Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Um tipo sanguíneo é definido a partir de quais antígenos estão na superfície dos glóbulos vermelhos

Os tipos sanguíneos são definidos a partir da presença ou ausência de certos antígenos na superfície das hemácias, também chamadas de glóbulos vermelhos do sangue. Antígeno é toda substância estranha ao organismo que desencadeia a produção de anticorpos. Cada pessoa possui um conjunto de antígenos e suas diferentes combinações formam anticorpos em intensidades diferentes.

Para que uma transfusão de sangue ocorra de forma segura, é preciso haver compatibilidade entre as hemácias do sangue. Então, nesse processo, reconhecer o tipo de sangue é fundamental.

O que significam os tipos sanguíneos?

Um tipo sanguíneo é definido a partir de quais antígenos estão na superfície dos glóbulos vermelhos. Esses antígenos desempenham algumas funções no sangue, como transportar outras moléculas para dentro e para fora da célula, manter a estrutura dos glóbulos vermelhos e detectar células indesejadas que podem causar doenças.

Para classificar os tipos de sangue, são considerados dois tipos de antígenos: os antígenos ABO e os antígenos Rh. O sistema ABO define os tipos sanguíneos a partir de quatro classificações: A, B, AB e O. Já o fator Rh determina se o sangue possui Rh positivo ou negativo.

Desse modo, existem oito tipos:

  • A+
  • A-
  • B+
  • B-
  • AB+
  • AB-
  • O+
  • O

A definição do tipo sanguíneo é herdado dos pais, sendo que cada um deles doa um dos genes ABO para o filho. O gene A e B são dominantes e o gene O é recessivo, ou seja, se forem doados genes O e A, o tipo sanguíneo será A, porque ele é o dominante. Isso não significa que o filho não possa nascer com o gene não dominante, apenas é maior a probabilidade de ser do gene dominante. Considerando o dominante, seria assim:

  • AA = tipo sanguíneo A;
  • AO = tipo sanguíneo A;
  • BB = tipo sanguíneo B;
  • BO = tipo sanguíneo B;
  • OO = tipo sanguíneo O;
  • AB = tipo sanguíneo AB.

No caso do Rh, o Rh positivo é o gene dominante:

  • Negativo e Negativo = fator Rh negativo;
  • Negativo e Positivo = fator Rh positivo;
  • Positivo e positivo = fator Rh positivo.

Tipos raros e comuns

Na maioria das vezes, o tipo de sangue mais raro e mais comum depende do local. Contudo, em dados do mundo inteiro, especialistas acreditam que o tipo mais raro é o sangue de pessoas tipo AB-. Já o tipo de sangue mais comum é O+.

Compatibilidade entre os tipos sanguíneos

A doação para bancos de sangue é responsável por salvar muitas vidas. No entanto, para que a transfusão ocorra, ela precisa ser segura. Para isso, é preciso que os tipos sanguíneos sejam compatíveis.

A compatibilidade ocorre entre os glóbulos vermelhos e o plasma. No grupo sanguíneo A, por exemplo, os indivíduos têm o antígeno A na superfície de suas hemácias e o plasma sanguíneo contém o antígeno anti-B. Por tanto pessoas com A podem doar sangue para B, mas isso vai depender do Rh.

Vale destacar que o tipo O- é o único que pode doar para todos os outros diferentes tipos sanguíneos, por isso, é chamado de “doador universal”, enquanto o tipo AB+ é o receptor universal — podendo receber sangue de todos os tipos. Confira a tabela de tipo sanguíneo:

Tipos sanguíneosDoaRecebe
A+A+, AB+A+, A-, O+, O-
A-A+, B-, AB+, AB-A-, O-
B+B+, AB+B+, B-, O+, O-
B-B+, B-, AB+, AB-B-, O-
AB+AB+Todos
AB-AB+, AB-AB-, A-, B-, O-
O+O+, A+, B+, AB+O+, O-
O-Todos0-

Como saber o tipo sanguíneo?

Tipos sanguíneos
Imagem de Pawel Czerwinski no Unsplash

Para descobrir o tipo sanguíneo, realiza-se um exame de tipagem sanguínea. Nesse caso, é coletada uma pequena amostra e, em um laboratório, mistura-se o sangue do indivíduo com três substâncias diferentes para verificar como elas reagem.

As substâncias possuem anticorpos A, B ou fator Rh e causarão reações diferentes. Quando o sangue não é compatível, ele forma pequenos grãos e isso permite que o profissional identifique o tipo sanguíneo.

Tendo em vista as complexas relações de compatibilidade entre os tipos sanguíneos, vale dizer que doar sangue é um ato de empatia e solidariedade – em uma única doação é possível salvar até quatro vidas.

Para doar, basta ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e seguir as instruções de segurança da instituição, tais como não estar em jejum e levar documento oficial de identidade.

Tipos sanguíneos e doenças

De acordo com a Associação Americana do Coração, pessoas com tipos sanguíneos A e B podem ter maiores riscos de desenvolver coágulos sanguíneos perigosos em comparação com pessoas que têm sangue tipo O.