Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Missô é um ingrediente feito a partir da fermentação de leguminosas

Muito utilizado na culinária japonesa, o missô é um ingrediente feito a partir da fermentação de leguminosas (em especial, soja, arroz ou cevada) que rende diversas receitas. Mas você sabia que ele também proporciona inúmeros benefícios à saúde? Entenda!

O missô tradicional é uma espécie de pasta preparada a partir da soja. Entretanto, também existem versões que envolvem outros grãos e leguminosas, como arroz, cevada, grão-de-bico, feijão-andu, canjica e biomassa de banana verde. Essa pasta costuma ter uma consistência granulada e pode variar de cor – do amarelo claro ao marrom escuro (depende dos ingredientes usados no preparo).

De maneira geral, o missô pode ser utilizado para aperfeiçoar diferentes receitas, como sopas, saladas e molhos.

Valor nutricional do missô

O missô tem um alto valor nutricional, atuando como parte fundamental da dieta. Ele é fonte de vitaminas do complexo B, que são indispensáveis para o funcionamento dos sistemas nervoso e cardiovascular. Além disso, o missô possui forte ação antioxidante (ajuda a fortalecer a imunidade e prevenir o envelhecimento celular), além de ser rico em minerais essenciais, como potássio, ferro e cálcio.

O missô também é rico em probióticos, micro-organismos vivos que proporcionam benefícios para a saúde e são essenciais para o equilíbrio da microbiota intestinal. A boa saúde do intestino, mantida por bactérias benéficas que compõem a microbiota, está relacionada à manutenção da saúde de todo o organismo.

Probióticos

Diversos estudos comprovam que os micro-organismos presentes na microbiota auxiliam no combate a doenças inflamatórias, no fortalecimento do sistema imunológico e na prevenção do desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. Além disso, essas bactérias ajudam a digerir os alimentos, destruir micro-organismos causadores de doenças e produzir vitaminas.

Para garantir esses benefícios, no entanto, é essencial consumir alimentos probióticos. 

Preparação do missô

No livro “A Arte da Fermentação”, Sandor Katz caracteriza o missô como uma “pasta japonesa fermentada de leguminosas”. O purê dessa leguminosa é misturado com koji (cereal inoculado com o bolor Aspergillus oryzae), sal e, por vezes, um missô maduro, a “semente de missô”, para estimular o processo de fermentação.

Preparado de maneira tradicional, ou seja, a uma temperatura de 45° C, o missô leva cerca de seis meses para ficar pronto. No entanto, esse tempo pode ser encurtado elevando a temperatura para 60° C. 

Como preparar sopa de missô?

Prato comum na culinária japonesa, a sopa de missô (missoshiru) é nutritiva, saborosa e funciona como fonte de fibras, minerais, vitaminas e antioxidantes. De modo tradicional, ela é feita com missô, dashi (caldo de peixe), vários legumes e especiarias. Confira como fazer:

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 1 pacote de dashi (tempero japonês);
  • 3 colheres de sopa de missô (basta comprar a massa já pronta);
  • ½ cebola picada;
  • 1 repolho pequeno fatiado;
  • 1 ramo de cebolinha picado;
  • 250 g de tofu cortado em cubos;
  • Azeite de oliva.

Modo de preparo

Comece refogando a cebola e o repolho em uma panela com azeite. Em seguida, acrescente a água, espere ferver, coloque o tofu picado e misture por aproximadamente cinco minutos. Em um pote separado, misture o missô com o dashi. Depois, jogue essa mistura dentro da panela e mexa por mais alguns minutos. Na hora de servir, coloque o caldo em potes e jogue a cebolinha picada por cima.