Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Conheça armadilhas de moscas que usam iscas naturais e são totalmente atóxicas

Se as moscas te incomodam muito, mas você abomina o uso de inseticidas por causa da toxicidade desse tipo de produto, uma opção sustentável pode ser uma boa solução. Você pode fazer seu próprio papel pega moscas (aprenda aqui), fazer uma armadilha ecológica para moscas (aprenda aqui), ou buscar alguma armadilha para moscas existente no mercado.

Atualmente, existem armadilhas para moscas que não usam nenhum tipo de produto químico em sua composição. As armadilhas normalmente possuem quatro compartimentos: a torre (por onde as moscas entram), a tampa (armação da armadilha), cone de malha (evita a saída das moscas, uma vez que elas tenham entrado) e a bolsa (que comporta as iscas).

O sistema de quase todas as armadilhas funciona basicamente da mesma forma. Em geral, uma substância atrativa conduz os insetos para dentro do recipiente, onde eles acabam presos e morrem. O material acumulado (iscas e moscas) pode ser utilizado como adubo natural em suas plantinhas, como ração para peixes e aves.

As armadilhas são muito eficazes para controlar a população de insetos, mesmo quando eles se tornaram resistentes a inseticidas.

Para fazer a preparação, basta adicionar água morna ao produto e colocá-lo na parte de fora da casa, a cerca de dez metros do ponto principal a ser protegido, e a uma distância de 1,5 metro do solo – de preferência sob a luz direta do sol.  O calor natural ativa a isca e faz com que o cheiro atrativo fique no ar. Quanto mais quente o clima, mais rápido esse processo ocorre. Em tempo fresco, o efeito pode demorar dois dias para se iniciar, mas no frio esse tempo aumenta. As armadilhas duram de quatro a seis semanas e podem capturar até 20 mil moscas.


Veja também: