Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O que são os hidrotrióxidos orgânicos e quais seus efeitos na atmosfera?

Os hidrotrióxidos orgânicos são componentes químicos formados por três átomos de oxigênio, seguido por um átomo de hidrogênio. Com a fórmula química ROOOH, a descoberta desse componente na atmosfera foi realizada em 2022 em uma pesquisa realizada na Universidade de Copenhagen.

Anteriormente à sua descoberta, a presença de peróxido de hidrogênio na atmosfera deixava cientistas se ponderando sobre a possibilidade de existência de um químico contendo três oxigênios. O peróxido de hidrogênio é uma solução líquida sob a fórmula química H2O2, dissolvida em água. Ele é conhecido comercialmente como água oxigenada, sendo muito usado como antisséptico. Sozinha, a substância já é considerada reativa, inflamável e explosiva, portanto, a presença de hidrotrióxidos poderia indicar possíveis ameaças. 

Contendo um oxigênio a mais, os hidrotrióxidos são tão instáveis quanto o peróxido de hidrogênio, porém, seus efeitos são desconhecidos.  

Descoberta

Um grupo da Universidade de Copenhagen em conjunto com cientistas do Instituto Leibniz de Pesquisas Troposféricas (TROPOS) e o Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) comprovou a existência e formação desses componentes na atmosfera. 

De acordo com a pesquisa, os hidrotrióxidos são formados durante a decomposição atmosférica de outras substâncias, como o isopreno. Especialistas acreditam que quase todos os componentes químicos são capazes de formar os hidrotrióxidos na atmosfera e que sua vida útil pode variar de minutos a horas. 

Apesar de sua curta duração, os pesquisadores envolvidos na descoberta estimam que a sua presença na atmosfera significa que o ser humano está respirando bilhões dessas partículas por segundo. Porém, até novas pesquisas, não é necessário entrar em pânico. A descoberta, mesmo recente, só provou a existência dessas substâncias na atmosfera — elas sempre estiveram presentes, porém, imperceptíveis.

Aerossóis 

Outros dados da pesquisa possibilitaram outra teoria: é possível que os hidrotrióxidos sejam capazes de penetrar em aerossóis, formando outros compostos que podem ser prejudiciais se inalados. Os aerossóis são constituídos por partículas sólidas ou líquidas suspensas no ar ou em qualquer meio gasoso e que podem ser de origem natural ou produzidos a partir das ações humanas. As emissões dessas partículas podem apresentar diversas ameaças à saúde, desencadeando ou agravando doenças respiratórias. 

Aerosol. Imagem de Keiron Crasktellanos no Unsplash

Efeitos

Embora os hidrotrióxidos orgânicos sempre estiveram presentes na atmosfera, cientistas ainda não sabem os possíveis efeitos da exposição a essa substância. Novas pesquisas deverão ser feitas para determinar possíveis impactos ambientais e também na saúde humana. 

Contudo, o entendimento da presença desses componentes na atmosfera terrestre já possibilitam novos campos de estudo. As emissões liberadas por ações humanas, por exemplo, poderão ser estudadas com uma visão mais ampla, uma vez que a comprovação dos hidrotrióxidos na atmosfera foi revelada. Desse modo, cientistas poderão prever como essas ações impactam o planeta como um todo.