, que é absorvido pela pele, entra na corrente sanguínea e é secretado pelos pulmões (causando a presença do mau cheiro na boca).

Partículas de comida que se alojam entre os dentes e a placa bacteriana que se forma na linha da gengiva são alguns fatores que podem causar mau hálito. Doenças como infecções pulmonares, insuficiência renal crônica e refluxo dos ácidos estomacais também produzem odores. Por fim, o ato de fumar, além de fazer mal à saúde, resseca a boca e contribui para a doença periodontal e a intolerância ao leite.

Para combater o mau hálito e se livrar desses vilões, existem maneiras de refrescar o hálito, mas sem o uso de nenhum químico nocivo para isso. Confira algumas dicas de como acabar com o mau hálito:

  • Escovar os dentes depois de toda refeição. E certifique-se de que sua escova está em bom estado, porque, caso contrário, ela não vai alcançar as áreas mais difíceis da boca. Se, por acaso, a sua escova não está em bom estado, existem maneiras de reutilizá-la (veja mais aqui);
  • Spray de própolis: em sua grande maioria, ele é composto de ingredientes como mel e extrato de própolis e tem diferentes sabores, como gengibre, menta, malva, romã, guaco, hortelã - todos naturais e eficientes para aliviar mau hálito e dor de garganta;
  • Raspador de língua: pode ser de plástico ou de metal. Ele desliza sobre a língua para remover as células e bactérias mortas;
  • Fio dental: remove a placa bacteriana e alimentos que passam despercebidos na hora da escovação e que ficaram presos entre os dentes. Uma dica é manter o fio dental sempre com você. Como ele é pequeno, é possível carregá-lo no bolso para onde for;
  • Água: beba bastante água e evite café, refrigerantes e bebida alcoólica. A água remove resíduos alimentares e evita formação de placa bacteriana na língua;
  • Feno-grego (fenacho): uma planta usada como erva medicinal e tempero em sua forma de semente. Coloque uma colher de sopa de sementes de feno-grego em quatro xícaras de água fria. Ferva e deixe por 15 minutos em fogo baixo, em seguida, coe e beba como chá;
  • Goiaba: a fruta que não está madura ajuda a combater o mau hálito porque contem ácidos tânicos
  • Alfafa: patilhas de alfafa ajudam a combater o mau hálito;
  • Anis (erva-doce): a semente dessa planta pode auxiliar na redução das bactérias presentes na boca;
  • Clorofila: na forma líquida ou em pastilhas, a clorofila tem um efeito desodorizante contra o mau hálito;
  • Chá de cravo: é um poderoso antisséptico. Basta separar três cravos inteiros ou ¼ de colher de chá de cravo moído em duas xícaras de água quente e deixe em infusão por 20 minutos, mexendo ocasionalmente. Depois, despeje em uma peneira fina e use como bochecho ou gargarejo duas vezes ao dia;
  • Limão: a junção de limão e sal, se você aguentar ingerir, vai ajudar a retirar o hálito de alho e/ou cebola. Leia mais na matéria: "Benefícios do limão: da saúde à limpeza";
  • Goma natural: feita de óleos essenciais de hortelã, ela acaba com os odores causados pelas bactérias - e a ação de mastigar estimula a produção de saliva, que ajuda a limpar o hálito;
  • Sálvia: contém óleos essenciais com propriedades antibacterianas, que ajudam a neutralizar uma das causas do mau hálito. Procure mastigar as folhas cruas para obter esse benefício. Saiba mais: "Sálvia: para que serve, tipos e benefícios".
  • Spirulina: é uma ótima fonte de clorofila e pode ser adquirida em forma de cápsula ou solta. A sugestão é de que se comece com 500 mg três vezes ao dia. Mas, antes, consulte um médico;
  • Óleo de Tea Tree (melaleuca): derivado das folhas de uma planta nativa australiana, a Melaleuca alternifólia. A melaleuca contém compostos antissépticos que a tornam uma poderosa desinfetante. Tente usar um creme dental contendo óleo de melaleuca, ou colocar algumas gotas desse óleo em sua escova de dente ou com o seu creme dental regular. Ela tem um forte sabor aromático. Entenda: "Óleo essencial de melaleuca: para que serve?"

Essas são apenas algumas dicas. Mas podem haver outras causas para o mau hálito. Consulte uma médica ou médico para ter um diagnóstico preciso.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail