Conheça o óleo de jojoba e suas aplicações cosméticas

Composto basicamente por ceramidas, evita a perda de água na pele e auxilia no crescimento dos cabelos. Entenda como

O óleo de jojoba auxilia na hidratação da pele e cabelo, além de trazer diversos benefícios à saùde

A jojoba é uma planta parecida com um arbusto; é nativa da América do Norte, nos desertos de Mojave e Sonora, no Arizona, Califórnia e México. O fruto dado pela jojoba é parecido com um feijão, esverdeado e oval e que, quando retirada a casca, apresenta sementes em seu interior.

A partir do grão da jojoba é possível se extrair o óleo. Desde o crescimento dos arbustos da planta nos desertos dos Estados Unidos, a produção do óleo do grão de jojoba era apenas um interesse das tribos nativo americanas, sendo usado para tratar ferimentos e problemas na pele, mas devido aos seus diversos benefícios seu uso tornou-se muito amplo, principalmente na indústria cosmética.

Os grãos são colhidos manualmente. As cascas são retiradas e as sementes são prensadas a frio para a extração do óleo vegetal, que também é conhecido como uma cera líquida. A prensagem a frio não interfere na composição do óleo, mantendo assim seus nutrientes. O óleo de jojoba é composto por vitaminas A, B1, B2 e E, ácido mirístico, mas sua composição é quase que exclusivamente dada pela ceramida, presente em 96% do óleo.

A ceramida é um lipídio composto por um álcool insaturado e uma longa cadeia de ácidos graxos ligados a uma amida. A ceramida é um importante composto do estrato córneo da epiderme, que é responsável pela barreira de permeabilidade da pele, evitando a penetração de agentes danosos do meio ambiente e a perda transepidermal de água, mantendo a pele hidratada.  Ela proporciona um potente aumento da capacidade de retenção hídrica da pele, contribuindo para a hidratação e suavidade (para entender melhor o mecanismo de hidratação da pele clique aqui).

Além das propriedades emolientes e umectantes da ceramida, a vitamina E presente no óleo confere efeito antioxidante e o ácido mirístico proporciona ação anti-inflamatória e protege de irritações. Devido a essas diversas propriedades, o óleo de jojoba serve para muitas finalidades.

Aplicações

Sua versatilidade está refletida na produção de diversos produtos desde velas, lubrificantes, pneus e sabões até seu uso em cosméticos, principalmente relacionado no controle de produção de sebo da pele.

O sebo é uma secreção oleosa produzida pelas glândulas sebáceas, principalmente no rosto, costas e couro cabeludo, a fim de manter a umidade da pele, já que forma uma camada impermeável evitando a perda de água. Porém sua produção em excesso pode obstruir os poros causando acnes e deixando-a oleosa e, se for produzido em pouca quantidade, a pele ficará seca. Dessa forma, controlar a produção de sebo pode ajudar a prevenir o surgimento de acnes, pois a pele fica menos oleosa e auxilia no controle da umidade, mantendo-a hidratada.

O óleo de jojoba por ser composto de ésteres de cera, é muito semelhante ao sebo produzido pela pele humana, sendo facilmente absorvido e dificilmente provocará algum tipo de alergia.  Ele tem a capacidade de regular a produção de sebo, equilibrando para que não haja um excesso ou pouca produção. Por está razão, o óleo é muito aplicado nos cosméticos para tratar espinhas, controlar a oleosidade e também para hidratar peles secas.

No couro cabeludo, resíduos de condicionador, cremes e outros produtos podem se acumular, e quando a limpeza não é feita adequadamente, as películas ficam juntas umas às outras na superfície, dificultando a troca de células e o sebo fica encravado, provocando o endurecimento dos folículos.

O fato é que o sebo encravado no couro cabeludo impede o crescimento dos fios. Relatos afirmam que o óleo de jojoba ajuda no crescimento dos cabelos, mas o que realmente acontece é que o óleo dissolve esses sebos desobstruindo e oxigenando o couro e, assim, poderá produzir novas células que farão com que o cabelo cresça.

A produção de sebo diminui conforme a idade, causando ressecamento e o aparecimento de rugas. O óleo de jojoba repõe a umidade perdida e reduz a aparência das rugas retardando o envelhecimento e proporcionando elasticidade e firmeza à pele.

Além disso, o óleo é lubrificante, umectante e emoliente que amacia e nutre os cabelos quebradiços e é ótimo no tratamento de caspas. Como umectante, pode ser usado antes da lavagem dos cabelos, puro ou misturado com cremes de hidratação, é bom contra caspas - para dissolução dos sebos, deve ser aplicado somente na sua forma pura, diretamente no couro cabeludo, massageando-o, também pode ser usado como finalizador. Com apenas duas gotas de óleo aplicadas nas pontas dos cabelos, as pontas espigadas e o frizz são amenizados.

Outras aplicações importantes do óleo de jojoba são o fato de apresentar propriedades antibacteriana e anti-inflamatória devido à presença do ácido mirístico, que é uma boa escolha para quem sofre de doenças na pele, como psoríase, eczema e irritação. O óleo de jojoba também é muito bom para fazer sabão, pois o ácido mirístico tem ótima detergência, poder espumante, protege dos efeitos irritantes dos sabões e detergentes e proporciona um toque aveludado.

Estudos mostram também que o óleo de jojoba acelera a regeneração cutânea em ferimentos, marcas de cicatriz e queimaduras e também em peles irritadas causadas por lâminas de barbear. Vale ressaltar que, para todos os usos citados, deve ser aplicado o óleo 100% natural e livre de qualquer substância química que possa ser nociva a saúde, como por exemplo os parabenos. Você pode encontrar o óleo de jojoba puro e outros na Loja eCycle.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail