Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Conheça a Agora Sou ECO e comece sua jornada rumo ao lixo zero

A Agora Sou ECO é uma loja especializada em produtos sustentáveis. Uma de suas fundadoras, que é mãe, teve o gatilho inicial de fundar a empresa a partir do questionamento:  “Qual tipo de planeta vamos deixar para nossos filhos?” Preocupação, diversas dúvidas e pesquisas resultaram na criação da loja, que tem como objetivo inspirar a mudança para um futuro melhor. 

A sua missão envolve, também, conscientizar a população sobre o uso do plástico, um dos maiores poluentes do meio ambiente. O plástico de uso único é usado constantemente, impulsionando sua fabricação mesmo diante do seu impacto no planeta. 

Imagem divulgação

O problema do plástico 

A produção do plástico teve um aumento de 79% só entre 2000 e 2015. Além disso, acredita-se que a massa total do material seja de duas vezes a massa de todos os mamíferos presentes no planeta. Cerca de 80% de todos os plásticos que já foram produzidos na história ainda estão presentes no meio ambiente. E, mesmo assim, especialistas acreditam que a sua confecção pode aumentar. 

Diante disso, a Agora Sou ECO oferece produtos livres de plástico, reutilizáveis, naturais e de fabricação própria. Entre eles estão buchas vegetais, shampoos e condicionadores sólidos e absorventes. 

Movimento lixo zero

O site também contém mercadorias lixo zero. Sacolas de supermercado, ou as que são usadas em feiras, não são essenciais e podem ser evitadas. Por isso, a Agora Sou ECO oferece diversas alternativas feitas de algodão orgânico. Essas sacolas são reutilizáveis e capazes de transportar alimentos como farinhas e outras compras a granel, e até servir a outros propósitos, como separar roupas. 

Valores

Entre os valores da Agora Sou ECO, estão:: 

  • Oferecer produtos de qualidade e durabilidade;
  • Garantir  transparência no processo produtivo;
  • Incentivar ética ambiental e social
  • Fortalecer o comércio nacional