Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Conheça os benefícios da sucupira para a saúde e descubra como consumir

A sucupira é uma classe de árvores nativas do Brasil, do gênero Pterodon, que são utilizadas como plantas medicinais. As mais populares são as espécies Pterodon pubescens, mais conhecida como sucupirabranca, e Pterodon emarginatus. Os frutos do Pterodonte são utilizados para tratar diversas condições de saúde, graças às suas propriedades antirreumáticas, anti-inflamatórias, tônicas, analgésicas e depurativas. As suas expansões são popularmente conhecidas como “batatas-de-sucupira” e também são usadas na medicina. Contudo, por conta de seus diversos usos, a árvore está na lista de plantas ameaçadas do estado de São Paulo.

No Brasil, a sucupira é encontrada em feiras populares e em lojas de produtos naturais. Na medicina popular, a casca da árvore é usada para auxiliar no tratamento de dor de garganta, distúrbios respiratórios, inflamação no organismo, reumatismo e outros problemas. Além da medicina, sua casca também é usada na construção civil por ser uma madeira resistente.

Uma das partes mais utilizadas da planta são as sementes, com as quais podem ser feitos diversos produtos, como extratos, chás, suplementos em forma de cápsulas, óleo de sucupira e a tintura de sucupira. Infusões feitas com os frutos também podem ser aplicadas externamente contra acne e manchas na pele.

Benefícios da sucupira

Por ter efeito anti-inflamatório, analgésico, cicatrizante, antimicrobiana e antioxidante, a sucupira tem sido amplamente utilizada na medicina popular para tratar a inflamação muscular, a artrite, a gota e outras doenças que acometem os músculos.

Embora faltem mais pesquisas para confirmar os efeitos benéficos da planta para a saúde, alguns estudos apontam evidências iniciais de que o consumo de sucupira pode ajudar nas seguintes condições de saúde:

Inflamação das articulações

Graças às suas propriedades terapêuticas, a semente de sucupira parece ser eficaz no combate a problemas nos músculos e ossos. Por isso, é muito utilizada como aliada no tratamento de artrite reumatoide, reumatismo e artrose. Rica em antioxidantes flavonoides, ela também pode aumentar a imunidade e aliviar as dores nas articulações.

Dor de garganta e amigdalite

O chá de sucupira também tem se mostrado eficiente na redução do inchaço e da inflamação que causam amigdalite e dor de garganta.

Câncer

Alguns estudos em laboratório revelaram que compostos presentes na planta podem ter promissora ação anticâncer, antitumoral e antioxidante. No entanto, mais estudos são necessários para confirmar as evidências iniciais.

Níveis de açúcar no sangue

Existem poucos relatos sobre o efeito hipoglicêmico de extratos de espécies de Pterodon. A atividade hipoglicêmica do chá fabricado a partir das folhas e frutos da sucupira foi descrita em um estudo sobre o uso tradicional de plantas em comunidades do Alto Paraguai e Vale do Guaporé, no Mato Grosso. Em outro estudo, alterações marcadas nos níveis de glicose no sangue (diminuição de 18,36%) foram observadas após a administração diária de sucupira por 21 dias.

Úlcera e dor de estômago

A semente de sucupira também é utilizada para para tratar doenças relacionadas ao aparelho gastrointestinal, combatendo combater úlceras gástricas e aliviando a dor e o desconforto no estômago.

Como fazer o chá de sucupira

Para preparar o chá, quebre 4 sementes de sucupira e ferva-as com um litro de água durante 10 minutos. Em seguida, coe e beba ao longo do dia. O chá pode ser conservado na geladeira por 24 horas.

Recomenda-se o uso de um recipiente exclusivo para o preparo do chá, porque o óleo liberado pode se fixar nas paredes da panela e, muitas vezes, é difícil de ser retirado por completo.

Contraindicações e possíveis efeitos adversos

Mulheres grávidas, lactantes e crianças não devem consumir nenhum produto da sucupira, bem como pessoas com problemas no fígado ou nos rins.

A sucupira, se ingerida em grandes quantidades, pode ser tóxica. Na dúvida, procure orientação médica.

Sucupira
Imagem editada e redimensionada de Nando1462, está disponível no Wikimedia e licenciada sob CC by 4.0