Benefícios do gergelim

eCycle

Gergelim é bom para os ossos, previne os efeitos da radiação, os sintomas da diabetes, entre outros benefícios

Gergelim
Imagem de Amarita no Shutterstock

O gergelim, também conhecido como sésamo, é a semente de uma planta originária do Oriente, de nome científico Sesamum indicum. Além de deliciosas, as sementes de gergelim possuem muitos benefícios para a saúde, como melhorar a saúde óssea, proteger contra radiação, câncer, hipertensão, diabetes e inflamação.

Você pode encontrar sementes de gergelim preto, branco e marrom (quando há casca). Apesar das variações, o valor nutricional entre os diferentes tipos de semente de gergelim varia pouco.

As sementes de gergelim contêm 52% de lípidos (gorduras) benéficos e são constituídas por ácidos graxos insaturados, que contribuem para a redução dos níveis de colesterol. Além disso, elas são abundantes em fibras, proteínas, tiamina, vitamina B6, folato, triptofano e minerais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, manganês, cobre e zinco.

Benefícios do gergelim

Reduz hipertensão

O consumo do óleo natural das sementes de gergelim está associado à redução na hipertensão, o que melhora o funcionamento do sistema cardiovascular e ajuda a prevenir várias condições cardíacas. Além disso, a semente de gergelim fornece 25% da Ingestão Diária Recomendada (IDR) de magnésio, um importante vasodilatador (agente que reduz a pressão arterial) e que tem outras funções para o organismo. Entenda mais sobre o magnésio na matéria: "Magnésio: para que serve?".

Previne câncer

Com a ampla gama de vitaminas e minerais essenciais presentes nas sementes de gergelim, não é surpresa que o consumo desse ingrediente tenha sido associado a uma redução no risco de câncer. Além desses minerais, as sementes de gergelim contêm fitato, um antioxidante que combate os efeitos dos radicais livres.

Melhora diabetes

Os componentes das sementes de gergelim, como o magnésio, têm sido associados à redução do riscos de diabetes e servem para o tratamento de seus sintomas. Além disso, foi demonstrado que o óleo de gergelim pode afetar positivamente o impacto de vários medicamentos em pacientes que sofrem de diabetes tipo 2. Ele melhora a funcionalidade da glibenclamida (medicamento para diabetes) e regula ainda mais os níveis de insulina e glicose no corpo, ajudando, assim, a controlar os sintomas da diabetes.

Faz bem para saúde óssea

Os níveis impressionantes de minerais essenciais como zinco, cálcio e fósforo encontrados nas sementes de gergelim podem ser grandes amigos da saúde dos ossos. Eles são parte integrante na criação e reparo de ossos enfraquecidos por lesão ou aparecimento de condições ósseas debilitantes como a osteoporose.

Melhora digestão

O gergelim também contém fibras que são importantes para a saúde do intestino, reduzindo condições como prisão de ventre e diarreia, e protegendo a saúde do cólon.

Reduz inflamação

O alto teor de cobre das sementes de gergelim tem várias funções valiosas, incluindo a redução da inflamação nas articulações, ossos e músculos, reduzindo, assim, a dor associada à artrite. Além disso, o cobre é um mineral essencial para o fortalecimento dos vasos sanguíneos, ossos e articulações, sendo necessário para a captação adequada de ferro, um componente chave da hemoglobina.

Melhora a saúde bucal

Talvez os efeitos mais notáveis ​​do gergelim sejam sobre a saúde bucal. O óleo de gergelim pode ser aplicado na boca interna e externamente, apresentando efeito antibacteriano e adstringente. Ele também reduz a presença de Streptococcus, uma bactéria comum que pode causar estragos nas cavidades orais e em outras partes do corpo.

Protege contra radiação

Um dos compostos orgânicos presentes no gergelim é o sesamol. Ele tem sido associado à proteção do DNA contra os efeitos nocivos da radiação. A radiação, que pode vir de fontes acidentais ou do tratamento do câncer por quimioterapia e radioterapia, causa danos ao DNA, aumentando a chance de um novo câncer. Nesse sentido, o gergelim pode ser aliado na prevenção desse tipo de dano, e, consequentemente, prevenir o câncer.

Pele e cabelo

Como mencionado, as sementes de gergelim contêm altos níveis de zinco, um componente vital na formação de colágeno, que fortalece o tecido muscular, cabelo e pele. Além disso, o óleo de semente de gergelim reduz manchas de queimadura e outras marcas na pele, bem como sinais de envelhecimento precoce.

Aumenta função metabólica

O gergelim também contém uma grande quantidade de proteínas dietéticas com aminoácidos de qualidade fina que são essenciais para o crescimento celular saudável, manutenção dos níveis de energia e da função metabólica.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail