Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Você já pensou em usar amaciante natural nas suas roupas? Confira por que evitar o amaciante comum e descubra como fazer um produto livre de substâncias prejudiciais em casa

O amaciante natural é uma alternativa acessível, simples de fazer e amigável à sua saúde e ao meio ambiente.

Os amaciantes de roupas convencionais se tornaram populares na década de 1990, porque as substâncias tóxicas contidas no sabão em pó comum tornavam as peças ásperas e prejudicavam a textura dos tecidos. 

A solução “mais fácil” foi, então, adicionar ainda mais química às nossas lavagens. Parece uma má ideia? E é! Mas a boa notícia é que já existem diversas opções de sabão e amaciante mais sustentáveis no mercado.

Aliás, você mesmo pode fazer as suas misturinhas em casa, sem colocar a saúde da sua família em risco e com muito mais respeito pelo planeta!

Para que serve o amaciante?

O amaciante é formulado para prevenir estática, evitar rugas nas peças, deixar um cheiro agradável nas roupas e tornar os tecidos mais macios. Para fazer isso, o produto cobre o tecido com uma película fina e lubrificante. 

Esse revestimento evita a estática, tornando as roupas escorregadias para reduzir o atrito. O amaciante ainda adiciona uma carga positiva para neutralizar a carga estática negativa. Ele também ajuda a separar as fibras, deixando as peças mais fofas.

Além disso, eles são tipicamente perfumados e projetados para que o perfume permaneça no tecido. Parece bom, não é?

O problema é que tudo isso exige a adição de vários compostos químicos que podem não fazer tão bem assim – nem para você, nem para o tecido.

O problema do amaciante comum

Prejudica o tecido

Você também deve ter notado que algumas etiquetas alertam especificamente para não usar amaciante na peça. Isso ocorre porque o revestimento ceroso pode interferir nas propriedades de absorção e absorção de umidade.

Os tecidos esportivos, por exemplo, são projetados para absorver a umidade da pele para o exterior do tecido, onde ela pode evaporar.

Entretanto, cobrir o tecido com um revestimento ceroso significa entupi-lo e bloquear sua capacidade de mover a umidade.

O revestimento também se acumula com o tempo, dificultando a penetração da água e do sabão nas fibras. Isso dificulta a remoção de manchas e sujeiras das roupas.

Embora os tecidos possam parecer extramacios e agradáveis ​​no início, esse acúmulo de película gordurosa torna, com o passar do tempo, os tecidos menos absorventes.

Isso é especialmente um problema para toalhas, que obviamente precisam absorver muita umidade, bem como roupas de cama e peças íntimas, que absorvem o suor para proporcionar mais conforto.

Além disso, eles deixam resíduos nas máquinas, podendo prejudicar o funcionamento delas em algum momento.

Eventualmente, os amaciantes líquidos podem deixar manchas azuladas ou acinzentadas nas roupas – e, com o tempo, o acúmulo de cera também pode causar amarelecimento nas roupas brancas.

Materiais naturais como algodão, cânhamo e bambu normalmente absorvem a transpiração da luz por conta própria. Mas, assim que o amaciante é introduzido, essa absorção pode ser perdida.

Quando usado em roupas sintéticas contendo elastano e náilon, o amaciante pode deixar um resíduo que embota o acabamento da peça e atrai bactérias causadoras de mau odor.

É nocivo para a saúde

Um dos maiores problemas com amaciante de roupas é que eles contêm fragrâncias, geralmente formuladas com ingredientes tóxicos para a saúde.

Esses aromas artificiais que fazem a roupa suja cheirar a campos de flores contêm substâncias tóxicas que podem prejudicar sua saúde e poluir o ar dentro de sua casa.

Esses poluentes do ar interno, chamados VOCs, podem causar problemas de saúde imediatos e de longo prazo, como asma, distúrbios hormonais, doenças cardíacas, câncer, dores de cabeça, irritação nos olhos, congestão e náusea.

O uso de fragrância pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, pois são adicionados sensibilizantes químicos, responsáveis pela dermatite, em sua formulação. 

E essas reações são acompanhadas, na maioria das vezes, por problemas respiratórios. Um modo eficiente para reduzir riscos que os compostos de aromas oferecem é diminuir o uso diário de certos produtos, como maquiagem, colônia ou produtos para limpeza de roupa com perfume, por exemplo.

Outro ingrediente comum em amaciantes de roupas são os compostos de amônio quaternário (QACs), que são usados ​​para ajudar a combater a estática, mas podem causar irritação na pele e nas vias respiratórias. 

Estudos com profissionais de saúde que usaram produtos de limpeza com quats (eles também são antibacterianos) encontraram um aumento da asma naqueles que foram regularmente expostos a eles.

Outras substâncias perigosas que constam na maioria das fórmulas de amaciante são o alfa-terpinol, o acetato de benzila, o álcool benzílico, o acetato de etila, o clorofórmio e o terpinoleno.

Esses compostos podem causar problemas de saúde no curto e no longo prazo, como irritações, complicações respiratórias e até doenças mais graves, como o câncer.

Prejudica o meio ambiente

Os QACs não se biodegradam facilmente, especialmente na água, e podem ser tóxicos para os organismos aquáticos. Isso é obviamente mais preocupante, pois, como produto de lavanderia, eles vão diretamente para os sistemas de água.

Amaciantes de roupas também podem conter ingredientes derivados de petróleo ou óleo de palma. Além disso, aunda podem não ser cruelty free: um ingrediente encontrado em alguns amaciantes de roupas é o cloreto de dimetil amônio dihidrogenado, que é derivado de gordura animal.

Amaciantes de roupas geralmente contêm produtos químicos à base de petróleo, que não são facilmente biodegradáveis ​​e podem ser prejudiciais à vida aquática, uma vez que são levados pelo ralo. 

Além disso, um estudo da Universidade de Washington descobriu que certos produtos químicos em amaciantes de roupas são provavelmente carcinógenos humanos, tóxicos para o desenvolvimento e alérgenos que podem contribuir para o eczema.

Como fazer amaciante natural

Amaciante natural de vinagre e óleo essencial

Ingredientes

Modo de preparo

Encha seu vidro com vinagre e adicione cerca de 30 gotas de óleo essencial. Misture bem e… pronto! Sim, simples assim.

O vinagre é um ótimo amaciante natural, pois elimina os resíduos de sabão e não interfere na absorção de sua roupa, fazendo com que as peças e toalhas durem mais. 

Ah, e essa mistura não vai deixar depósitos na sua máquina de lavar. Na verdade, o vinagre também elimina a gordura, então você realmente limpará sua máquina sempre que lavar uma carga de roupa. Vitória dupla!

Amaciante natural com bicarbonato de sódio

Ingredientes

  • 1 xícara de bicarbonato de sódio
  • 2 xícaras de vinagre branco
  • 3 xícaras de água
  • Óleo essencial de sua preferência

Modo de preparo

Misture uma xícara de água e uma de vinagre. Em seguida, acrescente o bicarbonato de sódio e mexa até dissolvê-lo completamente. Deixe descansar por 30 minutos.

Depois, adicione o restante do vinagre, da água e o óleo essencial de sua preferência (dica: opte pela lavanda para obter aquele cheirinho bom de flores). 

Misture bem até formar uma pasta cremosa e deixe descansar por oito horas antes de usar o produto.

Amaciante natural com sais de Epsom

Ingredientes

  • 2 xícaras de sais de Epsom ou sal marinho grosso 
  • 30 gotas de óleo essencial de sua preferência
  • 1/2 xícara de bicarbonato de sódio
  • 1 recipiente com tampa

Modo de preparo

Adicione os sais de Epsom no recipiente escolhido e, em seguida, o óleo essencial de sua preferência. Mexa bem por alguns segundos e, depois, adicione o bicarbonato de sódio.

Misture novamente e tampe. O produto pode ser utilizado por até dois meses.

Dicas extras para uma lavagem de roupa mais verde

Junte bastante roupa antes de utilizar a máquina de lavar, para economizar energia, água e sabão. Procure utilizar, além do amaciante natural, sabão, outros produtos de limpeza de roupas que sejam biodegradáveis e livres de substâncias prejudiciais ao meio ambiente, como o fosfato. Confira a matéria Como fazer sabão líquido para lavar roupa.

Na Loja eCycle, você também encontra diversas opções para lavar roupa de maneira segura e eco-friendly – e que dispensam o uso de amaciante!