Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Carga elétrica chega a ser suficiente para carregar um celular

Pesquisadores por toda parte do mundo estudam cada vez mais novas alternativas de produção de energia, principalmente que sejam ambientavelmente corretas, e um novo caminho que se apresenta se dá por meio da atividade biológica de plantas e bactérias. A obtenção de energia elétrica de plantas se mostra uma alternativa renovável para os combustíveis fósseis e outras práticas não sustentáveis.

Segundo notícia divulgada pelo site da BBC, cientistas da universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, estão estudando formas de transformar a energia produzida por plantas em “painéis solares biológicos”. O grupo também investiga como algas marinhas podem ser usadas como fonte de energia.

Um projeto na Holanda, chamado de Plant-e, foi testado com sucesso em uma área verde de 15 m² em um um jardim da Universidade de Wageningen, sendo capaz de carregar a bateria de um celular. Segundo informações divulgadas pelo site Springwise, a tecnologia captura energia já gerada pelo processo natural da planta. Através da luz solar, há a fotossíntese e os resíduos dessa reação são liberados em solo encharcado. Lá, micro-organismos quebram esses resíduos e liberam prótons e elétrons que serão apanhados por cátodos e ânodos para produzir a carga elétrica. De acordo com os pesquisadores, o crescimento da planta não é comprometido pela técnica.

Apesar de ter sido testada apenas em área urbana e ter produzido uma pequena quantidade de eletricidade, a equipe da Plant-e, prevê a implementação em grandes plantações e sobre os telhados para ajudar a gerar energia para os edifícios da cidade.

Entenda melhor no vídeo abaixo: (em inglês)

Um projeto criado por estudantes chilenas também “retirava” energia das plantas – mas na verdade o mecanismo era inspirado na pilha de Volta – clique aqui e entenda.


Veja também: