Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Exercícios respiratórios para Covid podem ajudar na saúde dos pulmões

Os exercícios respiratórios para Covid são recomendados tanto para pacientes confirmados, como uma técnica que ajuda prevenir complicações em diagnósticos futuros. Além disso, eles podem diminuir a severidade dos sintomas da doença. 

É importante lembrar, contudo, que os exercícios respiratórios para Covid não agem como preventivos e nem impedem que alguém contraia a doença. Eles não substituem de maneira nenhuma o uso de máscara, distanciamento social e nem as vacinas.  As vacinas são essenciais para a saúde geral e ajudam a proteger não só um indivíduo, como toda uma população, de doenças perigosas.

Esses exercícios ajudam a fortalecer os pulmões, que deixam o órgão mais eficiente não só em seu funcionamento, mas também para lutar contra o coronavírus. Embora especialistas sugiram que qualquer exercício que consiga aumentar os batimentos cardíacos é válido, os mais indicados são os que envolvem atividade física. Caminhar por alguns minutos ou andar de bicicleta são alguns deles. 

A atividade aeróbica, por exemplo, consegue ativar as partes mais profundas do pulmão, que não são usadas quando se é sedentário. Essa movimentação ajuda a limpar secreções ou poluentes que foram inspirados, e diminui o risco de infecções ou pneumonia. 

Porém, pacientes diagnosticados com Covid devem diminuir o seu contato com o mundo afora, para evitar a contaminação de outras pessoas. Por isso, os exercícios respiratórios podem ser essenciais para uma boa recuperação. 

A respiração profunda pode ajudar a restaurar o diafragma e a aumentar a capacidade dos pulmões, além de diminuir sentimentos recorrentes da ansiedade e do estresse.

Precauções

Mesmo sendo indicados para pacientes em recuperação, os exercícios respiratórios para Covid não são indicados para pessoas que apresentam os seguintes sintomas: 

  • Febre
  • Falta de ar ou dificuldade em respirar enquanto descansa
  • Palpitações

Além disso, os exercícios devem ser parados imediatamente se você sentir: 

  • Tontura
  • Dor no peito
  • Fadiga excessiva
  • Batimento cardíaco irregular
  • Falta de ar mais do que o normal

Exercícios

A respiração diafragmática fortalece os pulmões usando o diafragma. Porém, a recuperação do Covid-19 não deve ser apressada e os exercícios devem ser feitos com moderação. 

Respiração profunda de costas

  1. Deite de costas no chão ou em alguma superfície plana e dobre seus joelhos para que eles também fiquem apoiados.
  2. Coloque as mãos ou envolva os braços no estômago.
  3. Feche a boca e coloque a língua no céu da boca.
  4. Respire pelo nariz e puxe o oxigênio para a barriga, onde suas mãos estão. Se conseguir, estenda até que seus dedos se separem um pouco.
  5. Expire lentamente pelo nariz.
  6. Repita por um minuto.

Respiração com os lábios franzidos

  1. Relaxe em uma posição sentada, sem contrair os músculos do pescoço ou costas.
  2. Respire várias vezes pelo nariz com a boca fechada.
  3. Antes de exalar, franzir os lábios como se fosse apagar uma vela e expire lentamente. 
  4. Tente exalar por mais tempo que você inalou. 
  5. Repita várias vezes

Respiração Qi Gong

  1. Sente ou deite em uma posição confortável. 
  2. Relaxe os músculos do rosto, pescoço, mandíbula e ombros.
  3. Coloque a ponta da língua contra os dentes da frente. 
  4. Endireite as costas.
  5. Feche os olhos.
  6. Respire normalmente por alguns minutos.
  7. Coloque uma mão no peito e a outra no abdômen. 
  8. Respire lentamente pelo nariz, sentindo o peito e as costelas se expandirem. É importante que seu estômago se expanda contra sua mão. 
  9. Exale. 
  10.  Continue por nove ou dez vezes.