São Paulo em duas rodas

eCycle

As bicicletas são febre e já invadiram o Rio; agora é a vez de São Paulo

A cidade de São Paulo ganhará bicicletas para uso gratuito integrado à rede de transporte. Serão disponibilizadas três mil bicicletas em 300 estações na cidade e em diferentes regiões.

O projeto segue o modelo do Bike Rio, lançado no Rio de Janeiro no final de 2011. Nele, qualquer usuário cadastrado poderá retirar a bicicleta em uma das estações espalhadas pela cidade, usá-la por até uma hora, e depois devolvê-la em qualquer estação.

Em São Paulo, a previsão de uso da bicicleta é de meia a uma hora, mas o tempo ainda não foi definido. Se o usuário quiser ficar por mais tempo, ele deve pagar uma taxa de aluguel. Também não houver resolução sobre quais as estações que terão bicicletas. Os pontos de empréstimo serão definidos de acordo com o estudo feito pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), que pontuou os melhores lugares para circular de bicicleta em São Paulo.

Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a disposição dos pontos de empréstimo deve ser feita de tal forma que garanta a integração do sistema com a rede de trens, metrô e ônibus.

Veja também:
PEDALUSP amplia testes e já conta com mais de dois mil cadastrados
Ronaldo usa bike para ir trabalhar


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail