Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

De acordo com a ciência, qual o melhor horário para fazer exercícios, de manhã ou à noite?

Se você está passando por um regime de perda de peso que inclui se exercitar já deve ter pensado “mas, afinal, qual o melhor horário para fazer exercícios?”. Existem dois lados dessa questão, que vem com seus prós e contras. 

Muitas pessoas defendem seu horário de exercício com o “melhor”, porém, existe algum embasamento científico que prove sua eficiência? Aparentemente sim, dependendo do resultado desejado. 

Qualquer exercício físico apresenta benefícios, tanto para a perda de peso quanto para a saúde em geral. Porém, alguns de seus efeitos são mais eficientes dependendo do horário em que são feitos. 

Por que se exercitar?

Os exercícios físicos são uma parte importante para um estilo de vida saudável. Junto com a alimentação, esses hábitos contribuem para o melhor funcionamento do organismo, além de reduzir os riscos de algumas doenças e condições, como a diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, um adulto de 18 a 64 anos precisa fazer de 150 a 300 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada ou de 75 a 150 de intensidade vigorosa por semana. Isso equivale a cerca de 30 minutos por dia, cinco ou sete dias por semana. 

Ritmo circadiano

A discussão sobre o melhor horário para fazer exercícios, muitas vezes, é derivada do papel do ritmo circadiano no corpo. O ritmo circadiano é o período de cerca de 24 horas sobre o qual o ciclo biológico de quase todos os seres vivos se baseia e que domina tudo o que fazemos. 

O que a ciência diz

Pensando no ritmo circadiano, e em como todas as moléculas do organismo trabalham em um ritmo similar, cientistas começaram a observar as diferenças entre se exercitar à noite e de dia. Em um estudo feito com ratos de laboratório, que são animais noturnos, foi notado que esses animais apresentavam mais resultados durante a noite.

Quando os animais começaram a se exercitar no começo de seu período ativo, que é o equivalente à nossa manhã, os cientistas observaram que diversas moléculas se alteram, aumentando ou diminuindo de número após os exercícios. Além disso, foi possível observar que esse processo se repetia por todo o organismo, o que sugere que os tecidos se comunicam entre si. 

As mudanças sinalizam a dependência do corpo no que diz respeito ao “combustível” gasto durante os exercícios. De manhã sendo a gordura e de noite sendo o açúcar. 

Novas pesquisas devem ser feitas para associar esses resultados com seres humanos, porém, se eles forem os mesmos, já temos uma resposta para a pergunta inicial. Qual é o melhor horário para fazer exercícios? Depende. Se você deseja perder peso, de manhã. E se deseja regular os níveis de açúcar no sangue, à noite. 

Porém, toda forma de exercício é benéfica. Seja de manhã, tarde ou noite, encontrar um tempo que funciona para sua rotina já é de grande importância para a saúde. 

Outros benefícios

Manhã

Além da perda de peso, os exercícios matinais também podem te ajudar a: 

  • Estabelecer uma rotina de exercícios
  • Melhorar seu humor ao longo do dia
  • Melhorar a qualidade do seu sono
  • Se tornar mais produtivo

Noite

Os exercícios noturnos também são bons para:

  • A construção da musculatura, já que os hormônios necessários para que isso aconteça estão mais ativos durante a noite
  • Aliviar o estresse
  • Substituir hábitos ruins como assistir televisão
  • A melhora da performance física