Consciência ambiental: o que é, exemplos e importância

eCycle

Entenda por que a consciência ambiental é importante e descubra como adotar um estilo de vida mais sustentável

Consciência ambiental
Imagem editada e redimensionada de Sylvie Tittel, está disponível no Unsplash

A consciência ambiental é importante porque tem efeitos positivos na para o planeta e para a qualidade de vida das pessoas. Uma das coisas mais importante que a consciência ambiental faz é informar as pessoas sobre os perigos do consumo excessivo que praticamos no dia a dia. Essa conscientização envolve tópicos como saúde ambiental, desenvolvimento sustentável e aquecimento global.

A saúde ambiental é definida como “aspectos da saúde humana que são determinados por fatores físicos, químicos, biológicos, sociais e psicológicos do meio ambiente”. Isso significa que um ambiente saudável resulta em pessoas saudáveis. Por isso, organizações, empresas e governos devem ter muito cuidado com a reciclagem e o descarte de materiais.

Por que a consciência ambiental é tão importante?

É inegável que a ação humana tem sido, ao longo da história, responsável por danificar o meio ambiente. O fato de as emissões de gases do efeito-estufa terem aumentado em mais de um terço desde a Revolução Industrial destaca nosso efeito nocivo sobre o planeta. Portanto, é nossa responsabilidade ampliar cada vez mais nossa consciência ambiental e mudar nosso comportamento.

O crescimento das emissões de gases de efeito-estufa contribui para as mudanças climáticas e agrava o problema do aquecimento global. Esses gases também resultam em contaminação do ar, água e solo. A poluição afeta a qualidade das refeições, o que pode gerar ingestão de substâncias tóxicas. A má qualidade do ar representa riscos graves para a saúde humana.

O desmatamento é outro exemplo de como a ação humana está impactando o meio ambiente. As florestas fornecem matérias-primas como alimentos e medicamentos. As árvores também são um importante "sumidouro de carbono", o que significa que ajudam a equilibrar as concentrações de dióxido de carbono do ar, absorvendo-o por meio da fotossíntese. Com menos árvores, estamos aumentando o efeito estufa e, consequentemente, as temperaturas globais. Esse fenômeno causa mudanças climáticas extremas, como furacões, secas e inundações.

Questões como as mudanças climáticas também estão colocando muitas espécies em risco de extinção, uma vez que elas não podem se adaptar às novas condições climáticas. Todos os ecossistemas estão interligados, de modo que a extinção de uma espécie que pode parecer insignificante tem consequências substanciais para a humanidade. Por outro lado, contamos com esses ecossistemas e com a natureza para nos fornecer água limpa, ar respirável e alimentos saudáveis. E todos esses recursos estão ameaçados por mais um problema causado pela ação humana: o lixo.

Como resultado, as práticas verdes visam aumentar a consciência nas sociedades e organizações sobre as consequências de se manter um estilo de vida que ignore a preservação dos recursos naturais e do planeta. Uma delas são as doenças ambientais, que incluem problemas respiratórios em virtude da poluição e doenças infecciosas causadas pelo aquecimento global.

As Nações Unidas definem o desenvolvimento sustentável como “desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades”. A organização inclui o combate à pobreza, à fome e à falta de água e de alimentos como objetivos essenciais do desenvolvimento sustentável.

Os combustíveis fósseis estão prejudicando o meio ambiente e um dos muitos desafios que as organizações enfrentam hoje é a implementação de estratégias verdes com energias renováveis. Eles podem ser difíceis de implementar, mas compensam o incômodo e o custo iniciais. O resultado final é que as organizações devem planejar o futuro, que é um componente essencial da consciência ambiental.

Já o aquecimento global é a ameaça mais presente ao nosso planeta. Por isso, é importante que indivíduos e organizações se engajem em reduzir a pegada de carbono, procurando evitar o uso de papel, reciclando o máximo de materiais possíveis, diminuindo o consumo de energia e adotando meios de transporte ecologicamente corretos, entre outras atitudes sustentáveis e fáceis de serem aplicadas no cotidiano.

Um dos tópicos mais importantes da consciência ambiental é a opção por hábitos, padrões de consumo e estilo de vida que ajude a preservar o meio ambiente. Nesse sentido, ter atitudes sustentáveis significa estar atento às necessidades do meio ambiente e fazer escolhas que não sejam prejudiciais ao planeta. Por exemplo, isso pode significar a compra de uma garrafa de água de vidro ou cerâmica em vez de garrafas de plástico descartáveis.

O plástico pode levar até 400 anos para se decompor na natureza, e um dos problemas mais graves do nosso tempo é a presença de toneladas de microplásticos que atingem os oceanos diariamente, atingindo a fauna, a flora e a saúde humana. Uma atitude sustentável também envolve, por exemplo, escolher um produto natural para cuidar dos cabelos, em vez de um spray aerossol que contenha produtos químicos tóxicos.

Consciência ambiental: exemplos de atitudes sustentáveis

Casas eco-friendly

Já citamos alguns exemplos de consciência ambiental, mas vamos dar uma olhada em mais alguns. Casas e materiais de construção ecológicos são ideais para começar. Nos últimos anos, alguns países tornaram-se mais conscientes a respeito de materiais de construção prejudiciais, como amianto, tinta à base de chumbo, tubos de chumbo e outros.

As pessoas podem demonstrar consciência ambiental optando pelo uso de materiais de construção naturais e que não prejudiquem o meio ambiente. Madeira, pedra, tijolo, cobre e outros materiais são escolhas excelentes.

Economizar energia e água

Economizar energia é outra forma de demonstrar consciência ambiental. Uma maneira fácil de conservar energia é desligar as luzes quando não estiverem em uso. Algumas pessoas chegam a instalar painéis solares e outros tipos de fontes alternativas de energia. Há muito potencial para que a energia solar se torne dominante e eficiente no futuro.

Acompanhar a conservação de energia é a conservação da água. As pessoas devem ter cuidado para não desperdiçar água deixando a torneira aberta enquanto escovam os dentes. A água é um recurso natural valioso. Em muitas partes do mundo, a água potável é escassa. Estar atento a isso é um grande passo para demonstrar consciência ambiental.

Compras, reciclagem e ativismo

Algumas pessoas optam por comprar roupas e produtos que contenham fibras e materiais naturais, em vez de sintéticos. Obviamente, a reciclagem é outra grande parte da demonstração da consciência ambiental. Algumas pessoas tornam-se ativistas, engajando-se em projetos que envolvam manifestações de rua, educação ecológica ou direito ambiental, por exemplo.

Os humanos têm o dever moral de proteger o meio ambiente e promover o desenvolvimento sustentável do mundo para as gerações futuras. A degradação ambiental é prejudicial e põe em risco a saúde e a segurança de criaturas, plantas e pessoas a longo prazo. Agora, mais do que nunca, consciência ambiental é saber que cada atitude que tomamos tem impacto no meio ambiente. Por isso, cada escolha importa.

Além da atitude individual, governos e organizações devem empreender esforços para promover a conscientização ambiental, por meio de cartilhas, avisos, artigos, políticas públicas e outras ações que coloquem a sustentabilidade como pauta central da coletividade.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×