Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda mais sobre a varicela, seus sintomas e tratamento

A varicela, conhecida popularmente como catapora, é uma infecção causada pelo vírus varicela-zoster (VVZ). Ela causa pequenas erupções cutâneas acompanhadas de uma coceira característica da doença. Embora altamente contagiosa, existem vacinas que ajudam a proteger crianças da infecção — o grupo mais suscetível a contraí-la.

Apesar de ocorrer 90% dos casos em crianças com menos de dois anos de idade, a varicela também pode ser contraída em todas as idades. Em adultos, os casos da doença são mais severos, podendo levar à complicações ou até a morte em pessoas imunocomprometidas. 

O seu contágio ocorre facilmente e pode ser feito pelo ar, na inalação de partículas que vem das bolhas da varicela ou pelo contato em superfícies onde essas partículas alcançaram. A doença infecciosa é mais contagiosa durante os primeiros dias antes da aparição das erupções e até que todas as bolhas estejam cicatrizadas e secas. 

Após contraído, o vírus da varicela permanece latente nos gânglios neurais. Em 10% ou 20% das vezes, ele é reativado e pode resultar no aparecimento de herpes zóster

A varicela, na maioria das vezes, é contraída apenas uma vez. Porém, em alguns casos, algumas pessoas podem ser infectadas novamente. 

Sintomas

Os sintomas da varicela ocorrem normalmente entre 10 e 21 dias da exposição do vírus. O primeiro sinal é a sensação de mal-estar, seguida de: 

  • Dores no corpo 
  • Febre
  • Fatiga
  • Perda de apetite
  • Enxaqueca
  • Erupções cutâneas

As erupções cutâneas resultantes da varicela são os principais sintomas na identificação da doença, elas aparecem pelo segundo dia dos sintomas e se desenvolvem em três fases:

  • Primeira fase: formação de inchaços vermelhos, elevados e que coçam chamados de pápulas. Elas podem aparecer em todo o corpo, mesmo nos olhos, boca e nas genitais. 
  • Segunda fase: os inchaços viram pequenas bolhas cheias de líquido chamadas de vesículas. As vesículas duram cerca de um dia até estourarem e começarem a vazar. 
  • Terceira fase: as feridas abertas deixadas pelas vesículas se transformam em crostas e cicatrizam.

Mesmo com a cicatrização, novas pápulas e vesículas podem se formar pela pele. Um paciente com catapora geralmente apresenta as três fases de erupções cutâneas de uma só vez. O contágio só é interrompido após a cicatrização do último machucado. 

Tratamento

O tratamento da varicela, como supervisionado por profissionais da saúde, é feito a partir dos sintomas. Na maioria das vezes ele envolve o consumo de analgésicos para a dor ou aplicações de pomadas nas erupções. 

Entretanto, grande parte do tratamento da catapora é feito em casa, uma vez que a doença dura entre cinco a dez dias e desaparece sozinha. Algumas dicas são:

Não coçar as erupções

Embora difícil, não coçar as feridas da catapora é importante para evitar infecções bacterianas na pele e cicatrizes. Para acalmar a pele, é recomendado o uso de hidratantes hipoalergênicos, o uso de roupas leves (preferencialmente de algodão) e  a ingestão de anti-histamínicos — de acordo com a recomendação médica. 

Mantenha-se resfriado 

O calor e, consequentemente, o suor, podem agravar a coceira. Desse modo, além de usar roupas mais leves, escolha, preferencialmente, um local mais fresco para descansar. O uso de panos molhados nas erupções também pode ajudar no alívio da coceira. 

Mantenha-se hidratado 

Beber água ajuda o corpo a se livrar do vírus mais rápido. Evite outros líquidos além da água, especialmente em casos de feridas e erupções na boca. 

Complicações 

Na maioria das vezes, a varicela é uma doença leve, mas pode levar à complicações como: 

  • Pneumonia
  • Desidratação
  • Inflamação do cérebro (encefalite)
  • Síndrome de Reye em crianças e adolescentes que tomam aspirina durante a varicela
  • Síndrome do choque tóxico
  • Morte

Apesar da ida ao médico ser essencial na procura de um tratamento, algumas complicações exigem uma análise mais profunda. Contate seu profissional de saúde se apresentar: 

  • Erupções nos olhos
  • Erupções quentes, vermelhas e sensíveis — o que indica infecções
  • Tontura
  • Tremores
  • Perda de coordenação muscular
  • Vômito
  • Falta de ar
  • Desorientação
  • Batimento cardíaco acelerado

Riscos

Os maiores riscos de contração são em crianças, pessoas não vacinadas, que nunca contraíram o vírus e que trabalham ou convivem com crianças. Por outro lado, pessoas imunocomprometidas, adolescentes, pessoas que tomam esteroides para o tratamento de outras doenças, fumantes e gestantes que nunca se vacinaram ou nunca tiveram varicela também são mais suscetíveis. 

Prevenção 

A única forma de prevenção segura da varicela é a vacina. A vacina é recomendada para a imunização de crianças e deve ser administrada com base nas recomendações do Ministério da Saúde.