Mais de 60% dos brasileiros desperdiçam alimento em bom estado

eCycle

61% dos brasileiros descartam alimentos em bom estado e 46% exageram na quantidade ao cozinhar

O Brasil está entre os dez países que mais desperdiçam comida no mundo, ao mesmo tempo em que 14 milhões passam fome no país. 61% dos brasileiros têm o hábito de jogar fora comida em perfeitas condições de consumo - e o fazem pelo menos uma vez por semana. Os motivos são os mais variados, entre eles a falta de planejamento na hora de fazer as compras, a armazenagem incorreta e o costume de colocar alimentos em excesso no prato.

Os dados, divulgados mês passados, são de uma pesquisa feita pela Edelman a pedido da Unilever. Eles mapearam hábitos alimentares no Brasil, nos Estados Unidos e na Argentina e traçaram um mapa do desperdício doméstico. Os dados servem como base para entender em detalhes um comportamento chamado de "cegueira da geladeira".

O estudo ouviu pessoas que são responsáveis ou estão envolvidas no processo de decisão de compras e preparo de alimentos. Foram entrevistados, por telefone, 4 mil americanos, 1.000 brasileiros e 1.000 argentinos, com idades de 18 a 64 anos, no período de agosto a setembro de 2017. Os resultados foram divulgados agora.

Embora 77% dos entrevistados digam que nunca ou raramente desperdiçam comida, 61% assumem jogar um ou dois alimentos fora semanalmente e 49% fazem isso todos os dias.

Segundo a pesquisa, entre os brasileiros, 61% dizem descartar alimentos em perfeito estado para serem consumidos. Os mais desperdiçados são saladas (74%), vegetais (73%) e frutas (73%). E 49% dos brasileiros jogam comida fora diariamente, enquanto 46% cozinham comida em excesso.

Cegueira de geladeira

O fenômeno, como indica o nome, acontece quando a pessoa não vê o que comer mesmo quando já há em casa ingredientes em perfeitas condições de uso. As razões para essa cegueira são falta de tempo, pouca criatividade, falta de informação e comodismo.

A maior parte das pessoas entrevistadas nunca ouviu falar no conceito de cegueira de geladeira (75%), mas, de acordo com a pesquisa, a maioria é vítima dela. Para americanos (86%) e brasileiros (81%), a cegueira se manifesta na falta de inspiração para cozinhar.

Brasileiros respeitam muito os prazos de validade anotados nas embalagens: 83% descartam comida seguindo os rótulos (sem sequer analisar os produtos). Americanos se preocupam um pouco menos (62%) e argentinos bem menos: 46%. Para os argentinos, a aparência dos alimentos é o fator preponderante para o descarte (88%).

Segundo os pesquisadores, ao conhecerem o fenômeno, 78% dos entrevistados dizem acreditar que seja um problema a ser enfrentado e 80% assumem sentir culpa de desperdiçar alimento. O fato de pessoas passarem fome é a principal razão apontada (63%), seguido pela perda de dinheiro (60%) e pelo fato de acreditarem não ser um bom exemplo que a próxima geração cresça pensando que pode desperdiçar comida (55%).

O combate ao desperdício de alimentos começaria com planejamento melhor das compras e das refeições a serem preparadas.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail