Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Como secar o leite materno? Essa dúvida atinge diversas mães no processo de desmame ou de pós-parto

Como secar o leite materno é uma questão que preocupa muitas mulheres que estão passando pelo processo de amamentação. O momento de parar a amamentação é uma decisão da mulher que está lactando. Ela pode optar por parar logo depois do nascimento do bebê, ou quando a criança já estiver maior.

Independente de suas motivações para procurar como secar o leite materno, esse processo pode ser mais longo e doloroso do que se imagina. Por isso, ele deve ser feito com cuidado e calma, para que não haja infecção nos seios ou alguma outra condição que possa causar problemas à saúde.

O nome do processo de como secar o leite materno é chamado de supressão da lactação. Ele deve ser realizado, idealmente, quando a mãe não quiser mais amamentar ou a criança mamar. A sincronização dos dois desejos é essencial para fazer com que a situação seja menos traumatizante.

Tempo 

A produção de leite materno pode diminuir eventualmente no corpo da pessoa. Porém, algumas mães optam por parar a amamentação um pouco antes do que seu organismo está preparado, e por isso, elas precisam entender a melhor maneira de como secar o leite materno. Mas, antes de pensar em secar o leite, é preciso observar que o aleitamento materno faz bem para a saúde da mãe e previne mortalidade infantil.

Mesmo após o ato de inibição da lactação, os seios ainda podem apresentar dores, vazamentos e resíduos. A parada abrupta da amamentação do bebê também pode ser mais desconfortável e causar problemas de saúde. Desta forma, é melhor consultar o médico responsável pela grávidez, sobre como secar o leite materno de forma correta.

Acessórios úteis 

Apenas a ação de não estimular os seios e parar a amamentação pode ser o suficiente para reduzir a produção do leite materno. Se você busca saber como secar o leite materno de forma mais natural e lenta, confira algumas dicas de acessórios e métodos úteis para o procedimento:

  • Utilize de um sutiã de apoio, que ajuda a segurar os seios no lugar;
  • Use pacotes de gelo e medicamentos de venda livre para dor – aqueles remédios que podem ser utilizados sem receita médica;
  • Retire o leite com a mão de forma leve para evitar o ingurgitamento – enchimento excessivo das mamas com o leite, que as deixa doloridas e tensas. Não faça essa ação em grandes quantidades, pois pode continuar estimulando a produção.

Como secar leite materno com:

Acelga 

O uso de acelga para secar o leite materno é recomendado para longos períodos de tempo. No entanto, enquanto alguns estudos confirmam que a acelga pode ajudar em como secar o leite materno, outros afirmam que é possível que ela aumente a duração da amamentação. Isso porque as folhas diminuem a dor e não pois aumentam a produção.

Uma maneira de como secar o leite materno é usar a acelga sobre as mamas. Basta você separar e lavar as folhas, colocar em um pote com tampa no refrigerador e deixar gelar. Depois disso, coloque cada uma das folhas nos seios antes de colocar o sutiã. Mude as folhas quando elas murcharem ou uma vez a cada duas horas.

As folhas de acelga além de serem uma opção de como secar leite materno, são ótimas para reduzir o inchaço conforme a produção diminui. Elas também são utilizadas para a redução de sintomas de sintomas de ingurgitamento, ainda cedo na amamentação.

Evite amamentar ou bombear o leite 

A produção do leite materno aumenta de acordo com a demanda do corpo. Desta forma, quanto mais se amamenta e se retira o leite, mas ele será produzido pelo organismo. Logo, é preciso diminuir essas atividades, para conseguir uma forma de como secar o leite materno

Se for necessário a retirada do leite das mamas, é possível que se retire apenas uma quantidade pequena. Sempre evitando qualquer movimento que estimule tanto os seios como os mamilos.

Atividades físicas

Outra forma de entender como secar o leite materno é praticando atividades físicas de maneira intensa. Isso pode ajudar porque, com o aumento do gasto calórico, o corpo vai ter menos energia para a produção do leite materno.

Ervas

Certos estudos, afirmam que o consumo de chá de jasmim e do tempero de salsa pode ser bom para saber como secar o leite materno. Os dois ajudam a diminuir o níveis de prolactina, hormônio que ajuda na produção do leite. 

A salsa pode ser utilizada como um tempero que faz parte de pratos como saladas, sopas e molhos. Enquanto o chá de jasmim deve ser consumido em comunhão com outras ervas, já que ainda não existem estudos que mostrem qual a quantidade correta do chá que se deve tomar para saber como secar o leite materno.

Uma terceira opção de como secar o leite materno, é o óleo de hortelã-pimenta. Ele ajuda a reduzir a produção do leite quando é aplicado diretamente nos seios. No entanto, não deve ser usado enquanto a pessoa ainda estiver amamentando, pois pode ser tóxico em grandes quantidades e no contato de pele com pele. 

Pílulas anticoncepcionais

As pílulas contraceptivas que contêm o hormônio de estrogênio em sua composição podem ser uma opção na hora de secar o leite materno. O efeito de inibição de lactação não é o mesmo para todas as mulheres, no entanto, acontece na grande maioria das pessoas que utilizam anticoncepcionais.

Para fazer o uso dessas pílulas depois do parto, será necessário entrar em contato com um médico especialista. O profissional ficará responsável por avaliar se o uso de anticoncepcional é adequado para o momento ou não, levando em conta os efeitos colaterais deste tipo de medicamento

Medicamentos anti-prolactina

Os medicamentos que ajudam a reduzir os níveis de prolactina, podem ajudar em como secar o leite materno. Esses remédios são eficazes quando se trata de diminuir a produção de leite logo depois do parto da criança. No entanto, esse tipo de solução só pode ser obtida através de receita médica, ou seja, é essencial que se faça um acompanhamento médico. Converse com o seu profissional e o questione sobre a opção.

Descongestionantes

Outros remédios comumente usados para secar o leite materno são os descongestionantes. Eles são feitos para gerar uma melhora em casos de congestão devido resfriado ou gripe. Mas nesta situação, um estudo de 2003, comprovou que ele tem efeito na inibição da lactação ainda nos primeiros estágios da amamentação, cerca de 60-80 semanas depois do parto.  

Um dos cuidados que deve ser tomado com essa medida de como secar leite materno, é que descongestionantes se misturam com o líquido. Assim, é preciso que a pessoa pare de amamentar assim que começar a consumir o medicamento. O uso não é recomendado para aqueles que pretendem apenas reduzir a produção de leite.

Vitamina B

Estudos realizados com vitamina B-6 e B-1, mostraram que o consumo de altas doses dessas substâncias pode ajudar na inibição da lactação em pessoas que ainda não amamentaram. As pesquisas confirmam que cerca de 96% das participantes do estudo não apresentaram nenhum tipo de efeito colateral negativo.

Tome cuidado

Caso o processo de secar leite materno apresente algum problema, entre em contato com um profissional da saúde. Se você apresentar sintomas de febre, vermelhidão, quentura, mal-estar e inchaço no seio é preciso ir ao hospital. Esses são os sintomas comuns em casos de infecção na mama.

Evite tentar aprender como secar leite materno através da:

Restrição de líquidos: não existem estudos que comprovem a eficácia desses método;

Gravidez: se você engravidar enquanto estiver amamentando, o gosto do leite pode acabar mudando. Além disso, muitas pessoas conseguem amamentar sem problemas durante a gravidez;

Binding: esse processo tem o nome que vem do inglês vinculação ou encadernação. Ele acontece quando uma pessoa prende os seios de forma apertada. Além de ser perigoso para a coluna e a respiração, esse procedimento pode causar mais dor e vazamentos de leite materno.