Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

O objetivo é destacar produtos e temas da biodiversidade amazônica, como bioeconomia circular, questões de rastreabilidade e certificação, gênero e juventude, incluindo lideranças indígenas. Evento ocorre de 9 a 12 de dezembro em Manaus; acompanhe a cobertura jornalística na Página22

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

Por Página 22 — Ações, temas e produtos ligados à biodiversidade amazônica ganharão destaque no Espaço da Bioeconomia, estande da Secretaria de Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) que marcará presença na 43ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro). O evento ocorre entre 9 a 12 de dezembro, com entrada gratuita, no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus, no bairro Alvorada, mediante medidas de proteção contra a Covid-19.

Uma das novidades da Expoagro, o Espaço da Bioeconomia terá um estande interativo, onde será promovida a segunda edição do Seminário de Bioeconomia do Amazonas, com debates, rodas de conversa e atividades culturais. O seminário tem parceria com a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror).

“Não adianta falar sobre bioeconomia sem abordar todos os atores envolvidos no processo. Por isso, no Seminário de Bioeconomia do Amazonas teremos painéis promovendo temas pouco explorados no estado, como a bioeconomia circular, que é o uso produtivo dos resíduos da produção dos produtos da biodiversidade, agregando o aspecto tecnológico”, diz a secretária executiva da Sedecti, Tatiana Schor, uma das organizadoras do Espaço. “As questões de rastreabilidade e certificação, bioeconomia e gênero, bioeconomia e juventude com lideranças jovens e indígenas, entre outros assuntos, também serão abordadas no seminário.”

Entre os diferenciais do Espaço, haverá uma cozinha com chefs apresentando receitas elaboradas com produtos da sociobiodiversidade, além de informações sobre segurança alimentar e geração de renda por meio da utilização desses ingredientes.

A programação com atividades interativas para todas as idades terá ainda gincanas culturais, o movimento Drive Thru Ambiental, mostrando a importância da destinação correta dos resíduos sólidos, o movimento Pedala Manaus e o debate “Mudanças Climáticas e Mobilidade”. Também contará com a Rádio Floresta, FM 88.9,  iniciativa que faz sucesso no município do Careiro Castanho, localizado na região metropolitana de Manaus.

Atrações culturais estão previstas no Espaço da Bioeconomia com apresentações, DJ, maracatu e outros ritmos que representam a diversidade musical da região. Além disso, a Vitrine da Bioeconomia colocará produtos à venda, e serão apresentadas startups educativas voltadas à temática.

O Espaço da Bioeconomia tem apoio da iniciativa Uma Concertação pela Amazônia, Serviço Brasileiro de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Bemol,  Instituto Conexsus, Casa do Rio e Eco Consult. Também conta com o patrocínio do projeto Bioeconomia e Cadeias de Valor, desenvolvido no âmbito da parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

Realização:

Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror); Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEDECTI); Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (ADAF); Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS); Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e InovaSocioBio Amazonas.