Nove dicas para amenizar o estresse no trabalho

eCycle

Coloque a saúde como prioridade na sua vida e evite o estresse no trabalho

Correria, excesso de atividades, carga horária extensa, cobranças, prazos. Essas são algumas palavras que descrevem causas para os sintomas de estresse no trabalho. Isso sem contar os afazeres domésticos, as responsabilidades com os filhos e outras atividades cotidianas que se somam às preocupações dos trabalhadores e aumentam ainda mais o estresse no trabalho.

Métodos criados para extrair maior produtividade do trabalho muitas vezes acabam impactando a saúde do empregado de forma negativa, já que o estresse age no aspecto psicológico de uma pessoa por meio da ansiedade, da tensão e da impaciência. Dependendo do nível de estresse no trabalho alcançado, essa pessoa pode desenvolver tensões musculares e doenças psicossomáticas (veja mais aqui).

Selecionamos algumas dicas para te ajudar a lidar com o estresse no trabalho - elas não vão resolver seus problemas, mas podem amenizá-los e te ajudar com a correria cotidiana. Conheça algumas formas de diminuir o estresse no trabalho:

  1. Beba chá - todos os tipos do verdadeiro chá, proveniente da planta Camellia, contêm grande quantidade do aminoácido L-theanina (chá verde), que é responsável por um breve relaxamento posterior à ingestão do chá. Esse aminoácido ainda auxilia as células T ou linfócitos T gama/delta do sistema imunológico;
  2. Caminhe todos os dias - o exercício físico e aeróbico é de extrema importância para a vida. Ele aumenta o humor das pessoas e ainda estimula o corpo a se sentir bem.
  3. Tome mais sol - tomar sol também é muito importante, porque ele permite que o corpo sintetize vitamina D, ajuda a regular nosso ritmo circadiano e a produção de melatonina. Por isso, reserve um período de tempo do seu dia para caminhar na rua, de preferência em parques ou praças;
  4. Coma mais sopa – de acordo com a medicina chinesa, comer muitos alimentos frios ou crus durante o inverno pode fazer com que seu corpo tenha que trabalhar duro para digeri-los - vale também para o frio do ar condicionado nos dias de verão. Por isso, o ideal é tomar sopa, que tem digestão suave, facilitando a absorção de nutrientes pelo organismo. Inclua gengibre, alho, cenoura, batata doce ou abóbora para dar uma mãozinha ao sistema imunológico;
  5. Ligue o sistema nervoso parassimpático – ative seu sistema nervoso parassimpático e "comunique" a seu corpo que esta na hora de descansar e digerir, praticando yoga, tai chi chuan e meditação. Essas práticas vão ajudar você a aumentar seu sistema imunológico e regular sua resposta ao estresse. A meditação, por exemplo, permite que sua mente e corpo deem um “reset” na vida cotidiana.
  6. Quando ficar doente, descanse - quando seu sistema imunológico estiver em baixa e você ficar doente, isso significa que seu corpo precisa descansar, por isso não tente se forçar a ir trabalhar mesmo assim. Isso só vai piorar os seus sintomas de estresse no trabalho. Mesmo sendo difícil deixar o trabalho em alguns momentos importantes, procure ficar em casa e descansar o máximo que puder. Coloque sua saúde em primeiro plano na vida! Você irá voltar ao trabalho muito mais tranquilo.
  7. Faça pequenas pausas ao longo do dia - levante-se para ir ao banheiro ou encher a garrafa d'água, caminhe um pouco ou ouça uma música. Isso ajudará a criar um momento descontraído no seu dia, fazendo com que seja mais fácil retomar as atividades sem aumentar seu nível de estresse no trabalho.
  8. Pratique ginástica laboral - ao longo do dia, tente fazer pequenos alongamentos para reduzir a tensão sobre seu corpo. Se você trabalha sentado, levantar e esticar as pernas ajuda a melhorar a circulação, assim como puxar os braços para frente ou para trás. Para quem trabalha em pé, é interessante fazer exercícios para a lombar (como deitar e aproximar os joelhos da barriga) ou mesmo alongar as pernas puxando-as para cima uma de cada vez.
  9. Exija que sua empresa aplique os princípios da ergonomia no ambiente de trabalho - se você for o dono da empresa, não se esqueça da ergonomia. A ergonomia está relacionada a fatores como conforto, segurança e eficiência, que estão diretamente ligados à performance no ambiente de trabalho e ao bem-estar. Afinal, o simples fato de não ter uma cadeira apropriada para o tamanho do trabalhador já aumenta e muito o estresse no trabalho.

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail