Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Evento promove discussões mais amplas a respeito do tema de forma interdisciplinar no âmbito da Universidade (crédito: PRCEU)

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

Por ESALQ USP  O grupo de trabalho “Políticas Públicas de Combate à Insegurança Alimentar e à Fome”, criado pela Reitoria da USP em setembro deste ano, realizará o 1º Seminário USP de Combate à Insegurança Alimentar e à Fome, evento virtual marcado para 2 de dezembro, entre 8h30 e 13h.

Sob coordenação da Professora Silvia Helena Galvão de Miranda, do Departamento de Economia, Administração e Sociologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), a iniciativa visa desenvolver pesquisas sobre insegurança alimentar, alimentação sustentável, subnutrição e combate à fome e, assim, propor políticas públicas e ações concretas para a melhoria da situação nutricional das populações mais vulneráveis e para a mitigação dos problemas sociais decorrentes desses problemas.

O Seminário, com participação de pesquisadores e especialistas de diversas Unidades da USP, trabalhará com três eixos temáticos: ‘Conceitos, mensuração e identificação’, ‘Políticas públicas e ações coletivas’ e ‘Tecnologia e gestão para a mitigação da insegurança alimentar’. Discussões que irão aprofundar o tema em suas diferentes vertentes, permitirão que tanto a comunidade universitária como também parceiros, empresas e governos se engajem, contribuam e participem na interlocução desejada pelo grupo.

Vale destacar que em maio deste ano, a USP realizou o “Simpósio USP Políticas Públicas para o Combate a Fome”, que deu início as discussões mais amplas a respeito do tema de forma interdisciplinar no âmbito da Universidade. O evento, promovido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, foi um dos marcos que demonstraram a amplitude e o potencial desse assunto, levando à criação do atual grupo de trabalho. O Simpósio também deu origem ao livro Políticas públicas contra a fome, que será lançado neste “1º Seminário USP de Combate à Insegurança Alimentar e à Fome”.

A participação é aberta a todos interessados, sem a necessidade de inscrição prévia, a partir do canal do YouTube da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP (https://www.youtube.com/c/proreitoriadeculturaeextensaodausp). A transmissão vai promover a interação ao vivo por meio do chat.

Proposta do grupo

Um dos objetivos do grupo de trabalho “Políticas Públicas de Combate à Insegurança Alimentar e à Fome” é a discussão sobre os sistemas alimentares e os conceitos de fome, segurança alimentar, soberania alimentar e outros relacionados, como perdas e desperdício de alimentos. O monitoramento e diagnóstico da situação é outra vertente dos debates, assim como a proposição de políticas públicas para o enfrentamento do problema.

A proposta é agir em conjunto com iniciativas já estabelecidas na formulação de políticas de combate à insegurança alimentar. Para isso, o grupo buscará ações que a USP possui em relação ao assunto, como grupos de pesquisa que atuam em comunidades e que estudam pobreza, fome, agricultura sustentável, desperdício de alimentos, mudanças climáticas, educação e saúde alimentares.

Paralelamente, deve buscar a atuação junto a órgãos de Estado, como o Observatório Contra a Fome na Cidade de São Paulo, o Conselho Estadual de Segurança Alimentar e a Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição, do Ministério da Saúde, entre outros.

Serviço:

1º Seminário USP de Combate à Insegurança Alimentar e à Fome

Data: 2 de dezembro de 2021 (quinta-feira)

Horário: 8h30 às 13h

Local: online com transmissão pelo YouTube da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP (https://www.youtube.com/c/proreitoriadeculturaeextensaodausp) .

Texto: Alicia Nascimento Aguiar | MTb 32531 | 26.11.2021