Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Escurecimento global é um fenômeno caracterizado pela diminuição da radiação solar que incide sobre a superfície terrestre

Escurecimento global é um fenômeno caracterizado pela diminuição da radiação solar que incide sobre a superfície terrestre. De modo geral, ele é provocado pelo aumento de aerossóis suspensos na atmosfera

Na pré-história, o mundo experimentou diversos períodos de escurecimento global, associado principalmente à atividade vulcânica. O fenômeno está intimamente relacionado às ações humanas. Os aerossóis poluem a atmosfera e impedem a entrada de luz solar, afetando o ciclo hidrológico

Aerossóis

Aerossóis são partículas sólidas ou líquidas suspensas no ar e geradas a partir de fontes naturais ou antrópicas. Entre as fontes naturais, pode-se citar as cinzas vulcânicas e as queimadas, e entre as fontes antrópicas, a queima incompleta de combustíveis fósseis e de biomassa

Os aerossóis afetam a temperatura superficial da Terra ao refletirem a luz solar de volta ao espaço – reduzindo a radiação na superfície – ou ao absorver a radiação, aquecendo a atmosfera. Os efeitos de resfriamento e aquecimento promovidos pelas partículas suspensas modificam as formações de nuvens e de chuvas

Uma vez emitidos na atmosfera, os aerossóis podem passar dias suspensos antes de se depositarem novamente na superfície da Terra. Além disso, eles podem ser carregados por longas distâncias por correntes de ar, causando impactos não só locais e regionais, mas também globais. 

Consequências do escurecimento global

Escurecimento global
Imagem de Nik Shuliahin no Unsplash

Nuvens

Além de interferir na quantidade de nuvens, o aumento de aerossóis na atmosfera também modifica suas propriedades ópticas, transformando-as em “espelhos”, capazes de refletir muito mais a luz solar e diminuir a quantidade de radiação que chega à superfície terrestre, o que resulta em um efeito de resfriamento. 

Fotossíntese 

A diminuição da luz solar que chega na superfície da Terra afeta diretamente a fotossíntese. Em primeiro lugar, como a radiação fica difusa, a fotossíntese aumenta, já que essa forma de irradiação é melhor para as plantas. Porém, quando a radiação é bloqueada pela presença de aerossóis, a capacidade de fotossíntese da planta diminui consideravelmente. 

Aquecimento global

O escurecimento global também está relacionado com o aquecimento global. Como dito anteriormente, o fenômeno induz a formação de zonas de resfriamento, em que os poluentes são transportados por correntes de ar. Dessa forma, o escurecimento lobal pode mascarar os efeitos de aquecimento, pelo menos em escalas regionais.

Além disso, devido à formação de nuvens de poeira, o escurecimento global leva ao bloqueio de luz solar, o que reduz a quantidade de vapor de água que se converte em chuva. Esta, por sua vez, possui um importante efeito de limpeza e transporte de poluentes na atmosfera. No entanto, com menos chuva, há um acúmulo desses poluentes, que provocarão ainda mais aquecimento.

Por fim, o escurecimento global causa um agravamento da crise hídrica de muitos locais no mundo, pois o ciclo da água tem como força motriz a luz solar, que é o agente indutor da evaporação. Nesse cenário, diversos países da África vêm sofrendo com o agravamento da escassez de alimento e de água potável devido ao acúmulo de poluentes vindos do Hemisfério Norte.