Seis itens naturais que combatem dor de cabeça e enxaqueca

Evite remédios e cure sua dor de cabeça com opções naturais

mulher deitada massageando suas têmporas aparentando dor ou desconforto

Quem sofre de enxaquecas e dores de cabeça sabe o quanto esses persistentes incômodos podem atrapalhar as tarefas do dia a dia; a única solução, muitas vezes, é tomar um remedinho. Porém, segundo pesquisa da Universidade de Edimburgo, na Escócia, o uso de drogas com paracetamol durante longo períodos, mesmo que apenas uma vez por dia, pode causar danos no fígado e no cérebro, e outras pesquisas indicam que mulheres gestantes devem limitar o consumo de paracetamol devido a possíveis efeitos que podem ser causados posteriormente em seus filhos.

O remédio é eficaz no combate às dores, no entanto, às vezes algumas mudanças na rotina podem tornar essas pílulas desnecessárias. Confira abaixo alguns itens que podem servir como remédio caseiro para dor de cabeça e enxaqueca.

Mas é bom lembrar que é sempre recomendada uma conversa com seu médico antes de qualquer mudança que possa impactar sua saúde ou, caso outros sintomas apareçam.

Alimentos ricos em magnésio

Espinafre, amêndoas, acelga e chocolate amargo são ricos em magnésio. Pesquisas apontam que a deficiência de magnésio pode contribuir para alguns casos de enxaqueca, por ser essencial nos processos intracelulares. Se você toma muito café ou ingere muito açúcar, seu corpo pode precisar mais de magnésio do que o normal (se quiser saber sobre mais alimentos que auxiliam a aumentar a ingestão de magnésio, clique aqui e aqui).

Água

A ingestão do líquido vital é sempre aconselhada e faz muito bem para a saúde. A ausência também pode trazer diferentes malefícios ao corpo, como dores de cabeça e dor nas articulações (a água serve como lubrificante para elas). Caso esteja com dor de cabeça, faça um teste: beba um copo de água e espere vinte minutos. Se a dor passar, era desidratação. Se você se esquece de tomar água durante o dia, existem aplicativos que ajudam o usuário a se hidratar, mas se aplicativos não são sua praia, que tal um copo inteligente que te ajuda a se hidratar corretamente?

Pimentas

Elas possuem um ingrediente ativo chamado capsicina, responsável pelo ardor da pimenta e por outros benefícios à saúde, como a melhora da circulação sanguínea e até o emagrecimento (veja mais aqui aqui e aqui, respectivamente). Não possui apenas esses benefícios, mas também auxilia no alívio da dor. Quando aplicada localmente, pode entorpecer os nervos, provendo alívio para dor, especialmente para aqueles com artrite. Quando ingerida regularmente, serve não apenas para o alívio de dor, mas também atua como um agente anti-inflamatório e mantém os níveis de açúcar estáveis.

Gengibre

Rico em potássio e magnésio (lembra do magnésio de alguns itens atrás?), o gengibre também auxilia no estímulo da circulação sanguínea, facilitando o fluxo de sangue para o cérebro e aliviando a enxaqueca. Sua ingestão frequente ajuda a prevenir sintomas de enxaqueca a longo prazo. Ingerir em grandes quantidades não é recomendável para gestantes.

Pode ser consumido regularmente em diversas formas: ralado, em pó, chá e até em bala. Caso nenhuma das opções pareçam apetitosas para você, tente combiná-lo com outros chás e sucos.

Fazer seu próprio chá de gengibre em casa é muito fácil. Para 500 ml de água, rale 25 g de gengibre fresco. Ferva a bebida por 15 minutos, coe e deixe esfriar antes de beber.

Óleo essencial de hortelã-pimenta

Para dores de cabeça, óleo essencial de hortelã-pimenta pode fazer maravilhas. Muitas dores de cabeça são causadas por tensão e o óleo de hortelã se mostrou efetivo na indução de relaxamento muscular, agindo na dor localizada.

Açafrão-da-terra

Outro agente anti-inflamatório poderoso, o açafrão-da-terra (ou cúrcuma) pode ajudar a prevenir a dor da inflamação antes mesmo de começar. No geral, o açafrão-da-terra é um antioxidante poderoso e um anti-inflamatório que pode trazer benefícios contra o câncer. Também está presente no curry, portanto, invista em deliciosas receitas indianas com criatividade.

Lembrando que o paracetamol costuma fazer mal em grandes quantidades ou se ingerido por longos períodos. Consulte sempre seu médico!


Fonte: Care2



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail