Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Vapor ou pulverização de químicos?

Sabe aqueles rastros brancos deixados no céu pelos aviões? Aposto que, quando criança, você achava legal e tinha curiosidade de saber o que era. No entanto, teorias controversas têm apontado que, talvez, os rastros não sejam tão inofensivos assim.

Embora eles sejam considerados resultado do ar quente e úmido empurrados pelos motores dos jatos e que acabam formando pequenos cristais de gelo no céu, uma teoria da conspiração tem chamado a atenção para a existência dos “chemtrails”. Segundo essa teoria, os aviões, na verdade, estariam pulverizando químicos e outras substâncias na atmosfera para provocar doenças e controlar a população.

O que impulsionou essa ideia foi um documento emitido pelo governo dos Estados Unidos em 1990. Nele, os governantes buscavam entender se existia a possibilidade de afetar o clima por meio do uso de aeronaves para jogar químicos na atmosfera.

Verdade ou mentira, o “chemtrail” tem sido denunciado em várias cidades, inclusive no Brasil. Apesar das negativas do governo perante esse tipo de prática, a população tem se mobilizado de alguma maneira em torno da questão. A preocupação, contudo, pode ser estendida a outra dimensão do problema.

Poluição do combustível de avião

O aumento das viagens comerciais de avião tem contribuído consideravelmente para a poluição atmosférica. O impacto ambiental do transporte aéreo ocorre uma vez que a queima do querosene, principal combustível utilizado, libera químicos altamente poluentes que intensificam o desequilíbrio do aquecimento global. Já se sabe, por exemplo, que morar próximo a aeroportos, devido à poluição, pode ser prejudicial a saúde.

Um estudo da Carnegie Mellon University em Pittsburgh, nos Estados Unidos, pesquisou como as emissões dos aviões contribuem para o aumento do nível de material particulado na atmosfera. Duas maneiras foram analisadas: a emissão direta do material particulado e o material particulado formado pela foto-oxidação dos gases emitidos.

A presença desse material particulado na atmosfera tem efeito sobre a qualidade do ar e, consequentemente, sobre a saúde, visto que pode significar um real envenenamento do ar. O estudo demonstrou que, pela foto-oxidação, é gerado 35 vezes mais material particulado do que o imaginado. Ou seja, a reação química criada pelo sol aumenta os poluentes dos jatos liberados no ar.

Portanto, apesar das dúvidas em torno da teoria sobre os rastros dos aviões, a preocupação com o “chemtrail” pode alertar a população para outro problema igualmente importante: a intensificação da poluição atmosférica provocada pela queima de combustíveis desse meio de transporte.


Veja também: