Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Usar tinta natural para cabelo é uma forma simples e acessível de tingir os fios de cabelo sem usar químicos

Tinta natural para cabelo é uma alternativa para a tinta química comumente utilizada para colorir o cabelo. Pessoas que costumam mudar a cor natural do cabelo também usam  químicos feitos especialmente para esse fim. No entanto, esses componentes podem ser nocivos para a saúde humana. Existem opções naturais de tinta que oferecem o mesmo resultado de forma saudável.

A tinta natural para cabelo é feita majoritariamente  de alimentos naturais, como frutas e vegetais. Esses produtos costumam ter uma cor forte ou são ácidos, o que ajuda na hora de tingir e descolorir os fios.

Apesar de não trabalhar da mesma maneira que as tintas químicas, a tinta natural para cabelo é uma boa alternativa para quem está tentando fugir das substâncias nocivas para a saúde. O seu uso mantém a saúde do couro cabeludo, principalmente daquele que já foi danificado em excesso.

Tintas permanentes, semipermanentes e temporárias

As tintas de cabelo sintéticas podem ser divididas em três categorias: temporárias, semipermanentes e permanentes. As tintas temporárias só penetram a haste capilar, o que faz com que ela dure apenas até a primeira lavagem do cabelo com xampu. Já a tinta semipermanente vai um pouco mais fundo na haste capilar, e pode durar entre quatro  a 12 lavagens. 

As tintas permanentes são mais resistentes à lavagem com xampu. Afinal, elas causam uma mudança química que permite uma penetração maior da tinta no fio de cabelo, descolorindo a melanina natural e criando moléculas coloridas que se prendem dentro da haste capilar. Essas alterações químicas podem resultar no dano dos fios.

Riscos da tinta sintética

Geralmente, as tintas sintéticas permanentes são aquelas que apresentam um maior risco à saúde. Sua composição contém um agente alcalinizante, como a amônia, um oxidante, como o peróxido de hidrogênio, e um intermediador primário, como a parafenilenodiamina. Todos esses químicos são responsáveis pela ação da tinta permanente de penetrar a haste capilar e criar as moléculas de cor dentro dela. 

Além dos impactos negativos da tinta sintética no cabelo, ela também tem diferentes ingredientes químicos que podem causar problemas de pele. Um exemplo disso é o seu intermediador primário, a parafenilenodiamina, que em contato com a pele humana pode causar irritação, vermelhidão, coceira e queimação. 

Algumas pessoas também podem acabar apresentando efeitos colaterais, como reações alérgicas. Os principais sintomas de alergia pela tinta sintética são rosto e pescoço inchados, que podem causar dificuldade na respiração. É normal que essas reações apareçam até um dia após o contato da tinta com a pele

Para aplicar esses produtos, é recomendado o uso de luvas, não apenas para evitar a sujeira, como também para evitar o contato da pele com as substâncias tóxicas. Ao utilizar luvas descartáveis, é imprescindível que elas sejam descartadas após o uso para evitar a infecção pelos componentes que ficam no material. 

Substitua a tinta sintética

Como já foi explicado, a tinta sintética pode ser a criadora de diversos problemas de saúde. Sem falar que o excesso de uso dessa substância no cabelo pode acabar causando cortes químicos — quando o cabelo quebra devido a quantidade de químicos — e fios desidratados. Para quem está tentando recuperar a saúde de seu couro cabeludo, talvez seja ideal começar a investir na tinta natural para cabelo.  

Por ser feita de produtos naturais, a tinta natural para cabelo, beneficia os fios devido as suas propriedades, como as vitaminas e minerais. Ela também é uma alternativa eco-friendly que pode ser produzida com materiais que você tem em sua cozinha. Confira abaixo a lista com diversos tipos de tinta natural para cabelo:

Suco de beterraba

O primeiro exemplo de tinta natural para cabelo é o suco de beterraba. Essa opção oferece uma cor vermelha escura, com tons frios, perfeito para quem gosta de fugir do clássico preto e castanho. A cor não será forte, mas irá deixar um tom avermelhado e sairá em algumas lavagens, assim como a tinta semi-permanente.

Para aplicar o suco de beterraba no cabelo você vai precisar:

  • Misturar o suco de beterraba com azeite ou óleo de coco;
  • Aplicar a mistura no cabelo e prendê-lo com plástico filme;
  • Deixe a tinta natural para cabelo descansar por uma hora antes de lavá-lo.

 Suco de cenoura

Essa opção de tinta natural para cabelo é para as pessoas que buscam uma tonalidade ruiva para os seus fios. A cor do suco de cenoura pode durar por algumas semanas, o tempo depende da cor natural do cabelo que vai receber a tinta natural. Para aplicar você vai precisar:

  • Misturar o suco de cenoura com óleo de coco ou azeite de oliva; 
  • Aplicar a mistura no cabelo;
  • Prender o cabelo com plástico filme e deixar descansar por uma hora;
  • Para finalizar, passe vinagre de maçã nos fios. Se a cor não ficar forte o bastante, repita o processo no outro dia.

Sálvia

A sálvia é uma planta medicinal com aparência de arbusto e folhas aveludadas. Ela funciona como tinta natural para cabelo para quem tem tons escuros, como castanho ou preto. Ela também ajuda a tonalizar cabelo grisalho, escondendo a cor. Para aplicar essa tinta natural,você vai precisar:

  • Mergulhar 1 copo de sálvia seca em ¼ de xícara de água fervente por pelo menos trinta minutos. Quanto mais tempo ficar, mais escura a tinta;
  • Deixar a água esfriar e escorrer a sálvia;
  • Depois de lavar e secar o cabelo, colocar a água de sálvia sobre ele e deixe ficar por bastante tempo;
  • É ideal que a tinta fique ao menos 15 minutos no cabelo antes de lavá-lo.

 Chá de camomila

O chá de camomila serve como uma maneira natural de descolorir o cabelo, ainda que de uma forma mais demorada e fraca. Essa opção é mais efetiva em pessoas que já têm cabelos loiros, mas que querem clareá-lo. Para usar o chá de camomila como tinta natural para cabelo, você vai precisar:  

  • Mergulhar ½ copo da flor da camomila em água fervente;
  • Misturar por meia hora e então escorra as flores;
  • Lavar o cabelo e então despejar o chá sobre ele pelo menos dez vezes;
  • Esperar ao menos 16 minutos antes de lavá-lo.

Café

Assim como a sálvia, a tinta natural para cabelo feita com café também serve para escurecer os fios. Ela também beneficia pessoas que querem escurecer ou mudar o tom de seus cabelos grisalhos. Para aplicá-la, é preciso:

  • Preparar um copo de café forte;
  • Misturar ½ xícara de café com duas colheres de grãos de café e 1 xícara de condicionador
  • Aplicar a mistura no cabelo lavado e seco;
  • Deixar a mistura descansar por pelo menos uma hora e lavar ao final;
  • Se necessário repita o processo.

Suco de limão

Outra maneira de descolorir o cabelo aos poucos é usando suco de limão. Porém, os resultados da descoloração por suco de limão são permanentes, ou seja, elas não irão sair com o tempo. O pigmento da região que essa tinta natural para cabelo é aplicada vai ser retirado, e as luzes deixadas só podem sair ao cortar os fios. Para fazer esse tipo de clareamento você precisa:

  • Colocar o suco de limão em uma garrafa de spray;
  • Borrifar o suco nas regiões do cabelo que você quiser;
  • Sentar no sol por um tempo, para melhorar os resultados;
  • Deixar o suco de limão por pelo menos uma hora e depois lave o cabelo.

É importante lembrar que o contato do limão com a pele pode resultar na irritação ou queimação da pele, principalmente na exposição ao Sol, portanto, todo o cuidado é necessário. 

Henna

Apesar de não ser conhecida por isso, a henna pode servir de tinta natural para cabelo. A henna é uma tintura natural considerada plant-based, que é comumente usada para a realização de tatuagens temporárias. Ela é vendida em forma de pó e é a opção mais duradoura e vibrante de tinta natural para cabelo. A cor dura aproximadamente seis semanas.

Para aplicá-la você precisa:

  • Misturar ½ copo de henna com ¼ de copo de água;
  • Conferir se o produto está corretamente misturado e com a aparência de uma massa consistente;
  • Cobrir a mistura com alumínio e deixar descansar por 12 horas;
  • Talvez seja necessária aplicar mais água depois das 12 horas, para que a tintura fique no cabelo;
  • Lavar o cabelo sem condicionador;
  • Aplicar óleo de coco sobre sua linha capilar, para que o produto não manche sua pele;
  • Aplicar a mistura em pequenas seções;
  • Prender o cabelo com plástico filme e deixar a cor pegar por duas horas, antes de lavar.

Canela

Assim como a beterraba, a canela serve como uma tinta natural para cabelo de cor mais avermelhada. Essa coloração dura aproximadamente quinze dias nos fios. A seguir confira como aplicá-la ao cabelo:

  • Misture ½ copo de pó de canela com ½ copo de condicionador;
  • Aplique tudo sobre seu cabelo em seções;
  • Cubra os fios com alumínio e deixe agir por 45 minutos;
  • Depois que o tempo passar lave o cabelo com água morna.

Colorau ou urucum 

O colorau é um tipo de tempero que serve para colorir o alimento, ele é um pó retirado do fruto do ururcum que tem uma pigmentação bem forte. Ao aplicar no cabelo,ele irá deixar os fios com um tom avermelhado, mas próximo do laranja. Confira como fazer a aplicação:

  • Misture ½ copo de colorau com ½ copo de condicionador;
  • Aplique no cabelo e espere pelo menos uma hora;
  • Lave e seque o cabelo para finalizar.

Molho de soja e vinagre de maçã

A tinta natural para cabelo de molho de soja e vinagre de maçã também serve para escurecer cabelos claros e cobrir os grisalhos. Essa mistura pode ser aplicada pelo menos três vezes ao mês. Confira como fazer a aplicação:

  • Misture ½ copo de molho de soja e ½ copo de vinagre de maçã em um copo;
  • Lave e seque o cabelo;
  • Finalize esse processo aplicando um pouco da mistura nos fios.