Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Menstruação escura é, na maioria dos casos, uma ocorrência normal. Entenda quando se preocupar

A menstruação escura é motivo de preocupação, mas na maioria dos casos é uma ocorrência normal. Cada período menstrual tem sua particularidade, podendo apresentar mudanças na consistência e cor de um mês para o outro. Pode ser ralo e aguado em um dia e espesso e grosso no outro. Pode ser vermelho vivo ou marrom tipo borra de café.

A menstruação escura geralmente ocorre no final do ciclo, pois é nesse período que o sangue menstrual deslocado das partes do útero fica mais “velho”, já tendo sido, em parte, oxidado. Às vezes podem aparecer manchas e secreção marrom no meio do ciclo, durante a ovulação. Isso é mais comum em jovens que estão começando a menstruar, e em quem começa a fazer uso de pílula anticoncepcional ou que estão perto da menopausa

Quando devo me preocupar

Se houver sangramento no meio do ciclo menstrual talvez é preciso procurar orientação médica. Além disso, quando a menstruação escura vier acompanhada de sintomas como menstruação que dura mais de uma semana, dor na vagina, dor na região pélvica, febre e fadiga é necessário buscar orientação profissional.

Fique atenta também se o corrimento marrom ocorrer durante os menos de 21 dias entre os períodos ou mais de 35 dias entre os períodos; se o corrimento aparecer no meio de uma ausência de menstruação de mais de três meses; se aparecer depois de uma relação sexual, se aparecer após a menopausa; se vier acompanhado de sangramento além do seu ciclo normal; se surgir após a colocação de Dispositivo Intrauterino (DIU) e se você estiver fazendo uso do medicamento tamoxifeno para tratar câncer de mama.

Síndrome dos ovários policísticos (SOP)

A síndrome dos ovários policísticos (SOP) também pode causar secreção marrom durante a menstruação. Ela pode estar relacionada a ciclos irregulares, obesidade, acne, infertilidade, manchas na pele e cistos nos ovários. Se a menstruação escura vier acompanhada desses sintomas procure orientação médica. A SOP não tratada pode levar a quadros de diabetes tipo 2, infertilidade e problemas cardíacos.

Infecção

A menstruação escura também pode ser um sinal de infecções como candidíase, gonorreia ou clamídia. Em casos raros pode ser causada por câncer cervical.

Menstruação escura
Imagem de Aunt Flow em Unsplash

Corrimento marrom na gravidez

Apresentar sangramento de cor marrom na gravidez pode ser perigoso. Sangramento leve ou corrimento marrom no início da gravidez é comum, mas se um deles ocorrer durante a gravidez é necessário procurar orientação médica ou de uma doula, pois pode ser sinal de aborto espontâneo. Na gravidez, é preciso se preocupar se o corrimento vem acompanhado de dor abdominal, cólica, dor no ombro, tontura, fraqueza, desmaio e náusea.

Algumas substâncias, incluindo cigarros, álcool e drogas ilícitas como maconha ou cocaína, podem causar abortos espontâneos. É recomendável que você evite todas essas substâncias completamente durante a gravidez.

Uma secreção semelhante que varia em cor, chamada de lóquios, pode aparecer depois que você tem um bebê. Siga as instruções do seu médico ou parteira sobre quando fazer o acompanhamento.

A secreção marrom também pode ocorrer frequentemente após um aborto. Se você fez um aborto recentemente, siga as instruções que lhe foram dadas sobre quem e quando ligar com os sintomas.

Corrimento marrom e menopausa

O corrimento marrom é comum logo no início da menopausa, período conhecido como perimenopausa. A menopausa começa oficialmente após 12 meses desde a última menstruação. A partir desse período não é comum apresentar nenhum tipo de secreção escura. Sangramento após a chegada da menopausa pode ser um sinal de problemas como vaginite atrófica, pólipos uterinos ou câncer. Nesse caso, procure orientação médica.