Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Equilibrada, saudável e saborosa, dieta indiana pode ser uma boa opção para quem deseja emagrecer com saúde 

A dieta indiana pode ser uma alternativa saborosa e muito nutritiva se você quer emagrecer com saúde ou adotar uma alimentação mais saudável. Rica em temperos vibrantes, ervas, especiarias e nutrientes de frutas e vegetais, é ideal para quem não abre mão do sabor, mas quer adotar uma dieta mais equilibrada.

De acordo com a antiga ciência indiana, a Ayurveda, a culinária indiana é completa e suficiente para nutrir todos os tipos de corpos. Para os indianos, o consumo de alimentos processados e industrializados não é necessário. Eles acreditam que legumes, grãos, frutas e vegetais são suficientes para saciá-los e mantê-los saudáveis no dia a dia.

A Índia é um país de população predominantemente vegetariana. Para os hindus, que compõem 80% do povo indiano, a vaca é um animal sagrado, por isso o consumo de carne bovina é altamente desincentivado. Muitos deles, aliás, não comem nenhum tipo de carne. No entanto, muitas pessoas ainda consomem carne de frango e de peixe.

A dieta básica da Índia consiste em roti, arroz, dal, chutney, picles, coalhada, lentilha, feijão e legumes. Os ingredientes que compõem a rotina alimentar indiana fornecem uma quantidade equilibrada de carboidratos, gorduras, fibras, proteínas e aminoácidos essenciais, com a vantagem extra do baixo teor de calorias.

Por que seguir uma dieta indiana à base de vegetais?

Segundo estudos, as dietas à base de plantas estão associadas a muitos benefícios à saúde. Entre esses benefícios, podemos destacar um menor risco de doenças do coração, diabetes e certos tipos de câncer, como câncer de mama e de cólon.

A indiana, em particular, tem sido associada a um risco reduzido de doença de Alzheimer, graças ao baixo consumo de carne e ênfase em vegetais e frutas. Além dos benefícios à saúde, essa rotina alimentar é favorável também para a perda de peso.

Quais alimentos a dieta indiana valoriza?

A dieta indiana é rica em como grãos, gorduras saudáveis, tubérculos, vegetais, laticínios e frutas. Na Índia, as escolhas alimentares da maioria das pessoas são baseadas na religião, especialmente o hinduísmo. Aliás, a religião hindu prega a não violência e defende que todas as coisas vivas sejam valorizadas igualmente. Daí a preferência por uma dieta lactovegetariana.

Especiarias como açafrão, feno-grego, coentro, gengibre e cominho conferem sabor e poderosos benefícios nutricionais às refeições. A cúrcuma, ou açafrão-da-terra, é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e anticancerígenas. 

Estudos revelam que a curcumina, um composto presente na cúrcuma, combate a inflamação no corpo, melhora a função cerebral e reduz os fatores de risco de doenças cardíacas. Confira mais benefícios da especiaria no vídeo abaixo:

As refeições e os lanches devem se concentrar em alimentos in natura, frescos e inteiros, aromatizados com ervas e especiarias. Também é uma boa ideia adicionar à sua dieta vegetais sem amido como verduras, berinjelas ou tomates, que são ricos em fibras e ajudam a manter a sensação de saciedade por mais tempo.

O que comer?

  • Ervas e especiarias: alho, gengibre, cardamomo, cominho, coentro, garam masala, páprica, açafrão, pimenta do reino, feno-grego, manjericão e muito mais
  • Legumes: tomate, espinafre, berinjela, mostarda, quiabo, cebola, melão amargo, couve-flor, cogumelo, repolho
  • Frutas: manga, mamão, romã, goiaba, laranja, tamarindo, lichia, maçã, melão, pera, ameixa, banana
  • Nozes e sementes: caju, amêndoas, amendoim, pistache, sementes de abóbora, sementes de gergelim, sementes de melancia e muito mais
  • Grãos: feijão mungo, feijão-fradinho, feijão-roxo, lentilha, leguminosas e grão-de-bico
  • Raízes e tubérculos: batata, cenoura, batata-doce, nabo, inhame
  • Grãos integrais: arroz integral, arroz basmati, painço, trigo sarraceno, quinoa, cevada, milho, pão integral, amaranto, sorgo
  • Laticínios: queijo, iogurte, leite, kefir, ghee
  • Gorduras saudáveis: leite de coco, laticínios integrais, abacate, óleo de coco, óleo de mostarda, azeite de oliva, óleo de amendoim, óleo de gergelim, ghee
  • Fontes de proteína: tofu, legumes, laticínios, nozes e sementes

O que beber seguindo a dieta indiana?

Uma maneira fácil de reduzir o consumo excessivo de calorias e açúcar é evitar refrigerantes e sucos industrializados. Além de nocivas para a saúde, essas bebidas são inimigas número um da perda de peso.

No lugar do refrigerante, você pode optar por água, água com gás e chás naturais sem açúcar (experimente os indianos Darjeeling, Assam e Nilgiri).

O consumo de bebida alcoólica também é altamente desincentivado, porque o álcool “incha”, adiciona muitas calorias extras à saúde e pode causar inflamações no estômago e no pâncreas. Além disso, o álcool aumenta os níveis de cortisol, um hormônio que quebra músculos e retém gordura no corpo.

O que devo evitar?

Para maximizar os efeitos da sua dieta indiana, recomendamos que você evite os seguintes grupos de alimentos:

  • Alimentos com alto teor de açúcar: doces, sorvetes, biscoitos recheados e industrializados, bolos, iogurte adoçado, cereais açucarados
  • Adoçantes: Jaggery, açúcar, mel, leite condensado
  • Molhos adoçados: molhos para salada com adição de açúcar, ketchup, barbecue
  • Alimentos ricos em gordura: sanduíches de fast-foods, como McDonald’s, alimentos fritos
  • Grãos refinados: pão branco, massa branca, biscoitos
  • Gorduras trans: margarina, vanaspati, fast-food, processados e ultraprocessados
  • Óleos refinados: óleo de canola, óleo de soja, óleo de milho