Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Downcycling é uma forma de reciclagem de plástico que transforma o material em um objeto de baixa qualidade e durabilidade

O “downcycling” é um termo em inglês que se refere ao processo usado para reciclar e produzir novos objetos de baixa qualidade. Especialistas afirmam que o processo de downcycling não é nada mais do que a reciclagem em sua origem. Afinal, alguns materiais não podem ser reciclados diversas vezes e manter sua qualidade.

Isso acontece porque nem todos os materiais são infinitamente recicláveis, como o vidro e o alumínio. No caso, objetos feitos de plástico e papel só podem ser reciclados até certo ponto, e sempre que passam por esse processo, eles perdem a sua qualidade. Ou seja, eles só passam pelo downcycling.

Toda vez que um material passa pelo processo de downcycling, ele perde um pouco de sua qualidade e de sua capacidade de ser reciclado. Por isso, em certo momento, esse material chega a um estado onde ele não pode mais ser reutilizado de forma nenhuma, e acaba descartado em aterros sanitários, onde não se degrada e libera metano na atmosfera.

Processo de downcycling

O downcycling pode ser feito em qualquer fábrica que aceite plástico, vidro, papelão e papel usado. No caso do plástico, quando ele chega para ser reciclado, ele é quebrado em diversos flocos. Esses flocos são comumente vendidos para outras fábricas que pretendem criar produtos novos com material reciclado.

Já o processo de downcycling do papel é a sua transformação em papelão ou papel reciclável. Depois que ocorre essa transformação, não é possível trazer a cor branca do papel novamente, o que significa que todo o produto deste downcycling vai ter uma cor mais amarronzada, com menor valor econômico. 

Apesar do downcycling ainda ter um impacto negativo no meio ambiente – afinal, em algum momento, o material não vai ser mais reciclável –, ele ainda é um processo importante. Isso porque ele ajuda a aumentar a vida útil de alguns materiais, e impede que a indústria use uma nova matéria-prima em suas produções.  

Assim, os produtos de downcycling ajudam a  reduzir  a produção de resíduos no planeta, principalmente a produção de resíduos que não são infinitamente recicláveis. 

Papel do plástico no downcycling

O plástico é o personagem principal quando se trata do downcycling. Isso acontece porque ele só pode ser reciclado em sua forma original uma ou duas vezes. Ou seja, depois disso, sua durabilidade e qualidade começam a decair toda vez que ele é reciclado.

Em algum momento do processo do downcycling do plástico, ele vai se tornar tão frágil e pequeno que fica quase impossível de enxergá-lo a olho nu. Esse material se chama microplástico, e quando nesse estado, sua reciclagem não pode ser realizada. 

Quando o plástico vira microplástico, torna-se muito difícil manuseá-lo. Por esse motivo, o microplástico pode parar nos lugares mais inesperados possíveis, como a água potável, o pulmão e o sangue humano. Em aterros sanitários, o microplástico já tem impacto nocivo no meio ambiente, dentro do corpo humano ele pode significar um perigo maior à saúde.

Benefícios do downcycling 

Como já foi mencionado, apesar de não apresentar a possibilidade de uma reciclagem contínua, o downcycling é necessário para redução de resíduos. Além disso, o downcycling é um processo que ajuda a eliminar o descarte exagerado e inapropriado.

Alguns outros benefícios do downcycling são:

  • Economia no custo de energia da produção;
  • Poluição reduzida;
  • Redução dos custos de fabricação;
  • Proteção ambiental.

Upcycling 

Na contra mão do downcycling existe o upcycling. Esse processo é conhecido por converter materiais usados em produtos de boa qualidade e valor. Algumas empresas já começaram a implantar o upcycling em sua produção de plástico, usando recipientes de detergente e sabão de louça e os transformando em sacolas de mercado. 

Se estiver curioso a respeito do processo, confira o artigo “Upcycling: o que é e como aderir à ideia”.