Serviço de hospedagem de colmeias faz sucesso nos EUA como "Airbnb das abelhas"

eCycle

Apiário que hospeda colmeias em residências comuns nos EUA foi apelidado de “Airbnbee”: o Airbnb das abelhas

abelhas airbnbee hospedagem
Imagem de PollyDot por Pixabay

Apelidado de "Airbnbee", em referência ao serviço de compartilhamento de hospedagens on-line Airbnb, o apiário Buddah Bee, nos Estados Unidos, permite que cidadãos comuns hospedem colmeias de abelhas em casa mediante uma taxa de 150 dólares. Até agora, pelo menos 55 moradores de Raleigh, Durham e Chapell Hill, na Carolina do Norte, dedicam voluntariamente um espaço em seu quintal para receber as abelhas. O apiário é responsável por instalar as colmeias, inspecionar cada anfitrião e colher o mel produzido.

Em 2019, os apicultores norte-americanos perderam 37% de suas colônias. O desaparecimento da população de abelhas nos Estados Unidos preocupa especialistas, porque esses animais são importantes para a polinização de plantações e plantas selvagens. A apicultura pode ajudar a aumentar essa população a polinizar a flora local, mas o processo é caro e demorado. E é aí que entra o apiário Buddha Bee, fundado por Justin Maness, que leva os benefícios das abelhas para as pessoas sem que elas precisem de equipamento ou informações sobre apicultura.

Como funciona o "Airbnbee"

O mel colhido pelo apiário é dividido com o anfitrião, que recebe metade do produto. No entanto, segundo Maness, esta não é a atração principal do projeto. Para ele, as pessoas mostram-se mais interessadas no conhecimento que podem obter hospedando uma colmeia e ficam felizes ao saber que estão contribuindo para a preservação do meio ambiente.

Para hospedar uma colmeia, o quintal do voluntário passa por uma avaliação, que definirá se o ambiente é adequado para as abelhas. A principal exigência tem a ver com o espaço disponível, que deve segurança para a instalação das colmeias e tranquilidade às abelhas. A luz solar também ajuda, porque pode afastar uma praga chamada besouro da colmeia – e é importante que o anfitrião não utilize repelente de mosquito no gramado.

Depois que um quintal é aprovado pela colmeia, o Apiário Buddha Bee torna a instalação um evento, ou uma "recepção às abelhas", como diz Maness, em que o anfitrião recebe também família e amigos convidados. De vez em quando, alguns anfitriões pedem para assumir as funções de apicultura, e o apiário Buddha Bee oferece ajuda nessa transição. Em outros casos, os hospedeiros desejam que seus filhos se envolvam nos cuidados com a colmeia. Para isso, os apicultores trazem uma capa protetora extra, para que as crianças possam se aproximar e acompanhar a inspeção.

Maness ressalta que é interessante ver como a hospedagem de abelhas transforma a relação das pessoas com seus quintais. Algumas estão substituindo plantas não amigáveis às abelhas por outras mais benéficas para elas; outras estão plantando flores silvestres. O apicultor acredita que, com 60 colmeias instaladas nas casas, a empresa já ajudou a hospedar mais de 2 milhões de abelhas na região.

O apiário Buddha Bee não é a única empresa a fazer um programa de hospedagem de colmeias. Maness decidiu começar o negócio depois de trabalhar com a Bee Downtown, que instala e mantém colmeias em campi corporativos na Carolina do Norte. Seu objetivo era levar o projeto diretamente para pessoas comuns. A Best Bees, outra empresa do gênero, gerencia colmeias tanto para empresas quanto para residências em Boston, Houston, Chicago e outras cidades. A hospedagem da Hive também foi realizada em toda a Austrália e no Reino Unido.

Maness espera que esse modelo continue a se expandir e que mais pessoas estejam abertas para a criação de abelhas, não apenas para ajudar a aumentar sua população ameaçada, mas para contribuir com um entendimento melhor sobre esses animais e sua função na natureza. Ao levar o projeto para o quintal de cidadãos comuns, mais pessoas acabam se conscientizando dos desafios que as abelhas enfrentam atualmente, não somente nos Estados Unidos, mas em todo o mundo. A ideia é criar uma nova consciência ambiental, que leve em conta a necessidade de defender as abelhas e tratá-las com o cuidado que merecem.



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×