Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Entenda o papel que a cooperação desempenhou na evolução da espécie humana e por que ainda é fundamental

cooperação é importante porque permite que pessoas e grupos trabalhem juntos para atingir um objetivo comum ou obter benefícios mútuos. Ela existe em muitos níveis e ocorre entre indivíduos e organizações, bem como entre estados e países. Na evolução, ela desempenhou um papel fundamental na sobrevivência da espécie humana.

Um estudo realizado em 2010 revelou que, na maioria das vezes, o resultado de uma determinada tarefa pode ser melhorado quando duas pessoas se ajudam, em vez de trabalharem por conta própria.

Não há realmente nada de especial nesta descoberta: já em 1624, John Donne já popularizou a frase “Nenhum homem é uma ilha”. E isso é especialmente verdadeiro, seja no local de trabalho, na realização de pesquisas científicas ou no trabalho.

Um dos benefícios da cooperação é que as pessoas podem reunir suas habilidades e criatividade para um objetivo comum. Assim, elas têm uma chance maior de atingir o sucesso e alcançar uma meta conjunta.

Cooperação como estratégia humana de sucesso

A cooperação como estratégia de sucesso evoluiu tanto na natureza quanto na sociedade humana, mas compreender seu surgimento pode ser uma tarefa difícil. Os pesquisadores precisam abstrair as interações entre os indivíduos em fórmulas matemáticas para poder criar um modelo que possa ser usado para previsões e simulações.

No campo da teoria evolutiva dos jogos, eles frequentemente investigam as estratégias dos jogadores em um jogo simples de dar e receber benefícios. Essas estratégias dizem aos jogadores como se comportar em uma determinada interação.

As descobertas dos cientistas contradizem a narrativa de que apenas os mais fortes e egoístas prosperam e sobrevivem. Em vez disso, eles mostram como a cooperação pode ser uma estratégia estável e bem-sucedida.

Pesquisadores, liderados por Laura Schmid do grupo Chatterjee no IST Áustria, criaram uma nova estrutura matemática que combina descrições até agora incompatíveis de cooperação. Em suas simulações de muitas interações entre jogadores, eles mostram como experiências anteriores e a reputação de um parceiro em potencial afetam a disposição dos jogadores em cooperar com eles.

O conceito central no trabalho dos pesquisadores é o de interações baseadas na reciprocidade direta e indireta. Segundo a pesquisa, uma interação baseada na reciprocidade direta, ou no conceito de dar e receber, pode ​​ser encontrada tanto em humanos quanto em várias espécies animais.

Por outro lado, a reciprocidade indireta é baseada na reputação de um indivíduo. Isso significa que, se eles se comportarem bem com os outros, cooperarei com eles, mesmo que não tenha interagido com aquele indivíduo antes. Esse tipo de comportamento é encontrado apenas em seres humanos.

Resolver conflitos que surgem quando esses dois tipos de reciprocidade levam a sugestões conflitantes não é fácil. O jogador deve cooperar com uma pessoa que se comporta bem com os outros, mesmo que os tenha tratado injustamente no passado? As estratégias adotadas pelos jogadores respondem a esse tipo de pergunta.

Um dos principais insights que os pesquisadores obtiveram de seu modelo unificado de reciprocidade direta e indireta foi que a evolução das estratégias, a quantidade de cooperação, bem como o tipo de reciprocidade que os indivíduos preferem, tudo depende do ambiente: fatores como a frequência com que os jogadores interagir e se eles sabem a verdade sobre a reputação de seu parceiro.

Cooperação estabilizada

Este modelo pode ajudar os pesquisadores a compreender a dinâmica fundamental de como as estratégias cooperativas evoluem e se estabilizam. As descobertas lançam alguma luz sobre como a evolução da cooperação nas primeiras sociedades humanas pode ter sido influenciada por suas normas sociais com base na experiência e reputação.

Uma aplicação mais atual seria a modelagem de sistemas de classificação de lojas online com base na experiência pessoal do comprador e na reputação de um vendedor.

Benefícios da cooperação

Promove a aprendizagem e o autoaperfeiçoamento

Trabalhar em equipe nos ajuda a criar um ambiente que inspira conhecimentos, recursos e habilidades coletivas. Consequentemente, isso nos permite escolher algumas ideias e refletir sobre nossa própria maneira de pensar.

Estimula a diversidade

A própria natureza do trabalho em equipe exige que um grupo de pessoas de várias origens se reúna e compartilhe suas experiências. Como resultado, esse tipo de ambiente nutre diversas opiniões, abordagens e técnicas de resolução de problemas.

Este nível de diversidade gera compreensão cultural, maior comunicação por meio do conhecimento coletivo de abordagens e um maior recurso de ideias. Por outro lado, quando uma organização tem escassez de trabalho em equipe ou colaboração, o pensamento pode estagnar, colocando em risco soluções e ideias.

Possibilita dividir tarefas, poupando tempo e recursos

Se você é um líder de equipe, uma razão óbvia para ser a favor da cooperação é que ela permite que você reúna uma equipe de indivíduos com habilidades únicas para ajudá-lo no projeto.

Uma tarefa pode ser delegada com base nas habilidades e experiência de uma pessoa. Por exemplo, você pode designar uma pessoa para fazer pesquisas, outra para assumir o marketing de mídia social e outra para cuidar da apresentação. O trabalho em equipe permite que você obtenha o máximo dos atributos de cada pessoa.

Incentiva a competição saudável

Quando você reúne um grupo de pessoas voltadas para um objetivo, elas de alguma forma se veem como rivais. Um equilíbrio saudável de rivalidade amigável dentro da equipe não causará muito dano e pode até mesmo beneficiar não apenas a própria organização, mas até mesmo os membros da equipe.

Aumenta a criatividade e a inovação

As sementes de criatividade e inovação brotam da troca de ideias que vêm de pessoas de diferentes origens. Por exemplo, lidar com as mudanças climáticas por pesquisadores de diferentes disciplinas pode levar a pesquisas inovadoras.

Cria vínculos e diverte

A cooperação é essencial para a criação de vínculos entre as pessoas, além de permitir a diversão. A saúde mental agradece!