Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Iniciativa Amazônia Explicada reúne vídeos e atividades pedagógicas, para apoiar professores no desafio de naturalizar a educação ambiental como parte de uma formação cidadã

Por Rosana Villar em Greenpeace O meio ambiente está à nossa volta e se relaciona com tudo em nossas vidas. Entretanto, a educação ambiental ainda é vista como acessório, e não como parte fundamental da formação da cidadania. Foi pensando nisso que o Greenpeace criou a iniciativa Amazônia Explicada, que reúne materiais e atividades sobre a Amazônia, para ajudar professores a explorar a relação da floresta com nosso dia a dia. 

Para iniciar o ano letivo de 2022, o Greenpeace lança um conjunto com 25 atividades pedagógicas, disponíveis para download neste link, baseadas na série de vídeos lançada em 2021. Os materiais propõem abordagens criativas sobre a Amazônia para a sala de aula, considerando as competências gerais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a partir de conceitos básicos de disciplinas escolares, como a biologia, geografia, história e matemática. Assim, cada professor pode escolher a melhor forma de utiliza-las, seja presencialmente ou no ambiente online.

A iniciativa faz parte do Projeto Escola, que já levou educação ambiental para 55 mil pessoas em escolas de todo o Brasil, em sete anos de atuação. Por meio do Projeto, voluntários do Greenpeace se dedicam a ir às instituições de ensino para realizar intervenções educativas, entre elas palestras – que agora também acontecem online -, além de atividades práticas, brincadeiras e exibição de filmes com bate-papos sobre ativismo e meio ambiente. O conteúdo dos encontros é adaptado para alunos de diferentes faixas etárias e objetivos.

Agora, além de contar com a iniciativa dos voluntários, o Projeto Escola terá também uma frente de apoio aos educadores, com a produção e disponibilização de material exclusivo para uso na sala de aula, como vídeos, atividades e podcasts. 

“O Projeto Escola é uma iniciativa muito potente, pois, através da ação dos voluntários, o Greenpeace se aproxima da realidade de estudantes de diversas partes do país, dialoga com a comunidade escolar e contribui com a ampliação e desmistificação do acesso à pauta ambiental”, afirma Rafael Ferraz, coordenador da área de Mobilização de Comunidades do Greenpeace. 

Série de vídeos Amazônia Explicada

O que a Amazônia tem a ver com a comida do meu prato? Quem morava no Brasil antes de existir o “Brasil”? Por que cortar árvores piora as mudanças climáticas? Como vigiamos a maior floresta tropical do mundo? Ligamos os pontos da história – e da biologia, meteorologia, geografia e até da matemática – para explicar a Amazônia de hoje. 

A série conta com entrevistas de especialistas renomados, como os cientistas Carlos Nobre e Erika Berenguer, os historiadores Eduardo Bueno e Davi Avelino, a cientista social Daiara Tukano, entre outros. Compreender o passado e a ciência por trás dos fenômenos da natureza é fundamental para que possamos lutar por um futuro melhor.

Como usar as atividades pedagógicas?

Olá educador(a), seja bem-vinde ao Amazônia Explicada.

O Projeto Escola do Greenpeace Brasil fez algumas atividades complementares para cada episódio para que possa te dar suporte complementar na sua prática de docente. Afinal, como transformar informação em conhecimento? As atividades elaboradas são sugestões de caminhos possíveis a serem desenvolvidos para a construção do conhecimento, a partir dos conteúdos dos vídeos. 

São atividades voltadas para o Ensino Médio, a partir de um diálogo com as competências gerais da BNCC. 

Importante dizer que são propostas de atividades, ou seja, sugestões para te dar apoio. Fique à vontade para adaptá-las à sua realidade e necessidade. Na própria estrutura das atividades você encontrará, em algumas delas, sugestões de adaptações e também de continuidade. Mas é importante enfatizar que não são atividades fechadas em si mesmas, mas bases para que você possa aplicar nos encontros com os estudantes. 

São 5 atividades por episódio, também com uma sugestão de sequenciamento de aplicação. Porém, fique à vontade para inverter toda a ordem, se isso lhe fizer sentido!  

Temos algumas sugestões para adaptações para ensino online e também de uso de recursos e materiais descritos no início para a realização de cada atividade. Isso tudo para tentar contemplar o máximo de realidade plurais do Brasil, mesmo sabendo de algumas peculiaridades de algumas delas. Para isso, também contamos com as devolutivas de vocês após experiência de uso, para que possamos contemplar nas próximas edições, recursos disponíveis em cada contexto. 

Ficha Técnica:

Gabriela Marques – Coordenação Educacional, Autoria e Revisão pedagógica

Ligia Nicácio – Assistência de coordenação e Autoria 

Paolo Martins – Autoria

Rafael Ferraz – Coordenação do Projeto Escola

Rosana Villar – Edição