Dez alternativas naturais que auxiliam no tratamento de diabetes

O controle da diabetes aumenta a qualidade de vidaConheça alguns vegetais e substâncias naturais capazes de agir como tratamento alternativa para reduzir o nível glicêmico do sangue e no aumento da sensibilidade de insulina

diabetes

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de diabéticos vem crescendo e, atualmente, quase 250 milhões de pessoas têm diabetes no mundo. A doença já é considerada uma epidemia e cada ano cerca de sete milhões de pessoas entram nessa lista. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) estima que 12 milhões de pessoas têm a doença, mas cerca de metade delas não sabe disso.

A doença é classificada em dois tipos: diabetes tipo 1 e tipo 2. Na diabetes tipo 1, o pâncreas para de produzir insulina subitamente. Já a diabetes tipo 2 afeta a capacidade do organismo de converter o açúcar presente no sangue em energia, ou seja, o corpo não responde e nem produz a insulina como deveria.

O tipo 1 é autoimune e não há prevenção, já a diabetes tipo 2 poderia ser evitada na maioria dos casos com a prática regular de atividade física e uma alimentação saudável. Segundo a diretora da Associação Diabetes Brasil, cerca de 90% dos pacientes possui diabetes tipo 2. Esse dado é alarmante e nos faz repensar nosso poder sobre a nossa própria saúde e no controle de doenças por meio da alimentação.

Adquirir uma vida saudável é fundamental para todos, mas principalmente para quem descobre que tem diabetes, mesmo que a pessoa não apresente os sintomas. Desse modo, você evita que o quadro se agrave e afasta as temidas complicações, como cegueira, falência renal, problemas circulatórios e infarto.

Segundo balanço do Ministério da Saúde, diabetes mata quatro vezes mais do que a Aids no Brasil. Entender como ela funciona e como causa alterações no organismo é fundamental para evitar as complicações. Por isso, selecionamos receitas e alimentos que podem te auxiliar na prevenção e no controle da diabetes. Lembrando que sempre é necessário consultar um médico e informar sobre possíveis alterações em sua dieta e determinar estratégias adequadas ao seu caso em seu tratamento.

O principal objetivo no controle da diabetes é baixar os níveis de glicose no sangue. Medidas que podem te auxiliar a conseguir isso são: adquirir uma alimentação saudável, praticar atividades físicas regularmente e tomar medicamentos. Um estilo de vida saudável não significa cura, mas pode te oferecer uma qualidade de vida com a redução dos sintomas. O primeiro passo é a restrição calórica e a abstenção do consumo de açúcares simples. Para conhecer alternativas naturais para adoçar suas refeições, clique aqui.

Existem diversas substâncias na natureza que vêm sendo estudadas por sua atuação na prevenção ou redução de sintomas da diabetes. Confira aqui uma lista de dez elementos naturais que podem te auxiliar no tratamento alternativo para diabetes:

1. Ácido alfalipoico

Ele está presente em alimentos como espinafre, brócolis, ervilha, fígado, batatas, levedura de cerveja, couve-de-bruxelas e farelo de arroz. Diversos estudos relacionam a substância a uma melhora do metabolismo da glicose e ao aumento da sensibilidade à insulina. Além disso, estudos apontam que ele pode contribuir para a redução de lesões causadas por neuropatia periférica resultante da diabetes. Suplementos em cápsula de ácido alfalipoico ajudam a reduzir os níveis de açúcar no sangue. Eles estão disponíveis em lojas de alimentos naturais e em algumas farmácias. Lembrando que é bom consultar seu médico sobre a possibilidade de tomar o suplemento.

2. Gymnema (Gymnema sylvestre)

A planta é utilizada no tratamento da diabetes na medicina Ayurveda há mais de dois mil anos. O vegetal é natural das florestas tropicais da Índia e da África e tem sido muito estudado por suas propriedades de reduzir os níveis sanguíneos da glicose por diminuir sua absorção intestinal. Outros efeitos secundários que também têm sido relacionados à ingestão da planta são relacionados às reduções de peso e de colesterol.

3. Crômio

O cromo ou crômio pode ser encontrado em alimentos, como na levedura de cerveja, em ostras, fígado, queijo, bananas, oleaginosas e batatas, na forma de crómio trivalente (Cr3+). A deficiência desse mineral está associada a alterações relacionadas com a diabetes, como resistência à insulina, diminuição de seus receptores, intolerância à glicose e incapacidade de a utilizar como fonte de energia. A suplementação de cromo aumenta a sensibilidade à insulina.

4. Canela

A canela, além de saborosa, pode ser uma aliada no tratamento da diabetes. O uso regular da especiaria auxilia na regulação dos níveis de açúcar no sangue e do colesterol.

5. Betaglucana

Ela é encontrada em cereais, como a aveia, em cogumelos, leveduras e cevada. Fibras são muito importantes para a manutenção da saúde (saiba mais sobre os benefícios das fibras aqui). As betaglucanas são fibras altamente viscosas e sua ingestão está relacionada à atenuação da resposta glicêmica e insulínica. Por isso, têm sido estudadas como eficientes na redução dos níveis de colesterol e dos níveis sanguíneos de glicose. A ingestão da fibra é recomendada para modular a glicemia e a necessidade de insulina no tratamento da diabetes.

6. Mirtilo

O consumo de frutas está relacionado à redução da possibilidade de desenvolvimento de diversas doenças. O mirtilo ou blueberry está relacionado à prevenção da diabetes. Além disso, é útil no tratamento por apresentar propriedades que diminuem a resistência à insulina.

7. Ginseng

Você já deve ter ouvido sobre os benefícios do Ginseng e sua utilização na medicina chinesa. Mas, entre outros benefícios, o ginseng da família Araliaceae vem sido pesquisado por suas potencialidades hipoglicemiantes, ou seja, ele atua diretamente na redução da concentração de glicose no sangue.

8. Momordica charantia

Conhecido como melão amargo ou melão-de-são-caetano, o vegetal está relacionado com a tolerância a glicose em pacientes diabéticos. Uma pesquisa, publicada no Journal of Ethnopharmacology, aponta que 73% dos pacientes analisados apresentaram uma tolerância à glicose superior após o tratamento com a planta. Extratos da planta ou chás podem ser utilizados no tratamento.

9. Feno-grego

Feno-grego é uma erva que tem sido utilizada na medicina oriental no tratamento de diversas doenças há milhares de anos. Uma de suas potencialidades é no tratamento da diabetes. Pesquisas demonstram que ela melhora a tolerância à glicose e reduz os níveis de açúcar no sangue devido à sua atividade hipoglicemiante. Você pode encontrar suplementos de feno-grego, em pó e em cápsulas, em lojas de produtos naturais.

10. Rabanete

O delicioso vegetal de sabor picante combina muito em saladas e traz diversos benefícios para a saúde,como o auxilio na perda de peso. Seu uso não é tão popular, porém pesquisas apontam que ele é um vegetal que, se adicionado à dieta, pode trazer benefícios no tratamento da diabetes. O rabanete auxilia na redução dos níveis glicêmicos do sangue.

Na medicina tradicional diversos outros vegetais são utilizados no tratamento da diabetes como alfafa, aloe vera, cevada, bardana, óleo de prímula, óleo de linhaça, óleos de peixe, extrato de semente de castanha, alecrim, spirulina, etc. Contudo, lembramos da necessidade de sempre monitorar seus níveis de açúcar no sangue e de consultar seu médico sobre a utilização de suplementos. A ingestão desses vegetais precisa estar acompanhada de uma alimentação saudável, com alta ingestão de fibras e da prática de exercícios físicos. Manter-se hidratado e relaxado também é muito importante. O estresse e a depressão podem causar uma elevação dos níveis de açúcar no sangue. A diabetes é uma condição que te obriga a levar uma vida mais sudável, e com o acompanhamento correto e as readequações na rotina, você pode fruir de uma vida com qualidade.


Fonte: Health News


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail