Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Ikigai é uma filosofia japonesa que apresenta um caminho para encontrar a felicidade e o propósito na vida

Ikigai é uma filosofia japonesa milenar associada à longa expectativa de vida do país. Combinação das palavras japonesas iki, que significa “vida”, e gai, “valor ou dignidade”, ikigai caracteriza um estilo de vida baseado no bem-estar. Basicamente, encontrar alegria na vida por meio do propósito. Em outras palavras, o termo japonês define o motivo pelo qual você se levanta da cama todos os dias e segue em frente.

A origem da palavra ikigai remonta ao período Heian (794 a 1185). Akihiro Hasegawa, psicólogo clínico e especialista em ikigai, lançou um artigo de pesquisa em 2001 em que explica que palavra “gai” vem de “kai”, que se traduz em “concha” em japonês.

Durante o período Heian, as conchas eram extremamente valiosas; por isso, a associação de valor ainda é inerentemente vista nesta palavra. Também pode ser visto em palavras japonesas semelhantes, como “hatarakigai”, que significa o valor do trabalho, ou “yarigai ~ ga aru”, que significa “vale a pena fazer isso”.

Gai é a chave para encontrar seu propósito ou valor na vida, seus objetivos pessoais e profissionais. A melhor maneira de realmente encapsular a filosofia abrangente de ikigai é olhando para o diagrama ikigai Venn, que mostra as quatro qualidades principais sobrepostas.

Elas consistem em definir no que você é bom, de que o mundo precisa, pelo que você pode ser pago para fazer e, é claro, o que você ama. Resumindo em sua teoria mais básica, é dentro do cruzamento desses pontos onde o ikigai está. Veja mais claramente na figura abaixo (em inglês):

ikigai
Imagem editada e redimensionada de Nimbosa, disponível no Wikimedia e licenciada sob CC-BY 2.0

Onde o ikigai é praticado?

Okinawa, a ilha ao sul do Japão continental, tem uma das maiores proporções de pessoas com mais de 100 anos por população. A região também é conhecida por propagar a ideologia ikigai. Ali, o clima ameno, a dieta saudável e o baixo nível de estresse são valorizados como elementos benéficos à saúde. Mas é a população ativa da ilha, que nunca se aposenta e com objetivos específicos, que ganha destaque.

Em 2010, o escritor Dan Buettner lançou um livro intitulado Zonas Azuis: Lições das pessoas mais felizes do planeta, em que estudou áreas do mundo onde moravam os residentes mais longevos (incluindo Okinawa). O que ele descobriu foi que, embora cada um deles possa ter uma palavra diferente para isso, ikigai, ou ter encontrado um “propósito na vida”, era um forte elo de união.

Como encontrar meu ikigai?

Ter um hobby, criar uma família ou ser capaz de trabalhar e dar os primeiros passos para mergulhar fundo naquele projeto apaixonado que você sempre fantasiou: tudo isso é ikigai.

Primeiro passo

O primeiro passo para encontrar seu propósito é reunir as dez principais coisas em que você dedicou seu tempo em uma semana. Depois de anotá-las, pergunte-se: essas coisas estão realmente acrescentando um propósito à minha vida? Para cada item, questione:

  • É algo que amo fazer?
  • O mundo precisa disso?
  • Eu sou bom disso?
  • É algo pelo qual posso ser pago?

Segundo passo

O segundo passo é buscar o propósito fora da sua rotina. Você pode fazer as mesmas perguntas, mas de maneira mais abrangente:

  • O que eu amo?
  • Em que sou bom?
  • De que o mundo precisa?
  • Pelo que posso ser pago?

Ikigai é encontrado no cruzamento dessas quatro questões, em que paixão, missão, vocação e profissão se encontram.

Dicas extras para determinar seu ikigai

Para determinar nosso ikigai, ainda podemos tentar:

  • Encontrar um propósito em que acreditamos fortemente.
  • Parar de pensar e começar a fazer.
  • Falar com pessoas que têm paixões semelhantes.
  • Aceitar que obstáculos fazem parte do processo.

No cotidiano, as dicas para viver de acordo com o ikigai são:

  • Encontrar fluxo em tudo o que fazemos e permanecer ativo.
  • Levar a vida devagar e sem preocupações intensas.
  • Cultivar bons hábitos, incluindo boa nutrição.
  • Manter boas amizades.
  • Cercar-se daquilo que possa fazer bem.
  • Viver uma vida sem pressa e exercitar-se diariamente.
  • Ser otimista e sorrir muito.
  • Reconectar-se com a natureza.
  • Agradecer e ter resiliência.
  • Apreciar a “wabi-sabi”, ou a imperfeição da vida.
  • Viver de acordo com o “ichi-go, ichi-e”: o conhecimento de que este momento só existe agora e não vai voltar.

O ikigai pode ajudar você a adotar uma atitude em relação à existência, uma maneira de encontrar atividades ideais no dia a dia e um conjunto de características capazes de criar sentido e felicidade na vida.

Leituras complementares sobre o ikigai

Os autores Francesc Miralles e Héctor García publicaram, em conjunto, alguns livros sobre ikigai, como Ikigai: viva bem até os cem e Ikigai: os segredos dos japoneses para uma vida longa e feliz. Nessas obras, eles explicam com profundidade o conceito de ikigai e contam os segredos dos japoneses para manter a saúde da mente, do corpo e do espírito através do propósito. Além disso, oferecem mais informações para você encontrar o seu próprio ikigai.